.
.

13.8.10

Vida longa!

Eu não tinha motivos para doar a Bolota. Ela quase não comia, não fazia barulho, nunca destruía nada. Sem contar que nós estávamos completamente apaixonadas. Mas a velhinha merecia uma família com bigodes menos bagunceiros e um horizonte maior que o do meu quarto. Eis que a Tati convenceu o marido a lhe dar a gorducha de presente de Dia dos Namorados.


Ela era a adotante perfeita: morava em apartamento telado, sem outros animais, trabalhava em esquema de home office, jamais economizaria na ração ou no veterinário. E nossa amizade já durava 15 anos! Eu só não divulguei a notícia aqui no blog antes, porque a gente não sabia se uma cachorreira se sairia bem como gateira. Hoje, dois meses e um álbum lotado de fotos no Picasa depois, não resta dúvida:

Bolota finalmente conquistou a tão sonhada aposentadoria! :)


Quando eu sinto saudade das corridinhas tímidas, dos gritinhos de empolgação, das mordidas no pé sob as cobertas, dos roncos incessantes de madrugada, da pança imobilizando minhas pernas, basta caminhar 20 minutos e fazer-lhe uma visita. A folgada provavelmente estará obrigando minha amiga a digitar com uma mão, enquanto a outra lhe enche de carinhos.

Em 1995, época das camisas xadrezes e dos arco-íris de canudo na praça de alimentação do Metrópole, quem imaginaria que uma gatinha sincronizaria as batidas do nosso coração, hein?

16 comentários:

Rosane e Pandora disse...

Que linda a história dela. Há sempre amor para dar. Bjks

Celinex and Gatito & Gatitas disse...

Que Delícia... ❤..❤ !!!!!

Veronica Gregório disse...

Que linda ela está!
Vou dar baixa nos anuncio do Orkut!
Beijos!!

rose de cássia disse...

Fiquei muito feliz com a notícia sobre a Bolota. Que bom que ela encontrou uma família, torço para que ela seja muito feliz e amada sempre.
Bom fim de semana.
Rose

Repositório disse...

Gratificante!!! Fiquei muito feliz!
Um beijo para vocês!

Tati disse...

Bolota está no meu colo neste exato momento, quentinha e roncando daquele jeito que você bem conhece. Nós nem temos palavras para expressar nossa gratidão por você ter nos apresentado e nos ter dado esta oportunidade. Sabemos como foi difícil este exercício de desprendimento.
Bolota é especial, a companheira mais fofa que eu poderia encontrar. E ela tem a melhor madrinha que um gato poderia ter. ;-)
Beijo

thereza disse...

Linda História. Eu tinha um gato depois que conheci seu blog agora tenho quatros. O mais velho ciumento Maurício, Menininho, Agora tenho a Terezinha eo Siames Caputino. Todos devidamente castrados, vacinados e vermifugados. escreve sobre a festa estou longe se tivesse em São Paulo iria com certeza.Beijos nos Peludos e um abraço e Parabéns pelo niver de gatoca.Maria Thereza

Bigode e focinho disse...

Que alegria, hoje pela manhã, estava lembrando desta querida.
Ela merece.

Laura Viana disse...

chorei, obviamente.
amor pra bolota e todo mundo!!!!

Clarice disse...

Ela tem mesmo carinha de sossegada e amorosa. Que espalhe serenidade e alegria.
Abração.

Veri Gravina disse...

Chorei, Bia!
Sempre simpatizei com a gorducha.
Muito amor, princesinha!!

Josiel Dias disse...

Olá meus irmãos Graça e Paz.

Gostaríamos de compartilharo nosso Blog; Mensagem Edificante para Alma
Se desejares conhecer o nosso blog, será um prazer
tê-lo como visitante e se desejares nos seguir, ficaremos felizes.

"Mensagem Edificante para Alma"
http://josiel-dias.blogspot.com/

Aprendendo uns com os outros crescemos em graça
e conhecimento.

Josiel Dias
Congregacional
Rio de Janeiro

Beatriz Levischi disse...

Obrigada pela ajuda com a divulgação da Bolota, Veronica.

Tatão, não vale escrever um comentário mais emocionante do que o post da gorducha. rs

Bom saber que o Gatoca anda espalhando sementinhas por aí, Thereza. :)

Adrina disse...

Quanta alegria! Agora são quantos temporários?

Beatriz Levischi disse...

Quatro ainda, Adrina: Jacob, Lua, Electra e Pollux.

Nikita disse...

Que felicidade!! Quando a Suzeli veio trazer a Nikita para mim, me pediu que eu ajudasse a divulgar a adoção da Bolota por aqui mas, infelizmente não consegui nada. E, agora sabendo que ela tem uma família fico imensamente feliz. que Deus abençoe essa linda família. E, para a Bolota o meu desejo de uma longa e feliz vida.

Beijosss Néia e Nikita:)