.
.

17.1.15

Doença renal, pelo maior especialista em gatos do Brasil

Consulta com o Dr. Valdo Reche é o sonho de consumo de boa parte dos gateiros de São Paulo ― quem não souber por que dê uma olhada no currículo do homem. Imaginem, então, a empolgação com que eu recebi o convite para participar do simpósio da Total Alimentos sobre doença renal crônica, liderado por ele, no hotel Transamérica!

Foi em junho do ano passado, mas, por causa da correria do projeto Um Post por Dia para Salvar Vidas, só deu tempo de traduzir as dez páginas rascunhadas de veterinês agora ― o evento se destinava a profissionais da área. E o assunto continua quente, infelizmente, porque, segundo o veterinário, 60% dos bichanos terão um grau de disfunção dos rins ao morrer.

Definição e tipos

Trata-se de uma anormalidade estrutural e/ou funcional nos rins, que deixam de filtrar e eliminar as toxinas produzidas pelo organismo do animal. Há dois tipos de doença renal: a genética transmissível, comum nos persas e maine coons, e a adquirida, decorrente do envelhecimento natural.

Classificação

- Estágio 1: o bicho não apresenta sintomas e a alteração estrutural dos rins costuma ser um achado.

- Estágio 2: com creatinina de 1,6 a 2,8 mg/dL, compreende a maior parte dos felinos. Eles podem ter sintomas sutis, que o tutor dificilmente percebe ― tomam mais água do que o normal, urinam mais e comem menos.

- Estágio 3: com creatinina de 2,9 a 5 mg/dL, os sintomas já são visíveis. O animal perde peso e toma ainda mais água.

- Estágio 4: com creatinina maior que 5 mg/dL, surgem a anorexia, os vômitos e a halitose, embora o bicho possa ficar assintomático por um tempão. A doença evolui até a falência renal, fase terminal.

Embora os estágios 1 e 2 acompanhem um gato de aparência normal, seus rins já perderam bastante a capacidade de filtração (e dois terços dos néfrons).

Diagnóstico

Para detectar o estágio da doença, o veterinário deve submeter o animal a um exame clínico, pedir os laboratoriais de rotina (urina e hemograma) e não descartar o de imagem, porque cerca de 70% dos felinos apresentam cálculo nos rins ou ureteres.

Tratamento

- Estágio 1: evite a desidratação, que diminui a perfusão dos rins, estimulando a ingestão de ração úmida ― para reduzir o risco de rejeição, por causa da textura, acostume o bichano antes de completar 1 ano. Se não for possível, peito de peru e atum em água e sal substituem o sachê.

- Estágios 2 a 4: além de evitar a desidratação, pode ser preciso tratar também proteinura (perda excessiva de proteínas pela urina), hipertensão arterial sistêmica, hiperparatireoidismo secundário, hipopotassemia e doenças concomitantes, como anemia.

A dieta com restrição proteica (e de fósforo), para não sobrecarregar os rins, deve acompanhar os níveis de albumina. Ração terapêutica aumenta a expectativa de vida, mas não adianta iniciar na crise, quando o animal está nauseado. Durante as duas primeiras semanas, é melhor que ele coma qualquer coisa, para não aumentar a produção de toxinas urêmicas.

Fluidoterapia (soro) só funciona se o bicho desidratar, já que dilui a creatinina e mascara a evolução da doença ― o excesso também agrava os casos de hipopotassemia e hipertensão (e cerca de 60% dos gatos têm hipertensão). Vale acrescentar vitaminas hidrossolúveis, principalmente as do complexo B.

Prevenção

Estimule o bichano a beber água. Use potes grandes (eles não gostam de encostar os bigodes nas bordas), coloque uma pedrinha de gelo no calor, substitua a torneira pelo bebedouro elétrico ― animal que tem esse hábito fica sem beber nada quando os tutores estão fora de casa, aumentando o risco de problemas urinários.

Importante!

- Creatinina é um índice mais confiável do que ureia, pois sofre menos influência da dieta.
- Gatos idosos apresentam queda nessa taxa porque começam a perder massa muscular ― não significa um bom resultado.
- Doença renal tende a provocar gastrite, já que o bicho acaba comendo menos por causa da náusea, e halitose, fazendo muitos tutores suspeitarem de problema bucal. E a anestesia para a limpeza dentária diminui ainda mais a perfusão dos rins.
- É preciso saber em que momento iniciar a restrição proteica. Felinos jovens (até dois anos) podem ter uma expectativa de vida longa com a ração terapêutica e desnutrição proteica.
- Ração urinária não equivale à renal! Ela é mais gostosa porque tem mais proteína, o que piora a doença.
- Outros agravantes são hipotensão, uso de fármacos (anti-inflamatórios não esteroidais) e obstrução ureteral por cálculos.
- O tratamento deve focar sempre na qualidade de vida do animal, não na quantidade de dias.

