.
.

17.8.08

Marley tem um irmão bastardo

Sexta-feira à tarde, antes de devorar meia dúzia de salsichas em 15 segundos e esmagar todas as flores do jardim aqui de casa, o cachorro das fotos abaixo corria para cima e para baixo na av. Pereira Barreto, completamente atordoado. Se eu não resgatasse, o trólebus atropelaria. Outro caso clássico de abandono, suspeito, por causa da marca de coleira no pescoço, além da falta de desembaraço urbano.

Claro que os bigodes se enfiaram no banheiro mais distante da garagem, deixando o Marley tupiniquim à vontade para mastigar a jaqueta da Mariana, arrastar os sacos de lixo, derrubar o pote de ração. Até o meu chinelo a criatura hiperativa conseguiu roubar! Quando o ouvi se jogar contra a porta da sala, porém, achei melhor pedir socorro ao Rodrigo.

Enquanto o resto da humanidade se divertia nos bares da vida, lá fomos nós comprar coleira e guia* para levar o grandalhão passear em Santo André. Durante uma hora, o ser empolgado caminhou sem demonstrar o menor interesse em encontrar sua família. E ainda fez questão de se atirar apaixonado no meu colo ao final do percurso. Mas Gatoca não tem a menor estrutura para abrigar um focinho e eu juro que estou desesperada.

6 motivos para devolver o Marley na rua:

1) Eu não sei cuidar de cachorro.
2) Tenho medo até da Pink.
3) Com a maré baixa de freelas, nem dos bigodes ando dando conta.
4) O mamute arrasta meus 47 kg fácil pelo bairro toda vez que saímos para fazer cocô.
5) As mãos estão em carne viva por causa da corrente.
6) Os gatos não podem mais tomar sol (aliás, eles mal colocam a cara para fora do banheiro).

6 motivos para vocês me ajudarem a encontrar-lhe um lar, ainda que temporário, urgentemente:

1) Marley é um cão jovem, alegre e bonito.
2) Está super bem cuidado.
3) Parece treinado.
4) Adora brincar de bolinha (e de capacho, e de almofada...).
5) Deixa qualquer um acariciar-lhe.
6) Merece uma família que o faça feliz.

Quem me tirar desse enrosco ganha post com foto no blog: bialevischi@yahoo.com.br! :)



Epopéia do Marley na busca por um lar:

:: Como tudo começou
:: O dia da castração
:: Cão antifurto
:: Destruição em massa
:: O macho alfa
:: Tentativa de assassinato
:: Aberta a temporada de passeio!
:: Felicidade nas pequenas coisas
:: Coleta seletiva de lixo
:: O primeiro banho
:: Marloca
:: Experiência com florais
:: Separando remédios e guloseimas
:: Vida em sociedade
:: No limite!
:: Adestramento, faça chuva ou faça sol
:: O primeiro banho fora
:: Cão em fuga
:: Classe até para doença
:: Petisco mágico
:: Rumo ao estrelato
:: Alexandre Rossi criou um monstro
:: A tão sonhada adoção
:: Notícias de Curitiba

14 comentários:

Ana Paula disse...

Bia, infelizmente desta vez não vou poder te ajudar, mas vou fazer pensamento positivo.

Eu acabo de adotar um focinho da rua parecido com este só que todo preto. E, como sempre tive gato, estou tendo que me acostumar com a presença de um ser meio estabanado e super ativo :)

Boa sorte, Ana Paula

Li disse...

Bia, duas sugestões: 1º) troque o nome dele. todo Marley que conheço é hiperativo. Tb já resgatei um focinho da rua e tive a infeliz idéia de colocar este nome. Ao ler seu texto achei que vc estava descrevendo minha situação.
2º) Arrumei um lar muito legal, inclusive maior que o terreno de muita casa bacanuda aqui em SBC, para o "meu" Marley através de muitos posts e comunidades do Orkut, além de vários sites sobre cães perdidos e para doação.

Dani Flosi disse...

Bia,
Encaminhei a varias pessoas, que vao encaminhar a varias pessoas...
Vamos torcer!
Bjos!

venuss disse...

Bia, vc é incrível, mesmo dizendo que não sabe lidar com os focinhos, deu um jeito de levar o bichão pra casa.
Tomara que encontre um lar logo, logo. E daqueles bem bacanas.

