.
.

30.9.11

Tendências bizarras - setembro

Fetiche por pé é uma coisa universal. E, no mundo felino, quanto mais peludo melhor. Para honrar o nome, o da Pufosa tem cabelo até entre os dedinhos.


Outras tendências bizarras:
:: Bobe no ouvido
:: Orelhas assimetricamente serrilhadas
:: Cavanhaque feminino
:: Nariz sujo
:: Excesso de maquiagem
:: Estampa de vaca

27.9.11

Desalojado

Como eu finalmente tomei vergonha na cara e aposentei o monitor de tubo (além comprar um gabinete para o computador que tem os coolers em cima), Mercv resolveu protestar dormindo no mouse pad e nas minhas revistas de trabalho.

23.9.11

Deixe um bicho mudar sua vida

As vantagens compensam os gastos e eventuais preocupações. Confira os resultados de pesquisas recentes e siga o exemplo da Hebe!

Ter um animal de estimação em casa demanda alguns cuidados. Mas o trabalho é pequeno em comparação aos benefícios que eles trazem para o corpo e a alegria que se instala na alma. Cerca de 33 milhões de cachorreiros brasileiros e 17 milhões de gateiros já descobriram isso.

Entre eles está a apresentadora de televisão Hebe Camargo, dona de seis cães que circulam livremente pela mansão do Morumbi. No grupo tem até um vira-lata, salvo pelos bombeiros de uma enchente em São Paulo há dez anos. "O Atrium é como um filho biológico meu", confessa a diva.

Quem chegar ao fim deste texto, provavelmente ficará com vontade de dar um abraço bem apertado no seu melhor amigo. Não se reprima! Ah, você ainda não tem um bichinho para chamar de seu? Nunca é tarde para adotar.

:: Benefícios comprovados pela ciência

Economia com médicos e remédios
Donos de cães e gatos vão menos ao médico, garantem os pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. E precisam tomar menos remédios, segundo um estudo australiano. Quando ficam doentes, os cachorreiros ainda saem do hospital, em média, dois dias antes que os demais. Reclamar menos de pequenos problemas de saúde, desfrutando melhor a vida, é outra vantagem apontada pela publicação inglesa British Journal.

Coração blindado
Em pesquisa coordenada pelo cardiologista Karen Allen, da Universidade do Estado de Nova York, 48 corretores da Bolsa foram submetidos a situações de estresse. E só os que tinham um animal de estimação apresentaram taxas normais de pressão arterial. É que a sensação de responsabilidade e companheirismo proporcionada pelos pets diminui o nervosismo e dilata os vasos sanguíneos.

O primeiro estudo do gênero foi publicado em 1980 pelo periódico americano Public Health Reports. Ao acompanhar, durante um ano, 92 homens e mulheres hospitalizados por ataques cardíacos, a doutora Erika Friedmann constatou que 11 dos 39 pacientes sem bichos morreram, enquanto apenas três dos 53 donos de cães e gatos tiveram o mesmo fim. Além da pressão sanguínea reduzida, quem possui um peludo se exercita mais.

Sensação de bem-estar
Outra pesquisa realizada ela Universidade Estadual de Nova York, dessa vez com 240 casais, revelou que a presença de um mascote deixa as tarefas do dia a dia mais agradáveis, aliviando pressão. Segundo o veterinário Johannes Odedaal, da Universidade de Pretória, na África do Sul, essa interação libera endorfina, dopamina e outros hormônios que reduzem a ansiedade, além de relaxar o corpo.

Amor turbinado
Mulheres que adotam filhotes passam a produzir mais ocitocina, segundo os cientistas japoneses. Co-nhe¬cida como hormônio do amor, a subs¬tância é responsável pela alegria quando a mãe dá à luz o bebê e quando o amamenta. Pesquisa realizada nos Estados Unidos comprovou ainda que casais que têm bichos brigam menos.

Adeus, depressão!
A companhia de um cão evita o isolamento de pessoas com idade entre 65 e 78 anos, afastando a depressão, segundo estudo da Universidade de Warwick, na Inglaterra. Os idosos donos de cães e gatos também se tornam mais ativos e sociáveis, garantem os cientistas americanos.

Amizades multiplicadas
Alguém duvida que passear com um cachorro facilita aproximações? De acordo com pesquisa publicada no British Journal of Psychology, pessoas que saem com seu cão acabam fazendo mais amizades do que as que caminham sozinhas.

:: Vantagens para os pequenos

- No contato diário, crianças e animais aprendem a controlar impulsos, entre eles a agressividade.
- Ter um cão ou um gato ajuda a lidar com fatos da vida, como nascimento, reprodução e morte, além de reforçar a autoestima.
- Para os tímidos, os bichos servem como veículo de comunicação.
- Conviver com um amigo de quatro patas antes de completar um ano de idade reduz pela metade risco de desenvolver alergias, porque exposição precoce aos alérgenos dos peludos fortalece o sistema imunológico.

FONTES: Os Animais e a Psique, da psicóloga Denise Gimenez Ramos (ed. Palas Athena), e Clinical & Experimental Allergy, publicação da Sociedade Britânica de Alergia e Imunologia Clínica

:: Onde encontrar seu amigo

Centros de Controle de Zoonoses:

Procure o mais próximo de você e não se esqueça de levar cópias do RG, do CPF e do comprovante de residência, além de uma caixa de transporte para gatos ou coleira e guia para cães – os CCZs também cobram uma taxa simbólica.

Organizações não-governamentais:

Distrito Federal
ProAnima
www.proanima.org.br

Paraná
Amigo Animal
www.amigoanimal.org.br

Rio de Janeiro
Casa do Cão e Gato
www.casadocaoegato.com.br
Oito Vidas
www.oitovidas.org.br

Rio Grande do Sul
Associação Amigos dos Animais
www.soama.org.br
Organização pela Dignidade dos Animais Abandonados
www.ondaa.org

São Paulo
Abeac
www.abeac.org.br
Abrigo Piccolina
www.abrigopiccolina.org.br
Adote um Gatinho
www.adoteumgatinho.org.br
Projeto Esperança Animal
www.pea.org.br
Quero um Bicho
www.queroumbicho.com.br
União Internacional Protetora dos Animais
www.uipa.org.br


* Texto escrito para a revista AnaMaria, da Editora Abril.

21.9.11

A vida sorri para quem ama os animais!

O título deste post foi tirado do editorial da AnaMaria que está nas bancas, porque, na quarta-feira passada, o coração de pudim conseguiu uma façanha que impressionou até a assessora de imprensa da Rede TV. Tudo começou com a humilde tarefa de perguntar ao braço direito da Hebe quantos cães moravam na mansão do Morumbi, para ilustrar a matéria sobre os benefícios de ter um bicho de estimação.

Mas ele contou a história do Atrium, o vira-lata salvo pelos bombeiros de uma enchente em São Paulo que conquistou a apresentadora há dez anos, e eu fiquei tão empolgada com o exemplo estrelado de solidariedade que ganhei da chefona da revista o desafio de batalhar uma foto de capa com os dois.


Qualquer repórter especializada em celebridades saberia que, por causa da idade, a diva não aceita mais esse tipo de pedido. Acontece que eu sequer tenho TV em casa e, depois de pentelhar o Claudio durante três semanas (incluindo a do Rio de Janeiro), a sessão milagrosa foi agendada.


Hebe nos deu um chá de cadeira básico, entrou no estúdio dizendo que estava atrasada, sorriu para meia dúzia de cliques e abriu um rombo no meu estômago de pensar que não salvaria um. Quando o Claudio comentou que eu era a responsável pelo circo, porém, a tensão virou tricô e lá estávamos nós competindo para ver quem lembrava o nome dos peludos dela primeiro.


Eu agradeci as fotos (que, graças ao Deco, ficaram um arraso) e justifiquei a insistência com o argumento sincero de que elas poderiam significar uma segunda chance para dezenas de animais de rua. A lenda de 82 anos me abraçou apertado e partiu deixando o convite para assistir a gravação do programa. Uma semana depois, as meninas da AnaMaria ainda me surpreendem com esta homenagem (citada no começo do post):

Cliquem na imagem para ler

Te devo mais essa, São Francisco. ;)

17.9.11

Aniversariante do mês - setembro de 2011

Hoje o leãozinho fez 8 anos e o tema da festa foi "safári", para provar que nem todo vovô sofre de frouxidão.



