.
.

11.10.16

Diário do Rei #14

Depois da madrugada do terror, com baba e vômito de sangue, saiu o resultado da loteria acumulada de Gatoca! E ele coincidiu com o Dia de Levar o Pet ao Trabalho. Ontem, eu passei a tarde inteirinha no colo da mamãe, testando posições diferentes. As preferidas foram "bigodes ao alto", "pernas, para que te quero" e "te considero para caramba, joelho".






Anotações anteriores do Rei: #1 | #2 | #3 | #4| #5 | #6 | #7 | #8 | #9 | #10 | #11 | #12 | #13

6 comentários:

Nicole Nadelene Bauermann disse...

É lindo ver o quanto você ama seu gatinho... estou acompanhando toda história dele... perdi um gato à alguns anos pra essa doença, foi difícil pra ele e foi difícil pra mim... assim como deve estar sendo difícil pra vocês também... hoje eu tenho dois gatos, e os amo como meus filhos, são parte de mim... e a coisa mais incrível, é a capacidade deles de nos amar incondicionalmente,aprendemos a falar a mesma língua, e no fim das contas nos tornamos mãe e filho, um só coração...manda um beijo pro Simba

Celina disse...

Que delícia de esquema de "cat office" ou "homework fofinho de bigodes" que a sua mamãe fez! Você tirou a sorte grande, hein, Simba!

Anônimo disse...

Sei bem o que vcs estão passando, é devastador.
Aceita uma sugestão de quem já passou por isso cinco vezes?
Psiquiatra, pra te receitar certralina ou algo do gênero.

Maria disse...

Bia, sei da sua dor, já passei por isso. Tomara que vc tenha coragem de poupa-lo de sofrimento além do suportável. Bj

Leticia de Simoni disse...

Adoro os teus textos!Também perdi uma gatinha há um ano atrás e sei como é difícil...uma dor sem fim...mas a saudade e lembranças boas amenizam!!Boa sorte!

Ananelia Alves disse...

Que sofrimento!