.
.

27.4.10

Flor de bigode

Você pede para o guarda receber a correspondência na sua ausência e ele aparece com uma gatinha magrela, de pescoço pelado (possível alergia à coleira).


A quinta temporária de Gatoca foi batizada de Lily, porque eu descobri que existem lírios tigrados. E devia estar sentindo tanta fome na rua que cantou uma ópera inteirinha enquanto devorava a ração.


Uma semana após o resgate, a criatura conseguiu se trancar no banheiro e me obrigou a esmagar duas costelas entrando pelo vitrô. Na manhã seguinte, fugiu pela mesma janela... completamente grogue da anestesia da castração! Nem com nomes fofos os peludos aqui de casa tomam jeito.


Lily tem cerca de 1 ano, é coleira, carinhosa, brincalhona e não merece passar dia e noite trancada em um espaço minúsculo. Nesses 20 dias de claustro, aliás, o pescoço já até sarou. Por favor, ajudem a divulgá-la.



Epopeia da Lily na busca por um lar:

:: Como tudo começou
:: Correspondência entregue
:: Arqui-inimiga felina
:: Cartinha

10 comentários:

Paula Guima disse...

ah os tigrados... lindos, carinhosos, charmosos! ela vai achar a cara metade humana!

beijão, Bia!

Bigode e focinho disse...

Que gata mais linda, uma deusa.
Olha, vou te dizer guria, tu tens um baita coração, não deve ser fácil deixá-los, estes bigodes encantados.
Me diga uma coisa, tu ainda tens fluido lacrimal?


Tem email meu,
Bjus.

Lyra "Daiane" Líbero disse...

aiiii Lily ^^
vc é a minha Pan sem a parte "desbotada" hehehe...
eu e a Gortraquinhas estamos aqui torcendo muito pra vc arrumar uma casa com família comercial de amaciante de roupas. Bem fofa!
beijocas!

Jon Levischi disse...

Que pena que eu não estava em casa para filmar você entalada no vitrô! rs
:oP

Andréa Rodovalho disse...

hahahaha...entalada no vitro foi otimo!!!
Mas por essa tigradinha maravilhosa ( que olhinhos mais meigos) nem pode ser considerado sacrificio..rs

Leila disse...

ooohhhhh... ela é linda, parece minha Bebel... será que toda tigrinha é danada e gulosa???

Norma disse...

Que linda!

Beatriz Levischi disse...

Acho que meu estoque de fluído lacrimal é infinito, Janice. Principalmente porque a gente recolhe sapos das ruas e, quando eles viram príncipes, está na hora de se despedir.

Ms. Anabela disse...

Gente, parece o Thomas. Foi jogado tb de coleira lá na porta da escola onde sou aula. Magrelo, meio assustado. Agora é uma pequena jaguatirica peste! =^.^=

Michelle disse...

Vou divulgar...
Bjos
Michelle