.
.

7.6.18

13 anos

Há 12 anos e meio, eu olho para o Mercvrivs com o coração transbordando. Dou água na seringa para driblar a doença renal, patê na colher quando ele desanima de comer sozinho, colo de pijama no café da manhã, mesmo que isso me custe outra madrugada em crise ― sou alérgica a gatos, ironia divina.

Não consigo me imaginar tomando uma decisão em que ele e a gangue não caibam. Mas nem todo mundo enxerga bicho assim. Quindim e Zula perderam a família para a Austrália no final de 2016 e a pessoa que ficou responsável por ambos aqui no Brasil (SP) avisou que não poderá cuidar mais. Eles têm 13 anos! 💔


Quindim adora carinho, caça papel de bombom amassado profissionalmente e mia quando vê uma vassoura para ganhar varridinhas na barriga. Zula é tímida, daquelas que se esconde embaixo da cama com a campainha, mas baba de alegria ao receber cafunés depois que cria intimidade.

Os dois estão castrados e vacinados, sem problemas de saúde conhecidos. Só que têm 13 anos ― eu digito "13" e o peito rasga. Ah! Escrevi que são irmãos? Foram adotados pequeticos e nunca se separaram. Qual a chance de continuarem juntos?

Já são 13 anos...


P.S.: E-mails para contato@gatoca.com.br.

Nenhum comentário: