.
.

16.8.19

Um quase atropelamento de sucesso!

Qual é a chance de um cachorro atravessar uma avenida desembestado, se atirar na frente de um carro à noite e não morrer, ainda pegar uma protetora de animais no volante, que mora a 103 quilômetros dali? Pois este foi nosso final de domingo. Completamente perdido, Strike cheirava o asfalto por todos os lados, mastigando mato do canteiro como quem não comia há dias.

Completamente exausta, depois de acordar às 7h para a visita de emergência à Pandora, comemorar o Dia dos Pais com os sogros em São Paulo e devolver as meninas do Leo em São Bernardo, eu só conseguia pensar onde enfiaria um bicho daquele tamanho. Mentira! Também me perguntava quem abandonaria o que parecia ser um labrador, gorducho e castrado.

Abre parêntese: imaginem a pessoa toda torta num beco escuro atrás da rodoviária, tentando enxergar o saco da criatura. Fecha mico.

Completamente cooptado pelo Gatoca, Leo correu no boteco para comprar qualquer coisa que ele pudesse comer, enquanto meu cérebro ganhava tempo. E, quando vi Ingrid atravessar a mesma avenida em câmera lenta, cair de joelhos na calçada e desmoronar sobre o cão, me juntei no montinho. Ele tinha uma família!


E ela estava espalhada pelo bairro procurando o inconsequente, que fugiu num deslize do tio com o portão pós-festa.


Na Castelo, de volta a Sorocaba, meu corpo ainda tentava organizar as reviravoltas de susto, angústia e euforia.

O conteúdo do Gatoca é financiado por gente que acredita que o planeta pode ser melhor. Quer fazer parte da transformação? www.catarse.me/apoiegatoca

5 comentários:

Rose disse...

Looooooove happy endings!

Unknown disse...

Simplesmente o amor a esses.seres de 4 patas nos uniu num momento de desespero ...onde nosso grandão Strike resolveu dar um rolê pela cidade ...E quase infartamos...porém um anjo chamado Beatriz o encontrou ...E como nada nessa vida é por acaso ...São Francisco nos ajudou

Unknown disse...

Anjo Beatriz e Leo que salvou nosso strike, desse dia e desse alívio eu não vou esquecer, obrigada mais uma vez, inclusive por lembrar dessa história que deixou todo mundo de cabelo em pé a princípio e depois fechamos o nosso dia dos pais com muito amor e muita alegria! Gratidão a vocês (anjos) e a Deus, e o strike amou o passeio de carro! Haha

Elisa disse...

Finais felizes com bichos são maravilhas de qualquer dia.

Anônimo disse...

Que alívio pra todo mundo né
Imagina o que vc faria se a tutora não chegasse a tempo?