.
.

20.10.17

Soro subcutâneo: dicas e por que vale o esforço

Depois de amanhã, completa um ano que Simba morreu ontem. Trinta e três dias antes da derrota para a insuficiência renal, eu perguntei à veterinária se daria tempo de mudar para Sorocaba e devolver ao tigrinho o jardim perdido. Não deu. Mas aproveitei todas as oportunidades dos últimos 12 meses-voadores para conscientizar sobre a doença e evitar outros desfechos assim (links no fim do post).

Relembrar ainda me encharca o coração. A data, porém, precisa ser ressignificada. Quando desabei sobre este teclado pós-tentativa fracassada de fluidoterapia, vocês me ensinaram macetes para facilitar a aplicação, gravaram até vídeo e a missão se tornou um tico menos amarga. É minha vez de retribuir ― passem para frente!

Encarar o desafio do soro vale muito a pena porque ajuda a diluir o excesso de ureia no sangue, herança do funcionamento capenga dos rins, amenizando o enjoo e as úlceras, na boca e no estômago, que matam o apetite. E a aplicação caseira estressa bem menos o bichano, além de sair muito mais em conta.

Comece com o veterinário
Só ele pode prescrever a quantidade ideal de soro para o animal e tem expertise para orientar a primeira aplicação.

Compre equipo e bolsas pela internet
A diferença de preço compensa o frete.

Arrume um fiel escudeiro
Eu distraía o leãozinho com carinho, enquanto Leo fazia o serviço sujo, e sobrava com as mãos livres para conter as tentativas de fuga. Mas hei de confessar que tem leitora-mulherão que dá conta do recado sozinha, imobilizando o peludo pelo cangote.

Escolha um cantinho confortável
Não esqueça, porém, que o soro precisará ficar pendurado.

Vista uma jaqueta jeans
Ela protege braços e peito dos arranhões, sem tecnologia espacial.

Esquente a bolsa
Uns 30 segundos no micro-ondas bastam, porque o líquido geladão entrando no corpo assusta.

Use escalpe em vez de agulha normal
Essa dica merece beijo na boca! Como a agulha do escalpe é mais curtinha, não há risco de sair do outro lado da pele na pinça nem de perfurar algo importante. E fica mais bem fácil segurar pela borboletinha.

Encare o calibre grosso
Ao contrário do que a maioria das pessoas imagina, dói menos do que o fininho, porque o soro, ardido, corre mais rápido. A gente comprava escalpe 19, branco.

Aplique na lateral do corpo
A bolota que se forma incomoda menos nessa região e dá para ir alternando os lados. Nos casos de aplicação-solo, vale centralizar a picada no cangote para evitar que o soro desça para uma das patas.

Tenha paciência
As primeiras vezes são difíceis mesmo, mas o bichinho acaba acostumando ― e a gente também.


Infos importantes:
:: Doença renal, pelo maior especialista em gatos do Brasil
:: 7 dicas que podem salvar seu gato
:: Como fazer o bichano beber água
:: 13 macetes para dar líquidos na seringa
:: O desafio da alimentação natural
:: Quando a alimentação natural não dá certo

21 comentários:

Li disse...

É..foram 7 anos fazendo soro subcutâneo no meu, dia sim, dia sim ou dia sim, dia não...
Ali vc escreveu "veia". Não entra na veia não, é sob a pele mesmo.
A dica do escalpe é mesmo boa!
Dependendo da necessidade colocávamos um pouco de vit B, às vezes a ranitidina pro estômago, mas claro, prescritas em quantias exatas pelo vet.
abs

Beatriz Levischi disse...

Foi o sono, Li. Obrigada pelo toque! E sinto muito pelo seu gatinho. :\

Juliane Leão disse...

Estou lutando há 1 ano e 3 meses. Descobri que fazer a aplicação sozinha é menos estressante pra Meg, que não gosta muito de contato humano. Ontem pela primeira vez fiz o soro com ela no colo. correu tudo bem! No caso da Meg, a insuficiencia renal trouxe junto uma pancreatite cronica que as vezes me derruba. Nos momentos de crise, nem sei quem sofre mais ela ou eu. A dica do escalpe é bem interessante. Deve ficar mais confortável (ou menos incomodo). Vou experimentar. E vamos adiante entre soro e medicamentos de suporte enquanto der...

Anônimo disse...

Putz, lembrar do Simba ainda me faz chorar...

Rafaella .. Meu Core disse...

Fiz no meu, só q infelizmente ele nao resistiu.. problemas no fígado, ainda doi. Fazem 3 semanas =/

Anônimo disse...

É anormal uma bola de soro após a aplicação?

Beatriz Levischi disse...

