.
.

19.10.16

Diário do Rei #21

Toda madrugada, a mamãe vem ver se eu estou bem, de olhos colados e pernas descompassadas como as minhas, faz um cafuné demorado nas orelhas e me dá um pouquinho de água na seringa. Ela diz que ninguém merece ficar com a língua colada no céu da boca. Nem todo mundo entende o humor da mamãe. Ele tira a acidez dos dias e distribui entre as palavras.


P.S.: Posso me descabelar com essas mãozinhas de coração?

Anotações anteriores do Rei: #1 | #2 | #3 | #4| #5 | #6 | #7 | #8 | #9 | #10 | #11 | #12 | #13 | #14 | #15 | #16 | #17 | #18 | #19 | #20

8 comentários:

Nívea Leite disse...

oowwwnnnn coisinha linda

Gabriele Pereira disse...

Quanto amor

ETIENNY KELEN PINHEIRO FIGUEIREDO disse...

Tão lindo 😢❤

Mauricelia Costa disse...

Lindo❤❤❤❤❤💋💋💋💋

Unknown disse...

Lindo demais!!!

Celina disse...

Amor de mãe...

Maria disse...

Mãe é assim mesmo. Se for preciso, nem dorme.

Anônimo disse...

Simba, mamãe que ama, como a sua, faz isso e muuuuito mais