.
.

9.11.16

Das coisas que realmente importam

Cilla Nolli não me conhece. Nunca comeu um bolo vegano em Gatoca nem apertou os bigodes ― pelo menos os que não se enfiam antissocialmente embaixo do fogão ou em cima da geladeira. Mas fez esta ilustra coisamaisfofadomundo na época em que o Simba estava doente, ainda completou com um post-afago em seu blog.

Ontem, quando fui buscar as cinzas que descansarão no jardim da nossa futura casinha (obrigada, Mari!), quis chorar os 33 dias de novo. E lembrei do leãozinho sorridente, no meu colo desenhado. Esse amor, bípede e quadrúpede, com que o projeto me cerca há nove anos é das riquezas mais caras que um ser humano pode colecionar.

6 comentários:

Cynthia Coimbra disse...

Adorei!

Anônimo disse...

Gente, que coisa mais linda!

Maria disse...

Desenho lindo!
Todos eles são lindos, porém o Simba, ah! o Simba...

Cilla Nolli disse...

Engraçado como a vida é... A ilustração veio dessa vontade de fazer algo além de dizer que sinto muito. E realmente sinto, porque apesar de não conhecê-la, conheço muito bem o sentimento. E aí... Bom aí o jeito foi colocar o Simba do lado esquerdo do peito, onde os amigos ficam mesmo muito tempo após terem ido.

Celina disse...

Parabéns pelo seu trabalho! Vc conseguiu transformar a turminha da Gatoca em personagens de anime! Adorei!

ValLindinha disse...

Eternizou os amores