Rodrigo Rós disse...

Olá Bia.... Falei que o nome melhor seria Biu.. rsrsrsrs... fique tranquila vamos conseguir um lar muito legal para ele... estou encaminhando para todos os meus contatos...

Tenha Fé que vamos conseguir logo logo uma lar muito legal para ele..

Celina disse...

Brasileiro é curioso mesmo ... está acontecendo um derrame de cães de ex-família na rua agora, DEPOIS das férias. Meu irmão acabou de recolher uma canina abandonada na última semana. Alguém consegue explicar o mecanismo dessa canalhice ? Vamos ver se aparece alguém para o Marley.

Michelle disse...

Bia..já encaminhei para meus contatos. Se alguém se interessar te aviso. Estou na super torcida. Ele parece muito fofo. Merece um ótimo lar. bjo

Fernanda, mãe da Pink disse...

Amiga, também já encaminhei para meus contatos e estou torcendo para arrumarmos um lar para ele, afinal ele realmente é fofíssimo.
A propósito, não precisa ter medo da minha Pink porque nervosa mesmo, só com o Rodrigo. rs
Beijos e... mãos à obra !

Bella disse...

Bia, já coloquei um post lá no Dias de Cão. Estou na torcida. beijinho.

Gatinhos de toda parte disse...

Vou colocá-lo em alguns fóruns de adoção e fico torcendo pra aparecer uma super família pra ele.

Também estou numa enrascada aqui :(

Achei uma gatinha na rua, meiguinha, dócil, anda amassando pãozinho no chão. Levei pra castrar, deve ter 1 ano de idade +-
Anunciei e fiquei feliz da vida quando ela foi adotada ainda no pós-operatório por um casal maravilhoso, que já tinha 2 gatos e cuida super bem.

Mas a meiguinha virou uma onça quando viu os gatos :(

Eles desistiram da adoção e querem devolver

E eu não tenho onde colocar a gatinha até ser adotada novamente :_(

Olha ela aqui: http://gatinhosdetodaparte.blogspot.com/2008/08/gatinha-de-santos.html

petuniaemarcia disse...

Eita Lele....
A falta de amor e o descompromisso sao os piores inimigos da humanidade.
Ai Bia...vai aparecer uma casinha fofa para ele...nao sera por falta de oracoes e torcida.
Eh dificil ter um coracao...independente se eh de pudim ou nao....
Bjim
Boa sorte!
Marcia e Petunia

Guiga disse...

Bia, nessa onda de que todo Marley é impossível, quem sabe troca o nome dele pra algo mais zen...quem sabe Gandhi? Ou Buda? :P

Gisele (Gunther, Mingau, Brigitte, Yoda, Matteo, Catrina, Sofia, Pogo, Mel e Bob) disse...

Ah, Bia, Bia... Coração de pudim é pouco!*rs.
Olha, sei que vc deve estar passando maus bocados aí, daqueles prá bater cabeça mesmo!
No início do ano resgatei um "Marley" tb, que quase me mandou para um hospício! Destruía coisas, arranjava encrenca com os habitantes mais antigos da casa, latia ensandecidamente...*rs. Felizmente, consegui um lar para ele, com espaço para correr e brincar, bem cuidado, onde ele está com certeza mais feliz.
Apenas queria reforçar o que já disse uma outra pessoa aqui anteriormente: qdo vc estiver se perguntando onde estava com a cabeça ao colocá-lo dentro de casa, lembre-se que ele poderia nem estar mais vivo a esta hora, ou sofrendo horrores. Isso nos coloca de volta nos eixos, na maravilhosa sensação de estar fazendo algo de bom para um peludo não tem quem o defenda.
Vou divulgar para minha lista, ok?!
Ah! E só uma obs: aqui em casa, são 4 cães e 6 gatos, e se dão muito bem, dormindo, comendo e brincando juntos. É só questão de adaptação! :)
Beijos!

Anônimo disse...

NOSSA... EU TENHO 1 CACHORRINHA 'MEIO MARLEY'.. ELA É CHAMADA, POR NÓS DE CASA, COMO A TERRÍVEL NINA!!!
É UMA VIRA D. MAIS!!!
SORTE PRO MARLEY.
TINA.
ESTRELA_DO_FUTURO@YAHOO.COM.BR