.
.

7.7.22

Testei roupinha para gato! #polêmica

Eu sei que eles não gostam, que a gente deve investir em alternativas (caminha, cobertor, aquecedor), que, apesar de fofo, roupinha atrapalha a higiene, dificulta os movimentos e "aprisiona" um animal que tende a se incomodar com o menor penduricalho — já escrevi sobre tudo isso.

Mas Chocolate continuava gelada em sua almofada de joaninha, instalada dentro de uma caixa de papelão praticamente fechada, com o climatizador ligado a madrugada inteira — aqui em Araçoiaba chegou a fazer 5ºC! E a criatura se recusa a deitar no grupinho. Dotada de um timbre vocal poderoso, ninguém dormia.

Vale explicar também que os bichanos sofrem mais do que os cachorros com as baixas temperaturas porque vêm de regiões quentes, tendo seu organismo mais adaptado ao calor. E que sentir frio pode, inclusive, afetar a saúde mental.

Liliane, apoiadora querida, crochetou, então, uma roupinha de lã para teste. Deu trabalho colocar porque ficou justa. Mas, se fizesse maior, acho que a encardida tiraria. E não faltou tentativa! — isso depois de ela conseguir se equilibrar em pé, rs. Filmei os melhores momentos, incluindo as reações da gangue, para a superproducinha de julho, recompensa do nosso financiamento coletivo.



Imagino que o ideal seja comprar um tecido elástico. Só que não encontrei nada parecido na internet. As opções do mercado, aliás, são péssimas: com gola, capuz, material que não aquece, pouco prático de limpar, a preços indecentes. E Chocolate acabou arrumando outro uso para a roupinha.


Para garantir uma noite de sono tranquila a bípedes e demais quadrúpedes, antes de deitar eu esquento sua almofada de joaninha com o secador — aquele que herdei e nunca apontei para o cabelo.

8 comentários:

Fernanda disse...

Choco, dê mais uma chance pra roupinha. Ficou um charme! Tem até babado❤

Anônimo disse...

Também tentei de todas as maneiras, de todo tipo de material quentinho e nada. Nem ficam em pé, saem rolando duros e esticados como bonecos

Anônimo disse...

Gente, será que enrolar a criatura numa mantinha, ou apenas cobri-la não funcionaria? Aqui eu uso aqueles panos amarelos de limpeza (Limppano Tango) para forrar caixas e caminhas com sucesso.
Regina Haagen

Solimar disse...

Bia, minha mãe coloca uma bolsa de água quente debaixo de um cobertorzinho, e a Mel adora!

Eu e meus Botões disse...

eu comprei um cobertorzinho de microfibra, forrei o sofá e faço uma cabaninha com outra manta dobrada e a minha Chocolate fica lá dentro dia e noite. Ela tb gritava com o frio. Quando o frio aumenta coloco uma garrafa pet com agua quente em baixo das cobertinhas para aquecer a cabaninha. Assim ela sossegou.

Lea disse...

Já tem 3 invernos que faço uso das garrafas cheias de água quente pra galerinha sossegar dentro das caixas de papelão. Uso aquelas garrafas de suco de uva e "visto" com uma meia e fica quentinho até de manhã.

Adrina disse...

Garrafa com água quente é ótimo! Mas eu queria aquelas cobertas térmicas que tem em clínica veterinária, alguém sabe onde comprar??

Beatriz Levischi disse...

A única gata que gosta de ficar embaixo da coberta aqui é a Keka, Regina.

O secador tem funcionado na caminha, gente. É que eu queria que a Chocolate pudesse andar pela casa quentinha também.

Digitei "coberta térmica animal" no Google e apareceram várias, Adrina. Mas acho melhor perguntar para vet qual delas presta.