.
.

19.2.15

Xixi fora da caixa e enriquecimento ambiental

Quando o bigode resolve parar de usar o banheiro, a gente aconselha investigar possíveis problemas de saúde, identificar mudanças significativas na rotina da casa, trocar o local da caixa, experimentar outros tipos de areia ― eu escrevi sobre o assunto neste post. Mas essas dicas nunca funcionaram em Gatoca. Nós chegamos a limpar nove xixis fora do lugar em um dia!

Imaginem a tensão com a mudança para o apertamento! Eis que aqui a malcriação praticamente desapareceu. O espaço, apesar de menor, ficou mais adequado às necessidades deles. E os peludos podem passar mais tempo comigo, já que não há cômodos interditados por causa dos temporários ― incluindo os cachorros.

Chamada de enriquecimento ambiental, a estratégia ajuda no bem-estar físico e psicológico dos animais que não têm (nem devem ter) acesso à rua. É especialmente indicada para quem coleciona bichanos, já que eles não gostam nada de viver em grandes grupos. E ninguém precisa gastar uma fortuna construindo aquelas mansões do Youtube.

Existem duas formas de enriquecimento ambiental: a animada e a inanimada. Na primeira, você se programa para interagir mais com seu amigo ou adota um parceiro de bagunça para ele. Na segunda, vale...

Instalar prateleiras nas paredes
Os bigodes possuem a habilidade natural de pular e escalar. Além de permitir que eles se exercitem, as prateleiras oferecem segurança aos assustados, que costumam sofrer bullying do grupo.

Espalhar caixas de papelão pela sala
Elas funcionam como esconderijo para os dias de visita.

Providenciar um arranhador decente
Se o peludo não conseguir se esticar para afiar as garras, vai preferir o sofá. Os de cone de sinalização, com peixinhos de carpete, fazem o maior sucesso!

Usar brinquedinhos
Ratinho, cordinha e bolinha de papel são os favoritos ― e os dois últimos não custam nada. Caçar ração também diverte os bichanos: basta jogar o grãozinho e assisti-los correr.

Plantar catnip
A erva deixa os felinos em êxtase, sem causar efeitos colaterais. Se você não nasceu com dedo verde, dá para comprar desidratada ou em brinquedos, como estas almofadinhas.

6 comentários:

Adrina disse...

Aqui em casa só não tentei catnip, todas as outras falharam. Nas prateleiras ninguém sobe, caixas viram banheiro em 2 dias, o arranhador tb já virou banheiro. Brinquedos tem de sobra, os pagos e os que não custam nada.. no meu caso começou qdo mudei pra uma casa maior, mas acho que é pq os gatos da vizinhança ficam rondando por aí

Beatriz Levischi disse...

Eles têm contato com os seus, Adrina?

Atila V. disse...

É, vou me render e instalar algumas prateleiras aqui em casa, já que todo o resto também não adiantou aqui. Arranhador eu tenho um grande e que todos adoram, eu super-recomendo: Cozy Gatos. Meus felinos desfrutam das criações deste ateliê há cerca de cinco anos!! Ah, e queria saber se você já tentou aqueles hormônios que são liberados aos poucos, que é só deixar plugado na tomada (como inseticida)? Ouvi dizer que são ótimos e que inclusive os criadores utilizam esses hormônios antes de exposições...

Beatriz Levischi disse...

Usei, Atila, mas não funcionou. A sala onde os bigodes ficavam tinha três ambientes. Talvez, precisasse de mais de um difusor...

Viviane Heimberg disse...

Infelizmente por mais que os amemos (tenho 13 gatos) eles sempre serão felinos. Não tem como treina-los para irem ao banheiro sempre. Acidentes sempre ocorrem. E no meioe de educados, existem aqueles que fazem realemnte xixi pelos cantos da casa. Solução ??? Tentei varias e me conformei : estes 4 gatos que fazem isso, deixo-os durante o dia todo fora de casa, no jardim e varanda onde tem espaço para brincarem e dormirem, so os deixo entrar em casa a noite. Coloque vinagre de alcool apos limpar o local do xixi. Eles não irao mais fazer no local, o problema é que voce tem que a cada dois dias colocar vinagre novamente pois o cheiro sai e eles podem voltar a fazer xixi no local.Os que nao gostam de usar a caixa, procuram outro local que nao tenha vinagre, sao gatos que so podem ser criados em casas com jardim. Eh a natureza.

Beatriz Levischi disse...

Na natureza, os felinos não vivem em grandes grupos. Esse é o problema, Viviane. Quem tem dois ou três bichanos dificilmente sofre com disputas assim.