.
.

29.4.09

CCZ: notícias exclusivas sobre a manifestação!

Atualizado em 30 de abril de 2009

"Você não é a Bia Levischi? Menina, eu adoro suas crônicas! Acesso o blog várias vezes por dia, para ver se tem novidade. Seus bigodes são fantásticos!".

Enquanto a abordagem acima se repetia do lado de fora do Centro de Controle de Zoonoses de São Paulo, representantes das maiores ONGs da cidade discutiam o futuro dos animais confinados do lado de dentro, sem comida, sem assistência veterinária, sem chance de adoção. Jornalistas "coração de pudim" não puderam participar, mesmo com todo o fã-clube presente.

E como as informações divulgadas no G1, no Virgula, no blog da Barbara Gancia e no SP Record soavam desencontradas, preferi caçar alguém que tivesse cruzado o portão do Carandiru dos bichos, antes de escrever qualquer coisa. Renato, do Projeto Natureza em Forma (responsável pela doação de mais de 3 mil cães e gatos, no antigo casarão da Av. Paulista), ficou até o fim da reunião com Marco Antonio Vigilato, o diretor do "presídio", e topou dar essa entrevista exclusiva ao Gatoca:

Quem participou da conversa de ontem?

Vou te falar na ordem em que o pessoal foi se apresentando: Feliciano Filho (deputado do PV), Luiz Scalea (ex-Associação Protetora de Animais São Francisco de Assis - Apasfa), Roberto Tripoli (vereador do PV), Carlos Rosolen (Projeto Esperança Animal – PEA), Nina Rosa (Instituto Nina Rosa), Silvana Andrade (Agência de Notícias de Direitos Animais – Anda), Sônia Fonseca (Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal e Sociedade Zoófila Educativa, representando a Elizabeth McGregor, da World Society for the Protection of Animals – WSPA), Barbara Gancia (Folha de S.Paulo e Band News), Julio César de Oliveira (vereador de Jundiaí), Luisa Mell ("De lugar nenhum, mas protetora de alma!"), Marco Antonio Vigilato (CCZ-SP), Regiane Souza (Coordenação de Vigilância em Saúde – Covisa), Rita Garcia (Programa de Proteção Animal da Covisa), Rogério Bráulio (CCZ-SP) e José Curti (Projeto CEL). Havia também um pessoal da Record, mas sem identificação.

E o que foi discutido nesse encontro?

Após as apresentações, cada um deveria explicar por que estava lá. Sônia começou, falando o que achava certo e errado no CCZ, e quis saber sobre o programa para a contenção da Leishmaniose. Nina Rosa insistiu na necessidade de segregação entre o controle das zoonoses e o trato de cães e gatos, por meio da construção de um novo prédio, com outros funcionários, triados pelo fato de gostarem de animais. Como as explanações demoraram muito, Luiz acabou encerrando a rodada de reivindicações.

Ele contou que esteve no CCZ dois meses antes da comissão de vereadores denunciar aquele cachorro comido pela bicheira e deu de cara com outro animal apodrecendo. Os funcionários disseram que o bicho havia acabado de chegar, mas as fichas acusavam uma estadia de sete meses, sem qualquer atendimento veterinário. Indignado, Luiz chamou a polícia e fizeram um boletim de ocorrência. O B.O. provava a divergência entre os números de resgates e eutanásias costumeiramente informados pelo órgão à imprensa.

"Por esse episódio, você não tem uma segunda chance!", ele disparou. Vigilato permaneceu de cabeça baixa o tempo inteiro, mexendo em seu BlackBerry. Tripoli cobrou datas (de feiras de adoção e de abertura das castrações para as ONGs) e finalmente passou a palavra ao diretor, que avisou que comentaria tópico por tópico, partindo da Leishmaniose. Quinze minutos depois, porém, Tripoli e Feliciano cochicharam, o segundo levantou, tomou-lhe o microfone e anunciou para a câmera da Record que, como estavam sendo enrolados, eles mesmos montariam um cronograma para o CCZ.

Todo mundo saiu da sala. Eu fiquei, com o Luiz e a Barbara, porque tinha propostas a fazer. Quando Silvana terminou de sabatinar Vigilato, apresentei-me e ofereci apoio voluntário para as feiras de adoção e os mutirões de castração. Mão de obra e inteligência, sem agressão. Ele respondeu que havia 200 animais lá dentro para doar, se eu quisesse entrar, e me mandou conversar com a Rita. Fui andando atrás dele, mas o advogado reforçou que a pessoa responsável era a Rita.