Não é anormal, mas você pode aplicar o soro onde a bolota cause menos desconforto ao bicho, como nas laterais do corpo. Se não tiver ajuda e precisar fazer no cangote, mire bem no centro para evitar descer para as patas.

Deu certo o escalpe, Juliane? Como a Meg está?

O gordinho faz uma falta...

Sinto muito, Rafaella! E desculpe o atraso na resposta.

Juliana disse...

Oi Bia!Sei bem o que sentiu, comigo já faz 10 anos e ainda dói muito. Agora estou na luta novamente!!! Boa sorte para todas nós, mães desses felinos!

Unknown disse...

O meu graça a Deus é super bonzinho(apesar de ser um vira-lata com mistura de Pit Bull), chamo ele já vem deita na cama e fica na posição (penso que ele sabe que é pro bem dele).... já são 1 ano e 8 meses neste tratamento as vezes fazemos todos os dias conforme vai mellhorando vamos aumento os intervalos... Mas claro tudo com o controle da Vet dele..

Beatriz Levischi disse...

Como estão as coisas por aí, Juliana?

Inveja do seu pit-lata, anônimo! :)

Anônimo disse...

Oi Beatriz, tudo bem?
Trabalhei com sua irmã, Mariana. Preciso fazer fluidoterapia no meu gatinho, mas não encontro o soro Ringer com Lactato, indicado pelo médico, em nenhuma loja física e teria que começar hoje se não quiser estressar meu peludinho, ou pagar caríssimo pela aplicação na clínica. Ontem a infusão foi feita na clínica (250ml - cerca de 10 minutos). Você tem ideia se consigo encontrar aqui em Sampa, ou se é só pela Internet mesmo?
Obrigada!
Vânia

Beatriz Levischi disse...

Oi, Vânia! Você procurou em farmácias grandes e lojas de material cirúrgico? Eu conseguia comprar em São Bernardo, então, deve ter em São Paulo, sim. A dica da internet era só para economizar. Em que bairro vocês estão?

Unknown disse...

Oi Beatriz! Consegui em uma clínica no Brooklin, indicada por uma amiga. Porém, como não consegui fazer em casa (ele não deixou, danadinho...), estou levando ele lá todos os dias. Terça será a última e depois veremos como o organismo vai responder. Ele é muito bonzinho e com a vet se comporta super bem. Hoje nem sentiu a picada. Obrigada!Bjs

Beatriz Levischi disse...

Se o bicho não se estressa com as viagens, é bom deixar a bomba para um especialista, rs. Vai dando notícias!

Unknown disse...

O meu cachorro ,faleceu sábado ,ele tava com insuficiência renal crônica,lutamos um mês e meio ,foi um mês de altos e baixos , levamos ele todos os dias no vet ,para fazer fluidoterapia ,mas quando a vet , optou para nós aplica soro em casa ,mas não deu certo ele não aguentou ,e veio falecer sábado ,,,deixou muita saudade ,,ele era um amorzinho 😭

Beatriz Levischi disse...

Sinto muito! :\

Unknown disse...

Meu gato está com insurgiu renal, ja faz 1 mês que estou levando ele no veterinário e fazendo o tratamento com soro subcutâneo. Hoje foi o primeiro dia q ele fez o tratamento em casa e era p dar 250ml minha irmã deu quase 400ml estou morrendo de medo agora, ele estava bem desidratado e quando damos comida ele faz ansia e também tem dificuldade para andar. Estou extremamente nervosa

Gregory Da Cruz Dos Santos disse...

se descer para as patas? .. tem algum perigo?

Beatriz Levischi disse...

Exceder a quantidade de soro uma vez só acho que não causa problemas sérios. Mas espero que você tenha confirmado com o vet. A ânsia é sintoma da doença (está ligada ao aumento de ureia no sangue) e deve melhorar com a fluidoterapia. Mande notícias do gatinho!

Quando o soro desce para a pata, faz um bolão que incomoda o animal, Gregory. Por isso é melhor evitar.

Thi disse...

Estou tendo dificuldade para dar...como é difícil . .eu Morro de dó...eu furo ela no mínimo 2 vezes pot tentativa . Nunca consigo dar tudo... e precisa ser diário .... sempre tem alguém segurando . .mas ai ela se incomoda e quer escapar ...vi na internet algo como colocar bolsa de gelo no local pra amortecer a picada . ..sera qur ajuda mesmo?

Beatriz Levischi disse...

Ninguém me falou nada sobre bolsa de gelo, Thi. Mas a vet dos bigodes garantiu que eles não se incomodam com a picada e, sim, com o ardido do soro entrando no corpo. A dica do escalpe de calibre grosso, portanto, deve ser mais eficaz.