.
.

4.9.19

14 anos de gatos e sigo me surpreendendo!

Eu sou do tipo de pessoa que etiqueta os potinhos de tempero, todos com o mesmo formato — não, eles não combinam aqui em casa porque Leo é exatamente do tipo oposto. Tiro o pó de cima dos interruptores, anoto na agenda o dia de adubar as plantas, arquivo as fotos dos bigodes no computador por tema.

Mercv deve ter me olhado com cara de pena quando decidi que limparia as patinhas dele com álcool sempre que saísse da caixa de areia, há 14 anos. E continua me olhando do mesmo jeito quando, de casa suja, móveis combalidos e pelos na comida, a gangue consegue se superar destruindo algo aparentemente impossível.

(Quem acompanha a gente no Instagram viu o vídeo-spoiler no story, com a defesa da Chocolate. A ideia é compartilhar os bastidores de Gatoca em tempo real e faltam só 36% para bater essa meta!)

Gatos trazem o caos. Mas ele vem com borboletas.


O conteúdo do Gatoca é financiado por gente que acredita que o planeta pode ser melhor — e merece dar risada de vez em quando. Quer fazer parte da transformação? www.catarse.me/apoiegatoca

4 comentários:

Claudia disse...

É verdade, porém é um caos cheio de alegria!

Patrícia Sloi Urbano disse...

É assim mesmo, tbem sou muito metódica, os gatos trouxeram um caos matavilhoso para minha vida, que eu não troco por nada.

Anônimo disse...

Não existe tédio numa casa com gatos

AliceGap disse...

não pode ter sido um gato!! só um gato!!
Imagino a cena ridícula de todos juntos abraçados e pulando.. "vamos assustar a mamãe!"