*Novelinha: Conheça a história do Simba

Outros aniversários: 2007 | 2008 | 2009 | 2010

14.9.11

Trekking

Resta alguma dúvida sobre o esporte favorito da Clara Luz?





9.9.11

Notícias do Rio de Janeiro

Conciliar trabalho e turismo dá a maior canseira. Mas, graças à Natali e à Lílian, eu consegui cobrir a Bienal do Livro e conhecer o Jardim Botânico, entrevistar uma autora global e revisitar o bondinho do Pão de Açúcar, agendar uma foto de capa lendária para a AnaMaria e caminhar nas areias fofas do Leblon, Ipanema e Arpoador, atualizar o blog e tomar uma caipirinha com bolinho de aipim na Cobal do Humaitá. E ainda trouxe na mala um Entrevista com o Vampiro autografado pela Anne Rice, cortesia da Ingrid!

Minha visão do Rio de Janeiro mudou, meu coração voltou cheio e Gatoca quase ganhou mais quatro integrantes:


Miguel, resgatado em Londrina com o maxilar quebrado por causa de uma paulada, ficou cego, mas caça até insetinhos


Sara, adotada com dois meses de vida e bicheiras em três lugares do corpo, é a gerente do cafofo, mandando inclusive nas humanas


Yasmin, encontrada em uma caixinha de papelão, passa o dia curtindo seu sono de beleza para concorrer a Miss Rio de Janeiro


Malu, saída de dentro do motor de um carro, tem fama de arisca, mas não demorou cinco minutos para se entregar aos meus carinhos

Obrigada, meninas (e bigodes), pela acolhida. A janela do meu quarto aqui em São Paulo não mostra o Cristo Redentor, mas embaixo da cama é possível assistir um pretolino brincar enlouquecidamente com as conchinhas cariocas.


P.S.: As fotos da viagem serão publicadas no Facebook, assim que sobrar um tempinho. ;)

5.9.11

Você castra de graça e ele vive mais

AnaMaria descobriu 25 locais que operam animais de estimação sem cobrar nada, para você curtir seu peludo por mais tempo

A castração não serve apenas para impedir crias indesejadas. Bicho esterilizado fica mais caseiro e carinhoso, para de fazer xixi em tudo para marcar território, nunca mais entra no cio, sofre menos com problemas hormonais, tumores na próstata e câncer de mama, se livra de vez do câncer nos testículos e nos ovários.

E o procedimento é rápido e indolor! Se seu melhor amigo já completou quatro meses, informe-se sobre a cirurgia em um dos órgãos abaixo. Vocês passarão muito mais tempo juntos!

SÃO PAULO

:: Centros de Controle de Zoonoses

- CCZ de São Paulo
R. Santa Eulália, 86, Santana
(11) 3397-8922
De segunda a sábado, das 8h às 18h. Levar RG, CPF e comprovante de residência atual.
- CCZ de Jandira
R. João Balhestero, s/nº, Parque JMC
(11) 4789-4280
Primeiro dia útil do mês, pela manhã. Levar RG e comprovante de residência.
- CCZ de Santo André
R. Igarapava, 239, Vila Val Paraíso
(11) 4990-5256
De segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Levar RG, CPF, comprovante de residência e carteira de vacinação do animal.
- CCZ de Taboão da Serra
R. Victor Campisi, 250, Parque Industrial das Oliveiras
(11) 4786-3287
De segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Levar RG, CPF, comprovante de residência atual e carteira de vacinação do bicho emitida pelo município. Cobram taxa administrativa de R$ 15.

:: Supervisão de Vigilância em Saúde

- Suvis de Ermelino Matarazzo
Av. São Miguel, 5977
(11) 2042-9700 (r. 212)
De segunda à sexta-feira, das 9h às 14h30. Levar RG, CPF e comprovante de residência.
- Suvis de São Mateus
Av. Ragueb Chohfi, 1400
(11) 3397-1165
De segunda à sexta-feira, das 9h às 14h. Levar RG, CPF e comprovante de residência.
- Suvis de Parelheiros
R. Sadamu Inoue, 5252
(11) 5926-6500 (r. 6547)
De segunda à sexta-feira, das 10h às 15h. Levar RG, CPF e comprovante de residência.

