.
.

9.6.17

Amassador de pãozinho profissional procura emprego!

Nestes cinco meses de vida, se tem coisa que ZéZo aprendeu com maestria foi afofar um colo humano. E não precisa ser macio e quentinho, não! Ele também trabalha em taco, piso frio, laminado, gramado. Seu nome de batismo é José Zorêia, por causa da pontinha roubada por uma provável mordida de cachorro.


O pequeno apareceu na garagem do escritório do meu contador (sim, existem empresários pobres), há 18 dias, tremendo de frio e de medo. Julio e Gabi o acolheram, vermifugaram, despulgaram, castraram. Mas o coitado passa o fim de semana inteiro sozinho, vagando entre a recepção e a sala de reuniões.


E ele ama brincar! Pula alto caçando cordinha, dá cambalhotas atrás de bolinhas de papel, ronrona loucamente. Eu dirigi até a zona norte (SP) para fazer as fotografias, vocês ajudam a divulgar? :)





9 comentários:

Ligia disse...

Beatriz, onde está o ZéZo? Fiquei apaixonada!

Por enquanto é só um namoro. O meu marido acha que a lotação aqui em casa já esgotou (1 gato e 2 cães), então eu vou precisar argumentar muuuuuito pra quem sabe convencê-lo.

Se puder, me diga também se o ZéZo convive bem com outros animais. Não sei se ele já viu algum, já que mora em um escritório de contabilidade...

Um abraço e obrigada,

Ligia

Beatriz Levischi disse...

O tigrinho está em Santana, Ligia. Mas a gente leva para qualquer lugar da grande São Paulo, se a família for bacana. Mostre este post ao seu marido para ajudar na sensibilização, rs: http://blog.gatoca.com.br/2011/01/dois-e-melhor-do-que-um.html.

Quanto à adaptação com outros animais, é só seguir estas dicas:
http://blog.gatoca.com.br/2009/11/dicas-de-adaptacao.html
http://blog.gatoca.com.br/2014/12/dicas-de-adaptacao-entre-cao-e-gato.html

Ligia disse...

Obrigada, Beatriz. Iniciando o trabalho de convencimento. ;) Moro perto da Freguesia, e não é longe de Santana.

Volto a falar com você se o marido topar!


Laurinha disse...

Torcendo, muito, pra ele topar!!!!

Daniela Barra Rocha disse...

Experiência Própria: 2 gatos é sempre melhor que 1. Fazem companhia, brincam juntos, e não ficam deprimidos quando a gente sai, fiquei com 1 gatinho quase 1 ano, pensei que não daria conta de 2. Gostei tanto que hoje tenho 6 num apê de 50 m2, mas no coração cabem mais... Adote o Orelhinha... essa carinha de carente é de derreter o coração...torcendo pra dar certo!

Mara disse...

Se depender da nossa torcida, ele vai!!!

Daniela Barra Rocha disse...

Gente! E aí? o Orelhinha foi adotado? Mandem noticias!

Beatriz Levischi disse...

Ainda não, Daniela. :\

Daniela Barra Rocha disse...

que triste...