Questionei, então, se ela possuía autonomia para aprovar os projetos que a gente propusesse, porque se estivesse lá para barrar, eu não a conhecia e não teria pudores de ir para cima. Voltei para a sala com cara de bosta, acompanhando o advogado. Luisa Mell reclamava que a reunião fora marcada por ela para as ONGs e não para os parlamentares. Pelo menos os funcionários do CCZ pareciam preocupados. Como só enxergavam o portão abarrotado de gente e os gritos ecoavam absurdamente, deviam pensar que umas 15 mil pessoas estavam prestes a invadir o pátio e acabar com tudo.

Quais são os próximos passos?

Parece que uma nova manifestação ocorrerá, dessa vez em frente à prefeitura, para exigir que Gilberto Kassab tome uma atitude.

Fachada do CCZ que virou velório


Faixas para todos os gostos




Abraço pelos animais


Galera impedindo a passagem dos carros, na Av. Santa Eulália


Roberto Tripoli (vereador do PV) anunciando as ONGs que participariam da reunião com o Vigilato


Luisa Mell (ex-Late Show) conversando com Feliciano Filho (deputado estadual do PV)


Fábio Paiva (Holocausto Animal) e George Guimarães (Veddas)


Nina Rosa (Instituto Nina Rosa)


Simone (Pinxi), Virgínia Lee (irmã da Rita) e Dani Xavier (voluntária do AUG)


Gabriela Toledo (PEA)


Fabiana Pino (Mopi) e Fowler (Focinhos Gelados)


Cynthia, Dani Xavier, eu e Ju Bussab (AUG)


Organizadores do evento: Lilian Rockenbach (ex-Apasfa), Carlos Rosolen (PEA) e Ângela Caruso (Quintal de São Francisco)

15 comentários:

disse...

estou ansiosa pra saber como foi!

Amanda disse...

ansiosa!!

Maria Alice disse...

Foi muito bom te ver lá, Bia. bjs

Anônimo disse...

Sobre ontem
http://www.barbaragancia.com.br/index.php/2009/04/29/barata-tonta-no-ccz/

Bella disse...

estou ansiosa! vi algumas fotos no UOL e a notinha que foi publicada ontem... acabei escrevendo sobre isso no blog e estou doida para colocar o link para cá!!! o post sai hoje? :)

marisa licursi disse...

Putz...

só peso-pesado da proteção animal...
George, Fowler, Nina Rosa, Luiza, Gabi do PEA, Angela Caruso...
Tripoli e Feliciano...
AUG...
enfim, tomara que neste na secretaria, eu consiga estar...
e que algo de bom se resolva...

valeu, Bia!

Nice disse...

Bia,
lindo ver o empenho de vocês...espero que exista uma conscientização da população e do poder público.
Um beijo carinhoso.

Laura disse...

É, eu sou mesmo fã dos seus bigodes. Mas aposto que eu não sou a única!
Fiquei feliz por ver muita gent reunida lá, lutando por alguma mudança, mas também fiquei triste, justamente, por não termos atingido nada de muito concreto. Mas, de qualquer forma, continuarei participando do que for necessário para dar fim ao holocausto.
Beijo pra ti e um cada bigode.
Laura, a menina da abordagem.

Bru disse...

Aii, eu adoro seu blog!
Você consegue expressar tudo o que os apaixonados por gatos pensam e sentem. Tá de parabéns.

Beijos
:*

Guiga disse...

Que pena que não pudeste entrar! Mas a entrevista ficou ótima! É confortante saber que tanta gente luta pelos animais! Espero que as reivindicações sejam atendidas e que essa triste situação mude!

Posseidon disse...

Aê gateira! Na luta hein?

Com atitudes como essa, vocês são exemplo para tantos outros grupos. Quem sabe a massa não começa a dar os primeiros passos a o que pode ser muito mas, por sua bu**a mole, não é quase nada.

Gostei dos caras que tomaram o microfone do enrolão e fizeram por onde. Se só vai assim, assim irá!

Parabéns a todos pela iniciativa. Parabéns a você pela força e pela organização.

:***

Carol Costa disse...

Bia, este post é a prova de que uma boa apuração jornalística na blogosfera não perde em nada para a cobertura dos grandes jornais. Parabéns!

WSPA Brasil disse...

Prezados Senhores,

sou responsável pelo controle de mídia da WSPA Brasil - World Society for the Protection of Animals - e gostaria de saber se vocês teriam como nos fornecer a média de visitantes do site por dia ou por mês. Essa informação seria incluída no controle que fazemos através do clipping para saber em que mídias foram publicadas matérias sobre a WSPA.


Agradeço desde já a sua atenção.


Atenciosamente.

Gisele Ramado / Comunicação
WSPA - Sociedade Mundial de Proteção Animal

www.wspabrasil.org

Beatriz Levischi disse...

Tudo bem, Gisele?
Qual é o seu e-mail?
Se preferir, escreva para bialevischi@yahoo.com.br.
[]s

Lu Aith disse...

Oi Bia,
Fico quietinha mas sempre passo por aqui viu?
Bjsss