.
.

29.4.14

A primeira ida ao vet a gente nunca esquece

Sábado foi dia de vacinar a família Cartoon. Para chegar no Pet Land (novo parceiro do blog) às 12h, eu tive de acordar às 7h30. E os bebês vieram de São Paulo até Santo André pendurados como presidiários na caixa de transporte, enquanto Penélope esticava a pata da outra cela tentando soltá-los.


A contragosto, todo mundo tomou a primeira dose da quádrupla (R$ 210) e de vermífugo (R$ 25,80), além de passar pela tão esperada checagem de sexo. Como a gente suspeitava, só o Cartoon 3 é menino ― ninguém acertou o bolão. E o coitado deve sofrer bullying da mulherada, porque só restaram cotocos de seus bigodes.


Ah! Michele foi superelogiada pela Dr.ª Ana Lúcia: "Os filhotes estão com o pelo brilhante, o peso uniforme [1,5 kg] e um brilho nos olhos de bicho bem cuidado". Selo Gatoca de qualidade!

Epopeia da família Cartoon na busca por um lar:

:: Como tudo começou
:: Nasceram!
:: Comédia romântica que virou drama
:: Drama que virou romance
:: Bebês de chocolate
:: Bolão e batizado
:: Para matar de ternura

4 comentários:

Marilia Bavaresco disse...

Queridos!!

Anônimo disse...

He,he, he... Eu quase acertei. Disse que só tinha menina. Desculpe, cartoon 3, já que não dá para te chamar de Rosinha, que tal Chico Bento? Bj.,
Regina Haagen

Michele disse...

♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Beatriz Levischi disse...

A próxima ninhada terá nomes de histórias em quadrinhos, Regina. Mas não precisa ser agora, viu, São Francisco? rs