.
.

5.3.14

Amar é...

...voltar cansada de São Paulo e sair correndo para o hospital. Gastar a loteria não ganha em veterinário, exames e remédios. Levar arranhão no peito. Desfilar de blusa furada. Comprar todos os sachês renais do pet shop. E A/D. E água de coco. E Gatorade. Dar comida de colherinha. Dormir de soquinho. Estocar cocôs na geladeira. Limpar chorando 13 vômitos e 9 poças de sangue na caixa de areia.

Pipoquinha está doente.


8 comentários:

Anônimo disse...

Bia,
Eu sei o que você passa nesse momento...
Se a Pipoca der trabalho para aceitar a comida na colher tente fazer a alimentação via seringa, comigo deu certo.
Tenho certeza que se ela for alimentada e hidratada regularmente essa crise será superada.
Torcendo por vocês, força e fé.
Beijos,
Paula Regina

Aline disse...

:((((

Em busca de corpo e alma disse...

Oi, Bia. tudo bem?

Triste pela pipoquinha.
Sabe, eu não acredito muito nele. Mas qdo ocorre coisas assim eu rezo.
Nao acredito e rezo? Não faz sentido né.
Eu geralmente xingo. Fico furiosa qdo ocorre as coisas. Qdo os males do mundo recai sobre os inocentes.
Fez um mês que minha irmã perdeu uma gata. Sinto-me envergonhada e sem dizer o qto chorei.
O pior é que todo mundo sabe qdo e como as coisas ocorrem.
Enfim, não quero encher o blog de mais tristezas.
Cole nos seus gatinhos algo vermelho. Não sei se param com colerinha, vermelha. cole uma fitinha ou qq coisa.
Como diz na minha cidade. Para quebranto!
Como te disse, embora não acredite. Em casa todo mundo anda de fitinha vermelha. Mesmo com veterinario, ração(A melhor que podemos parcelar!!), tb tento não deixar o mau olhado.
Melhorar para a pequena. De verdade.

Anônimo disse...

força, Bia! na torcida pela Pipoquinha...
beijos,

Ilka

Isis Correia disse...

Pipoquinha, pipoquinha ... força moleca!

Amanda Herrera Massucatto disse...

Dó... :-(

Anônimo disse...

poxa Bia q chato isso...tadinha da gatinha...como ela esta agora?tambem tive um gatinho,alias,foi o primeiro q eu tive,q durou 13 anos...q me deu bastante trabalho nos seus últimos anos de vida...so q o dele era infecções intestinais q não melhoravam,e como consequência,desidrataçao,e vários internamentos...ele pegou aids felina...ganhei ele quando eu tinha 11anos...não entendia nada de gatos...ele pulava da janela,para brigar com os gatos da vizinhança...a ultima internação dele antes de partir foi por uma semana,e por coincidência também foi bem no feriado de carnaval...depois desta internação,ele viveu mais 11meses,de idas e vindas a nossa vet...ate q um dia ele amanheceu se escondendo,e não quis nem o seu prato favorito q era carne crua...neste dia eu já sabia q ele logo partiria...e não deu outra,ele partiu no final da tarde...sofri muito...chorei muito...e tive q continuar chorando escondida,pois ninguém entendia como alguém podia chorar tanto,pois para os outros era apenas um gato...DA GATEIRA DE CURITIBA><JAMILE

Beatriz Levischi disse...

Notícias da Pipoquinha: http://blog.gatoca.com.br/2014/03/no-jokenpo-da-vida-amor-derrete-odio.html. :)