419 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   401 – 419 de 419
Unknown disse...

Oi boa noite, como posso descobrir se minha gata Uniqua tem problemas renais?

Beatriz Levischi disse...

Você precisa levar a Uniqua ao veterinário. Ele pedirá um exame de sangue para saber como estão a creatinina e a ureia dela — e, dependendo do caso, um ultrassom para analisar os rins.

Unknown disse...

Esse soro é soro normal?

Beatriz Levischi disse...

Para doença renal, os veterinários costumam indicam o soro ringer com lactato, porque ele tem outras substâncias na composição, além de água e cloreto de sódio, que ajudam a equilibrar o PH do sangue.

Unknown disse...

Boa noite tenho um que 18 anos é de uns tempo pra ele emagreceu muito pelagem caiu e tem vômitos diretos levei ao vet é fez exame e deu que a creatina de estava em 1.5 É ver passou a ração royal cat canal renal e recovery cat e passou glicopan espero que volte ao normal

iva disse...

*eu entendi que ao ser sedado para uma possível limpeza bucal e dentária o felino pode ter efeitos colaterais nos rins. Como meus gatos so comem ração seca, nunca fiz essa limoeza dentária...e ahora menos ainda ja que precisam ser sedados. E isso nao faz bem.

iva disse...

Meu DEUS! Cebola? Pelo amor Deus gente, nada de tempero em comida de gato e cachorro! Cebola mata! Chocolate mata! Pode sim fazer um caldo rico em legumes...de preferência pesquisar quais são os ideais😢🙏

Quéli disse...

Boa noite
Descobri hoje, depois de um ano de investigação, que nossa gata tem insuficiência renal grave, estágio IV. Ela é a companhia da minha mãe de 80 anos e meu coração está partido. A Dra. praticamente me tirou as esperanças. Vou interná-la amanhã para fluidoterapia por 48hs (a creatinina que era 1.4 há um ano está 5.8). Começamos eritropoetina subcutânea. Era uma gato de 5 kg e hoje tem 3.250. Ela é boazinha, mas detesta alimentação pela seringa, mas no momento não tenho escolha. Ela tem 4 anos e tudo começou há 1 ano com falta de apetite e gosto por comer areia.😢

iva disse...

Tem veterinário que deveria ser cassado! Eu to passando uma luta com a minha gata de 10 anos. Nesse momento estamos em jejum porque levei ela a outro veterinário que acha que ela nao seja renal e que tudo que fuz até agora pode está sendo mais prejudicial pra ela. Agora estou numa clinica onde tem ate nefrologista. Chegando la ela mediu temperatura, fez auscuta do pulmão e coração e aibda disse pra mim; fique tranquila. Sua gata nao está morrendo. Que foi o wue basicamente o veterinário que levei ela anteriormente tinha me falado. Esse vet anterior deu itraconazol, remédio de pressão, amitriptilina, acetilcisteina, Ringer Lactato por 12 dias em duas sessões. E sei la mais o quê🙈. Sabe quando sentimos no coração que algo nao está certo? Principalmente o remédio de pressão. Pois ele nem ao menos colocou o estetoscópio na minha gata. Nao pediu pra ver a pressao em quanto estava...e garantiu que era preciso!!! Nesse caso nao era preciso ter sorte! Mas pelo jeito é o que mais acontece! Estou escrevendo e ela está na minha frente com miadinhos😢com certeza ta dizendo que ta com fome😢. Mas temos que esperar o laboratório vir colher os exames dela! Até eu estou em jejum...também deixei os outros! É muito sofrimento para todos nós! Deixo a minha mensagem desejando que abençoe a todos que estão passando pelos mesmos problemas.

Beatriz Levischi disse...

Como está sua gatinha, Quéli?

Anônimo disse...


