.
.

27.2.14

Coração de mãe

Este pedaço de sainha verde sou eu tentando trabalhar, num dia comum em Gatoca. Sem perceber, vira e mexe me pego pilotando o mouse feito o Horácio, com a Pimenta cabeçando o "enter" do teclado e impossibilitada de mexer a cadeira do lugar. Notem que ainda faltam quatro bigodes no vídeo ― Mercv só não estava no colo por causa do calor.

Cirque du Soleil, tem vaga para jornalista aí?

10 comentários:

Adrina disse...

Eu já ouvi várias pessoas falarem que gatos não são companheiros. Só que não conhece essas criaturinhas é capaz de pensar assim

Loide Castle disse...

isso é que é vida boa :-))))) amo todos

Anônimo disse...

Que delícia esse povo todo ao redor!

Karina disse...

Realmente só sendo malabarista pra trabalhar no meio de tantos gatos lindos rs.
Beijos

Gabi Rowlands disse...

Que coisinhos mais fofos!!!! Adorei!!!!

Anônimo disse...

Bea,

Que inveja poder trabalhar com meus bigodes assim, só quem ama entende.

joice

Beatriz Gagliardi disse...

São bem assim mesmo, e quando a gente não está bem vem todo mundo pra perto, amo muito também estes bichos. a gente vai fazer o que?

Em busca de corpo e alma disse...

Sono coletivo? Achei que era só no sofá e na cama. Aqui em casa tb é assim.

Joana disse...

Olá! Boa noite/dia! Estou amando o blog. Pena só ter conhecido hoje :( Vim parar aqui quando procurava dicas/soluções para a giárdia que não larga meu gatinho (resgatado num parque, por mim, há dois meses). Dei giardicid durante dias e não adiantou nada! Bom, enfim, dei sorte de encontrar a Gatoca, divertido, emocionante, gostoso de ler, interessante. Parabéns! Amei as fotos dos bebês. Desapegar é que vai ser duro de verdade!
Beijos, Joana

Beatriz Levischi disse...

Não desapegue, Joana. ;)

Você encontrou o que procurava, aliás?