.
.

26.5.11

Pote de danoninho found!

Não foi fácil doar o Feijão. Nenhuma família parece suficientemente perfeita para um filhotão lindo, coleiro e ronronante. Sem contar que, dois anos de tentativas frustradas de adaptação depois, Jacob sobraria sozinho novamente. Mas não era justo tirar a chance do pequeno de ganhar seu pote de danoninho exclusivo, né? Principalmente porque ele já havia dobrado de tamanho aqui em casa.


Natalia e eu trocamos dezenas de e-mails, mensagens de texto e ligações telefônicas. A vida de quem tem 18 anos ainda vai passar por tantas mudanças que fica difícil imaginar um gatinho cabendo em todas elas. Eis que a brasiliense me surpreendeu com a resposta de que havia planejado a próxima década em São Paulo, coisa que nem as balzaquianas como eu costumam fazer.

O olhar do Jake vendo o amigo ir embora me partiu o coração (e depois dessa cena vieram os gritos durante tardes inteiras). Para terminar de ferrar tudo, Luigi odiou o intruso. Metade de mim queria voltar para o Alto da Lapa e sequestrar o peludo, enquanto a metade racional propôs ajudar no entrosamento dos bebês a distância... dando origem à dupla café com leite!


Feijão agora tem um parceiro de bagunça da idade dele e duas mamães estudantes. Arielly cursa odontologia na USP e Nat vai prestar o vestibular para medicina. Segunda-feira, eu passei lá no apartamento para buscar umas doações e peguei o figura esparramado no colo dela, com o motorzinho ligado no amplificador. Ufa!

10 comentários:

Rose disse...

Tão feliz por Feijão, tão triste - mas ainda esperançosa - por Jacob...

Patrícia disse...

Que lindos dormindo juntinhos!

Lúu Novaski disse...

Aii meu Jake sozinho :(

Anônimo disse...

Convence a Natalia a adotar o Jake tbém. Meu coração ficou partido de pensar no pequeno...

Rose

Anônimo disse...

Café com leite ou arroz com feijão. :)
Muita felicidade para os dois e torcida master para o Jake também achar sua cara metade num lar comercial de margarina.

:*

Juliana SJC disse...

Feliz pelo Feijão....mas tadinho do Jacob....que dó!!! =( até chorei....

Lorena Rocco disse...

aah, que lindas!
São tantos bigodes por aqui que fico confusa!
Quantos e quais são seus temporários, bia?

=*

Repositório disse...

SNif!!!! Que bom!!!!!!!!!!

Gato Pierre disse...

Essa historia é triste e feliz ao mesmo tempo, né? Adoramos seu blog, eu e minha mamãe! Já estamos seguindo
Lambeijinhos do gato Pierre

Beatriz Levischi disse...

Jacob precisa de uma gateira experiente, Rose.

Por questões espaciais, financeiras e de saúde, o tigrinho é o único temporário de Gatoca no momento, Lorena.

Pierre e mamãe, sejam bem-vindos oficialmente ao blog! :)