.
.

13.2.14

Comédia romântica que virou drama

Ontem, eu acordei cheia de planos para mudar o mundo, passei a tarde resolvendo problemas dos outros e fui dormir com o coração na lixeira pela notícia de que Penélope e seus bebês de três dias precisarão sair da casa da Rosana até o fim de semana. Alérgica a gatos, morando com dez deles em um apertamento, sem chance de isolar temporários e contando centavos dos frilas, eu sempre dou um jeito de ajudar. Mas, às vezes, desanima. Essa é uma delas.

Seis vidas dependem de mim. E eu dependo de alguém que tenha um banheiro sobrando para salvá-las. Só um banheiro, em troca da experiência incrível de ver cinco pares de os olhos se abrirem, as orelhinhas descolarem da cabeça diminuta, os primeiros passinhos bêbados cruzarem o cômodo. A mãe quadrúpede faz tudo sozinha. E a bípede, como de costume, se responsabiliza pelas despesas, divulgação e doação da família PB.

Quem topa alargar horizontes?


P.S.: Quando eu buscar os piticos, que ainda não conheci, prometo encher
o blog de fotos suspirantes.

11 comentários:

Anônimo disse...

Puxa Bia, queria muito ajudar... eu faria lar temporário, mesmo tendo 5 bigodes, entre eles alguns antissociais e uma bebê de 5 meses usando cone da vergonha... mais morando tão longe só posso desejar boa sorte.


Rose

Bianca Sabrino disse...

Nossa, mas oq aconteceu pra ele n poderem mais ficar lá. Que situação super chata :(

Adrina disse...

Não tenho como ficar com eles, mas já fiz temporário para uma gravidinha e sei que a experiência do nascimento e de gatinhos bbs é maravilhosa! A cada dia eles nos surpreendem com as coisas que aprendem, com as brincadeirinhas, com os olhares. Tenho certeza de que a pessoa que abrir a casa e o coração para esta família linda só terá do que agradecer!

Anônimo disse...

vou falar com meu pai, ver se consigo ajudar

Att Rachel

Anônimo disse...

Oi Bia!
Respondi seu contato. Se eu puder contribuir estou à disposição!
Na torcida para aparecer um lar para os gatinhos...
Beijos
Paula

Anônimo disse...

Bia!

Como gateira apaixonada que sou, adoraria muito hospedar essa turminha em casa, uma pena que moro longe(Sul de SC), mais se tiver outra forma de ajudar...
Porque pensamentos positivos e orações para São Francisco não irão faltar.
bjs

Joice

Gu Costa disse...

Olá Beatriz!

Cheguei ao seu Blog vendo um post no facebook e tenho interesse em adotar um filhotinho!

Você mora em São Paulo?

Anônimo disse...

Nossa, e tudo o que ela escreveu?
Porque mudou de ideia?
Fiquei chocada...

Beatriz Levischi disse...

A Rosana não entendeu que os gatinhos precisavam ficar completamente isolados e eu não entendi que a logística do apartamento dela não permitia isso. Penélope, superprotetora com a ninhada, acabou batendo nos gatos veteranos.

Obrigada, Rachel!

Os bebês só podem ser doados depois do desmame, Gu. E irão castrados e vacinados. Se você topar esperar, me escreva: bialevischi@yahoo.com.br.

Toda ajuda é bem-vinda, Paula. Já respondi seu e-mail. :)

Ariadne disse...

Beatriz, meu nome é Ariadne e sou aqui de SP, sempre leio o blog. Meus gatos ficarão na casa dos meus pais até dia 28 de fevereiro, até lá posso ficar com a gata e os filhotes em casa, se vc achar que isso ajuda em alguma coisa, estou à disposição :)

meu e-mail é ariadne_santander@hotmail.com

Beatriz Levischi disse...

Acabei de te mandar um e-mail, Ariadne. A família Cartoon foi para o novo lar temporário ontem. E terá de ficar lá, pelo menos, até o desmame. Obrigada por oferecer ajuda! Agora, eles precisam de ração, antipulgas, castração, vacinação e famílias de comercial de margarina. Durante a semana, eu publico as fotos aqui no blog. :)