.
.

9.12.10

Gatoca multimídia

Quem acompanha os bastidores do Gatoca pelo Twitter e pelo Facebook sabe que domingo foi dia de acordar às 4h e passar 12 horas correndo de um lado para o outro no bazar de Natal do Adote um Gatinho (AUG), com a missão de vender canecas, agendas, camisetas e almofadas para ajudar os 300 bigodes da ONG.

Para ampliar, cliquem na imagem

Domingo também se comemorou o Dia Internacional do Voluntariado e o Fowler, do Focinhos Gelados (afiliado à WSPA), me pegou no meio do Tênis Clube Paulista lotado para gravar este depoimento. Primeiro, parece que eu estou dopada. Depois, baixa o santo do narrador de partida de futebol. Mas o recado é bom. Ouçam e divulguem. ;)

8 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns!

É um trabalhão mas que dá uma enorme alegria, né não?
E ainda encontra gente boa, feito Fowler. Agora, cadê os moçoilos na foto? Só vi um!!! Ala masculina tímida ou omissa?
Bjs.
Ana - Araça

Juliana Valentini disse...

Ei, o depoimento tá ótimo! Sem indícios de drogas calmantes nem acelerantes! rsrsrs
Parabéns pelo trampo lá no bazar e por toda a diferença que você sempre faz.
Beijo grande,
Ju.

Anônimo disse...

Oi!Eu comprei no Bazar com você, até pensei que era a Dricka,só mais tarde, em casa, é que percebi que era a Gatoca. Quanto ao seu depoimento, concordo que tem muita gente que tem muita dó dos bichinhos, mas se omite, não é capaz de fazer nem um carinho, parece que tem medo de se comprometer. Precisam mesmo de incentivo. Beijos, Vera Alice

Amanda disse...

tá linda a gravação. tem voz de bêbado nada... só senti falta de ver tb ;)

sua fã!

Amanda.

Beatriz Levischi disse...

Fowler é um fofo! Os moçoilos certamente preferem assistir futebol tomando cerveja, em vez de ajudar a mudar o mundo, Ana.

Vera Alice, espero que você tenha ido ao bazar no começo, antes de eu virar um caco. rs

Diferença que "nós fazemos", né, Ju? :)

Amandica, se rolasse imagem também eu travaria de vez. rs

Fowler disse...

Só tenho a agradecer pelos comentários. E não sejam injustas. Tem muito homem ajudando na proteção animal, mas perto das 42 voluntárias do AUG sumiram.No Bazar mesmo tinham 3 voluntários do AUG, os dois maridos Fernando e Marcos ajudando a carregar o piano, e eu botando pilha nas entrevistas, fotografando e gastando um pouquinho também.

Adrina disse...

na ong que eu trabalho só dá mulher. Tá faltando um pouco de iniciativa pros homens sim. Quando eles aparecem é porque a namorada/ esposa arrastou

Beatriz Levischi disse...

Adrina tem razão, Fowler. Esses gatos pingados são exceções na proteção animal. E geralmente vêm de brinde. rs