.
.

2.12.08

Exército de um homem só

Eduardo vivia dizendo que nossa casa acumulava tristezas, que faltava movimento, sol, vento, vida. Sugeriu adotarmos um animal de estimação, certa vez, mas eu torci o nariz, igualzinho à minha mãe, só de pensar no trabalho e na despesa desnecessária que a criatura nos traria. Até que surgiu o convite para conhecer o reduto da família Perez, onde, "coincidentemente", uma ninhada de bigodes recém-saída do forno fazia gracinhas no quintal.

Mercvrivs e eu nos apaixonamos ao primeiro apito de patinho borracha. Com tantos filhotes peludos e de olhos azuis, ninguém entendia porque eu fora gostar justo do frajola mais sem graça. E eu jamais imaginaria que seu nariz rosado perderia a cor sempre que eu precisasse trabalhar fora. Esperei o período de amamentação como nas aulas que antecediam o Natal, ansiosa pela surpresa que Papai Noel nos reservava. E dia 2 de dezembro de 2005, a bolota de pêlo minúscula veio chacoalhando no Escortinho rumo a São Bernardo, prestes a quebrar na primeira lombada.

*continua*

18 comentários:

Uniqua disse...

Ai que nenem mais fofucho.....

Anônimo disse...

Que saudade que eu tava dos peludos do Gatoca...que lindo..Thereza

Anônimo disse...

Obaaaaa!!! Novelinha do Mercv!!!! O Eduardo é danadinho, sabia que vc não resistiria a uma bolinha de pêlo tão fofa e gostosa! Bjs, Celina.

Anônimo disse...

Oba!!! Historinha nova!!!!

Dane C disse...

E o Gatoca voltou a ser Crônicas de Bigodes (hehehehehe)
Adoooooooro essas histórias!
Beijinhos
Dani

Anônimo disse...

Oba !!!! Cronicas felinas no ar !!!
Novelinha do Mercv, que delicia ... estavamos com saudades.

Mimi

Carol disse...

Aaaaaaaaaahn! Que fofucho! Sabe que na veterinária dos meus gatos aqui em Brasília eles estão com bigodinhos bebês pra doação. Um deles é pretinho e eu amo gatos pretos... nem fui ver ainda, por falta de coragem de ver e de não levar, mas com a população felina em 4 gatos, minha mãe me fez juuuuurar que eu não pegaria mais um bebê. :-)

Gabi disse...

que nariz rosa fofo!!!

tem um desses lá em casa, frajola e de nariz rosinha. Coisa mais fofa!

marisa licursi disse...

Bia,
tá doida?

Se ele era o mais sem graça?
O que era lindo, então?

ele sempre foi um gatinho black-tie dos mais chiques

beijo
Marisa

d e n i s e disse...

.
tb adooorrro as histórias dos bigodes!
E que foto linda!!!
[suspiro de paixão]
;D
.

Gatinhos de toda parte disse...

ai... bebê gatinho....

Michelle (hotmiau) disse...

Ai Bia..que saudade que me deu quando o Julio me trouxe o Lino tão pequenino numa caixinha de papelão. Quando eu abri a caixinha pulou aquela coisinha cinza minúscula, que só queria brincar e que batizou todos os edredons de xixi, porque de tão pequeno não sabia usar a caixinha de areia, e era tão grudentinho que não queria sair de perto da gente. Isso já faz 9 anos!!! 9 anos que aprendi o que é amor verdadeiro e incondicional. E aprendi a ser totalmente fascinada por gatos e felinos em geral. Ele abriu as portas para os outros 5 entrarem no meu coração e me fazer a pessoa mais feliz do mundo.
Lindo seu mercvrivs. Parabéns por deixar-se tocar por um felino.
Bjs
Mi do hotmiau

Anônimo disse...

no seu caso a felinidade já era uma sementinha no coração que só precisava ser regada =)
Pinxi.

disse...

lindo!!!!!!!!!
:)

Louca dos Gatos disse...

os frajolas são meus prediletos =D

Luciana disse...

aiiii nao demora tanto pra continuar essa história lindaaa!!!!
Bjks.
**Muuuito fofo.

Lalá disse...

Moça, ainda não cheguei no final, mas já tou achando muito bonita essa sua história com gatos.
Eu também tinha uma certa resistência por gatos, até dar o braço a torcer e me apaixonar por uma gatinha-neném de 2 meses. Faz uma semana que ela está lá em casa, e já tomou conta do pedaço e dos corações de todos.
Você escreve muito bem.

Krysttall disse...

Adorei suas Historias!
Eu também sou amante de gatos!Tenho 2 Cazuza e Freja um e In outro Yang.
Cazuza o primeiro a chegar, so come ração e mas nada, faz sua higiene na caixa, deita sempre nos mesmo lugar,nao sobe na mesa, nao gosta de carinho, morde se estiver com fome mas é lindo um verdadeiro lord.Ja o Freja que chegou depois Adora carinho, bebe agua de vaso sanitário, come qualquer coisa, sobe em cima da mesa,pedi comida, o oposto do outro.