.
.

Projetos

Um animal descartado feito lixo tem mais apelo, a gente sabe. Nestes quase 12 anos, socorremos 115 gatos, oito cachorros e três aves, incluindo uma pomba ― a palavra "socorremos" foi usada de propósito porque nem todas as histórias, embora sempre emocionantes, terminaram em sofá macio.

Mutirão de castração também comove. Além de colecionar relatos fortes, as cirurgias custam material, trabalho veterinário, medicamentos. E o Gatoca atuou na comunidade do DER. Mas a melhor contribuição que a gente pode dar ao mundo, ou aos países de língua portuguesa, está no arquivo deste blog.

São mais de 1,4 mil posts (e o dobro de fotos), que já ensinaram milhares de leitores a cuidar do seu bicho de estimação, incentivaram dezenas a adotar um amigo peludo e inspiraram, pelo menos, meia dúzia a fazer sua parte por um planeta que nos encha de orgulho ― ou não nos mate de vergonha. Tem texto com meio milhão de visualizações! Além dos 10,8 mil comentários.

Trata-se de um "produto" abstrato, que não se exibe nas redes sociais como um livro ou um disco, campeões de financiamento coletivo no Brasil. Mesmo assim, o projeto Um Post por Dia para Salvar Vidas arrecadou R$ 21 mil, R$ 3 mil deles doados pelo Wings For Change pela inovação e poder de transformação ― assistam ao vídeo com os depoimentos do pessoal!

Em 2016, nós lançamos o Manual do Gateiro de Segunda Viagem, e-book com prefácio assinado pelo Sérgio Rizzo. Espalhamos sementes sonoras na Rádio Bandeirantes. Ganhamos um puxadinho no Yahoo! para mostrar aos engravatados que nem só de raças e acessórios vivem os amantes de animais. E participamos do Global Causes, iniciativa do Facebook para ONGs realizada em 30 países ― ainda tivemos nossa conta na rede social verificada!

Em 2018, nasceu o canal no Youtube, superando a voz fina, o rosto assimétrico e os ombros desnivelados, para levar a palavra do Gatoca a todas as gerações. A loja colaborativa, de coleção especial estrelada pelo Mercv. A primeira websérie felina de suspense-drama-comédia da internet. E a campanha continuada no Catarse, com clube exclusivo para os apoiadores.

Este ano, tem boletim direto na caixa de e-mail, sem atravessadores, assim ninguém perde nosso combo-amor de serviço, reflexão, ativismo e entretenimento. Para seguir educando, conscientizando e mobilizando corações de pudim, a gente precisa de ajuda. Além do Catarse, vale...