Olá pessoal! Hoje é a 3a consulta que pago para minha gata ser atendida! A de hoje foi com uma nefrologista. Pois eu nao co fiei no 1o diagnóstico e tratamento. O vet anterior enxarcou minha gata com Ringer sendo que ela estava gorda, hidratada, comia, bebia, é não vomitava! E além disso eu fui ao veterinário por ela ser sensível, estressada...após ele ver a questão da possível alergia eu pedi uma coleta de exames, inclusive a função renal. E daí, após ele encheu no ha gata de remédios! Até de pressão! Pessoal, pra resumir a nefro suspendeu tudo...porque eu não tava dando mesmo...e dei graças a Deus! Pessoal, ela disse que gato faz o soro em caso de desidratação!! Remédio de pressão sem ver a pressão nem ver!! Gastei e muito sem necessidade. Joguei meu pouco dinheiro no ralo do veterinário! No esgoto mesmo! Hoje minha gata vai tomar ômega 3 veterinário e seguir co. A dieta renal...ter exames periódico e só! Pessoal, questione!! Duvide!! Dirce o veterinário a explicar mesmo!! E se seguir em dúvida quem de rim é o nefrologista! Ele estudou pra isso!! Esse dinheiro que joguei no lixo poderia está ajudando em outra situação ou pra doar comida a àqueles que não tem comida para seus ANIMAIS! Fiquem com Deus é meu desabafo!


Unknown disse...

Estava pesquisando onde alugar oxigênio para gatos, não encontrei. Vc poderia me informar o contato por favor? Mto obrigada.

Unknown disse...

Vcs dão soro na veia em ksa ?
Minha gatinha descobri agora
Está com teia 231
Creatinina 5,83
Levei ao veterinário interno só
Um dia
Onde fez exames e disse que o rim dela e todo deformado e tala
Soque ela se alimenta bem da ração premier renal
Ela é animadinha

Come sachê da royal Canin renal
Estou muito preocupada seea que esses exames melhora
Será que tem que colocar ela
Jó soro

Unknown disse...

Como vc consegue achar veia para colocar o soro

Unknown disse...

Qual era resultado dos exames dela
Com essa ração renal ela
Volto a fica fortinha

Unknown disse...

Olá pessoal! Quantos gatinhas com esse problema!!! Pessoal, deixei o veterinário geral e fui atrás de um nefrologista! Minha gatinha estava sofrendo muito com idas e vindas! Soros que não adiantavam nada! Essa conduta não deve funcionar em qualquer estágio viu pessoal? Muito cuidado! Se o bichinho não está magro, vomitando ou se alimentando não deixem sobrecarregar o seu PET com soros😖
A nefrologista me disse que a mila está no grau 2. Isso, após muitos exames e INCLUSIVE MEDIR A PRESSÃO dela!!! O soro, costuma ser aplicado em pacientes com pressão baixa pra restaurar. Se o seu gato está com a pressão um pouco elevada e a vc deixa o Vet injetar soro, pode sobrecarregar ainda mais sistema cardíaco! Tem um comentário aí que a pessoa levou seu PET, deram soro a buchinha parou!
A nefrologista quer que a minha gata coma sachê todo dia!! Rediluido com água! Mais a ração renal! Mais o ômega! Nunca mais minha bichinha tomou soros! A única coisa que estava preocupando era o fósforo que estava acima de 6. Mas com essa dieta abaixou e ficou menos de 3. Minha gata fisicamente está normal! A nefrologista disse para consulta só daqui a seis meses ou se ela tiver alterações como: deixar de comer, beber, fazer xixi com sangue....cuidado! Peço de ❤️....o Vet que eu levei nos fez sofrer imensamente e ainda ficou dizendo que minha gata ia morrer iminentemente!!! Absurdo!!!!

Beatriz Levischi disse...

Só o veterinário tem essa habilidade! O soro que a gente faz em casa é na pele (subcutâneo), não na veia.

Beatriz Levischi disse...

Em toda área existem bons e maus profissionais. Não sintam vergonha de fazer perguntas ou pedir para o veterinário explicar as coisas de um jeito mais simples — é função deles. E, se ficarem na dúvida sobre o diagnóstico ou o tratamento, ouçam uma segunda, terceira, quarta opinião. :)

Denise Aguiar disse...

Meu gato tem 10 anos é PKD E Renal Crônico. A creatinina estava 2,6, hoje é 3,10 há um ano começou a comer ração renal. Tentei a Royal Canin Special, Hill's, Premier e todas ele rejeitou. Vomirava. A única que aceitou e come bem, sem vômitos é a Vetlife da Farmina.

«Mais antigas ‹Antigas   401 – 419 de 419   Recentes› Mais recentes»