.
.

23.12.21

3 ideias para fazer qualquer gato brincar!

Até ontem eu achava normal que animais idosos não brincassem mais. Como sempre tive uma gangue, aliás, acabava deixando o entretenimento por conta deles — e focava na alimentação, nos cuidados veterinários, no enriquecimento ambiental. Foi muito recentemente que descobri que os bichanos brincam para sempre, basta estimular.

Aproveitei, então, o Natal para renovar o estoque de bolinhas da Guda e o Godofredo da Pimenta — as únicas gatas que se divertem sozinhas, ainda trazem os brinquedinhos para a gente guardar. E comprei a famosa varinha para botar os sedentários em movimento. Vale contextualizar que todos os bigodes já passaram dos 14 anos e Mercv acabou de completar 16!

:: As reações

Como a barriguda só gosta da bolinha texturizada, que nunca encontro, paguei o valor do conjunto para aproveitar apenas metade, rs. Ela fica empolgadíssima quando alguém joga, mas também pega com a boca na caixa e sai petelecando pela casa em horas impróprias — tipo hoje, às 4h53.




Para a Pips, em vez de outro ratinho, escolhi o Monstro, que tem catnip dentro. Ela passeia com ambos na boca, chamando todo mundo para vir ver o troféu, só que o catnip produz um efeito extra: a rolação com baba.




"E os gatos que não brincam?", vocês devem estar se perguntando, impacientes. Amaram a varinha, preciso dar o braço a torcer. Aproveitei a Black Friday porque o raio das iscas penadas não custa barato, mas eles realmente enlouquecem quando as peninhas giram.


Quem mais surpreendeu foi a Chocolate, que não caça nem caramujo.




Jujuba, a criatura que me rasgou o braço na mudança para o apertamento, chegava perto, interessada, e saía correndo, rs. Keka e Pufosa sucumbiram ao calor, mas devem se animar com termômetros mais gentis — Keka já anda pelas paredes de madrugada. E Pipoca não conta, pois está fraquinha.

Prometo uma superproducinha caprichada para os apoiadores assim que conseguir organizar o caos!

:: Por que é importante?

Brincar 10 ou 15 minutinhos por dia com a gataiada permite que eles exercitem suas habilidades de predador, tendo uma vida mais plena, gastem energia de forma positiva, em vez de destruir o sofá, estreitem laços com a gente.

A prática constante, segundo a veterinária Larissa Rüncos, faz bem tanto para a saúde física (dos músculos e do coração), quanto para a mente e o emocional dos pequenos, evitando doenças como toque, depressão, ansiedade e obesidade.

Os especialistas em comportamento felino orientam brincar individualmente, inclusive, porque na natureza a presa é sempre pequena, inviabilizando a caça em grupo — claro que eu olhei para os oito meliantes e ri.

:: Dicas estratégicas

Experimentem brinquedos diferentes
Vocês viram, lá em cima, que cada bigode prefere um tipo, né?

Deem tempo para eles se acostumarem
Gato é bicho desconfiado. As criaturas aqui passaram nove meses tentando fugir de casa e, no dia em que inauguramos o gatil, ninguém queria sair.

Simulem o movimento das presas
Ratinhos correm pelo chão e passarinhos voam, certo? Balançar a varinha (ou cordinha) aleatoriamente diminui as chances de sucesso.

Apelem à criatividade
Vanessa Almeida contou no nosso grupo de apoiadores que tentou todos os tipos de isca até perceber que os bichanos se juntavam quando ela mexia na cartela de remédio.

Guardem depois de usar
Guda e Pimenta são exceções, eu não sabia. A maioria dos peludos parece que não curte brinquedinhos "mortos". E vocês podem aproveitar o fator surpresa/novidade, tão caro aos felinos. :)

4 comentários:

Unknown disse...

Adorei o post, obrigada pelas dicas! ❤️

wcris disse...

Me animei pra motivar os "velhotes"😺
Vou fazer as varinhas de penas aqui. Sempre aparece pena caida pelo pátio.

Gláucia Almeida disse...

Olá! Já tentei algumas bolinhas e ratinhos, mas sem sucesso! Tenho um certo receio das penas pelo risco de se machucarem ao pegar e, eventualmente, mastigarem! Mas,tentarei! Os gatineos te agradecem pelo estímulo! Depois eu contarei no grupo!

Samanta disse...

Que legal! Aqui tbm deixo mais por conta deles, já que são 8... mas importante a gente participar tbm!