.
.

25.11.14

A arte imita a vida

Nas telas de Gatoca, também existe desigualdade. Bigodes que acumulam brinquedinhos, que roubam comida dos amigos, que não dividem cafuné (muito menos colo), que se recusam a usar o banheiro comunitário, que se esparramam no almofadão com vista para a fonte d'água, enquanto o resto da família mora espremida na periferia.

3 comentários:

Marilia Bavaresco disse...

Ahaha! Lá em casa tb temos desigualdades, e uma delas e descaradamente puxar o pratinho do irmão enquanto o seu está cheio de ração... a grama do vizinho... =)

Em busca de corpo e alma disse...

Em casa jamais rolaria grupo familiar. Em casa tem as gangues. A gangue dos olhos azuis, não se misturam com ninguem. O clube do bolinha, arquitetos do terror nos outros gatos. Tem o grupo das excluidas. Com duas integrantes. Uma que mia para tudo e outra que não mia nada. Igual do snoop. E tem o grupo dos novatos. Causam o terror, brigam por tudo. Sabe como é, novas gerações. kkk

Beatriz Levischi disse...

Gatos... rs