MINAS GERAIS

:: Centro de Controle de Zoonoses de Uberlândia
Av. Alexandrino Alves Vieira, 1423, Liberdade
(34) 3213-1470 ou 3213-1418
De segunda à sexta-feira, das 7h30 às 17h. Levar RG, CPF, comprovante de renda e residência e carteira de vacinação do animal.

SANTA CATARINA

:: Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Prefeitura Municipal de Florianópolis
SC 401, nº 0, Itacorubi
(48) 3237-6890
De segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. Levar RG, CPF, comprovante de renda e de residência.

RIO DE JANEIRO

:: Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais (Sepda)
Av. Pst. Martin Luther King Júnior, Largo de Vicente de Carvalho
(21) 2273-2816
Sexta-feira, das 9h às 12h, por telefone. Moradores de outros bairros devem comparecer a um dos postos abaixo, também na sexta-feira, a partir das 8h, levando RG e comprovante de residência:
- Bonsucesso: Avenida Brasil, passarela 9.
- Centro: Praça da República.
- Coelho Neto: Praça Virgínia Cidade.
- Guaratiba: Estrada do Mato Alto, 5620.
- Jacarepaguá: Praça Seca.
- Largo do Machado: Praça Central.
- Realengo: Praça Padre Miguel.

BAHIA

:: Centro de Controle de Zoonoses de Salvador
R. do Mucambo, Vila 2 de Julho, Alto do Trobogy
(71) 3611-7309, 3611-7310 ou 2201-8687
De segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, por telefone (160).

MATO GROSSO DO SUL

:: Centro de Controle de Zoonoses de Campo Grande
Av. Senador Filinto Müller, 1601, Vila Ipiranga
(67) 3314-5003 ou 3314-9500
De segunda à sexta-feira, até as 20h. Levar RG, CPF e comprovante de residência. Só castram gatos.

PARANÁ

:: Secretaria de Meio Ambiente de São José dos Pinhais
Av. Senador Souza Naves, 420
(41) 3398-2694
De segunda à sexta-feira, das 8h30 às 17h30, por telefone.

MARANHÃO

:: Centro de Controle de Zoonoses de São Luís
Campus Universitário Paulo VI (Uema)
(98) 3212-2812
De segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, por telefone. Pedem R$ 10 de doação para a Associação Maranhense em Defesa dos Animais: www.amadaslz.com.br.

RONDÔNIA

:: Centro de Controle de Zoonoses de Porto Velho
Av. Mamoré, 1120, Cascalheira
(69) 3901-2878
De segunda à sexta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 17h, por telefone. Levar RG.

AMAZONAS

:: Centro de Controle de Zoonoses de Manaus
Av. Brasil, s/nº, Compensa 2
(92) 3625-2655
De segunda à sexta-feira, das 8h às 13h, por telefone. Levar RG e CPF.

PARÁ

:: Centro de Controle de Zoonoses de Belém
Rod. Augusto Montenegro, km 11
(91) 3227-2088, 3247-3001 ou 3227-0355
De segunda à sexta-feira, das 8h às 16h, por telefone.

RIO GRANDE DO SUL

:: Centro de Controle de Zoonoses de Porto Alegre
(51) 3446-7517
Procurar o posto de saúde mais próximo (ou ligar no 156) e se informar sobre a cirurgia.


* Texto escrito para a revista AnaMaria, da Editora Abril.

2.9.11

Gatoca no Rio de Janeiro!

Semana que vem, a partir de domingo, o Gatoca será atualizado direto da cidade maravilhosa. É que eu vou cobrir a Bienal do Livro, com direito à estadia na casa da Natali Zarth e carona da Ingrid Penna, leitoras queridas do blog. Quem mais topa um encontrão? Enviem sugestões envolvendo bigodes, lugares paradisíacos e comida (vegetariana) boa para bialevischi@yahoo.com.br. :)