.
.

6.1.16

Feijão e Luigi oficialmente readotados!

Quando duas pessoas param na sua frente, se olham e uma pergunta para a outra: "Você fala ou eu falo?", o estômago torce. Se forem adotantes, então, bate a certeza de que o bicho ficará sem casa ao final da sentença. Mas Gláucia e Ricardo queriam era adotar mais um. Ou melhor, dois! Feijão e Luigi, os gatinhos devolvidos em novembro.

Com fotos compartilhadas milhares de vezes nas redes sociais e divulgação na maior vitrine de bichanos do Brasil, a família dos meninos veio do Gatoca. Eu demorei para contar aqui porque eles estavam receosos com a reação do Jacob. Leitores antigos se lembrarão que o tigre foi devolvido duas vezes (1 e 2) porque atacava bípedes e quadrúpedes. E três anos se passaram até que Gláucia se encantasse pelo Chuvisco e resolvesse levar o gorducho junto.

O caso, portanto, pedia paciência. Só que o julgamento na internet é rápido e, muitas vezes, cruel. Prometi ao casal, então, que divulgaria a adoção apenas se desse tudo certo. Se não desse, os meninos ficariam isolados da turma, em lar temporário, à espera da próxima família. Como jornalista, sempre troquei o furo pela informação consolidada. Há espaço para quem quer saber primeiro. Mas este é para refletir, construir, transformar ― e isso não se faz na pressa. :)


(Foto de Susan Yamamoto)

Ontem, de presente de aniversário (é hoje!), recebi estas fotos: Feijão aconchegado espontaneamente no colo da Gláucia e Luigi curtindo os afagos estabanados da pequena Valentina.




Ao contrário do que todo mundo imaginava, o ciúme do Jacob logo virou sessão de lambidas. E quem decidiu encrencar com os novatos foi o Chuvisco. Feijãozinho demorou 23 dias para tomar coragem de responder às intimidações ― boa parte deles, escondido nos buracos do apartamento. E ainda faltam umas patadas mútuas para a aceitação completa. Mas a gente já tem a primeira cartinha-escancara-sorriso de 2016:

Tudo bem, Bia?

Você faz aniversário e quem ganhou presente fomos nós. Luigi está tão adaptado quem nem parece que chegou há apenas algumas semanas. É quem mais deixa a Valentina se aproximar. Feijão se entendeu com Jake, mas ainda se estranha um pouco com Chuvisco. Posso deixá-los soltos à noite, porém, sem brigas.


No conjunto, acho que tudo vai bem. Ele não gosta muito de fotos, mas cede quando recebe um carinho. E já tirou soneca em família. Está menos medroso, devolve os fuzzz do irmão e explora a casa inteira.

Não precisa agradecer. Esses meninos são filhos para nós.

E, quando puder, venha nos visitar.



Querem derreter de vez? Feijão foi o filhote que fez Jacob amolecer há cinco anos.

11 comentários:

Marina Kater disse...

uhuuuuuuuuuuu!!!
sensacional!!!
esses gatos são uma delícia, e você é uma bruxa! :D
manda mais desses feitiços, porque ainda estamos precisando!
beijão e feliz aniversário! (a Catrina te manda uma miada e uma brincadeira de Joselito)

Taciane disse...

Que maravilha! ❤

André Matos disse...

que amor <3

Amanda Herrera Massucatto disse...

Tá, eu chorei. Ter visto ele no fundo da jaula e agora assim aboletado no colo foi demais, mas o que me derrubou foi esse abraço da Valentina. Eu sei bem o tanto de compreensão gatos tem que ter com crianças. E ele nem sabia disso... incrível.

Córtex Tagarela disse...

Simplesmente lindo! Não tenho palavras para descrever isso! Um nó na garganta de emoção e a esperança de que existem ainda seres humanos especiais nesse mundão, às vezes tão assustador.
bjs,
Claudia

Gio Sgarbi disse...

Tô aqui chorando! Não consegui parar de pensar nos dois bigodes... Ai que felicidade!!! Viva uma família feliz!!! Com amor de soooooobra pra acolher quem quer um colinho!

Anônimo disse...

Passei a acreditar que nem tudo está perdido...

Anônimo disse...

Bea,

Não consigo expressar a alegria de saber que ainda existem pessoas do bem por ai...
Que família maravilhosa!
E que 2016 nos traga mais nós na garganta, e lágrimas aos olhos, mais apenas com notícias assim..

Beijos

Joice

Anônimo disse...

Bia, parabéns pelo seu aniversário! Saudações capricornianas! (O meu foi ontem). No fim, parece que o destino do Feijão era mesmo ser parceiro do Jake. Lembro bem desta história e fiquei triste, na época, quando eles foram separados. Acabou dando tudo certo, graças a Deus. Feliz 2016 para todos! :)
Regina H

Anônimo disse...

Parabéns pelas adoções!!! Estava torcendo demais aqui.
E parabéns tb, pelo aniversário (atrasado♥)
bj,
Paty, Lola e Manolo =^.^=

Beatriz Levischi disse...

Obrigada pelo carinho, meninas! :*

Quando resgatar minha caixa de transporte com a Gláucia, tiro fotos novas dos peludos para vocês. :)