.
.

21.4.09

Lá se vai minha obra de arte...

- Sabe o que seria perfeito para o Hórus, Mari?
- O quê?
- Um adotante que trabalhasse em casa, como eu. Assim, ele teria companhia em tempo integral e estranharia menos a mudança.
- Você não quer mais nada, né?

O problema é que o pequeno acabou instalado aqui no escritório (onde eu passo a maior parte do dia), por causa dos vômitos pós-castração, e criou uma falsa idéia de exclusividade. Como abrigar dois Mercvrivs sob o mesmo teto, se ninguém topar adotá-lo? Eis que, na tarde seguinte, eu recebo este e-mail de arrepiar até os fios de cabelo que já haviam caído da cabeça:

Olá, Beatriz!
Tudo bem? Eu moro em um prédio, no Alto de Pinheiros, em São Paulo. Comecei a trabalhar em casa recentemente e gostaria muito de uma companhia. Você sabe qual é a idade do Hórus?
[]s
Paulo


Bem que dizem que a gente deve tomar cuidado com o que pede! Respondi a mensagem do Paulo e fiquei ainda mais surpresa de constatar, ao longo do vai-e-vem de bits, que não precisaria convencê-lo sobre a importância das telas de segurança. Combinamos a entrega para depois da instalação, que demorou umas duas semanas, por culpa das mancadas da empresa.

No último sábado, a caminho do Alto de Pinheiros, metade de mim vibrava de felicidade, enquanto a outra metade planejava pegar o retorno na Marginal e esconder o doce de batata doce na gaveta das meias. E se ele se sentisse novamente abandonado? Acho que esse receio é que faz o coração de quem doa dividir o espaço com as lascas de madeira no depósito dos apontadores.

Cintia, a namorada, atendeu a campainha ostentando um sorriso de dar a volta na nuca, que não diminuiu com as proporções de javali do filhote (ufa!). Hórus saiu da caixa de transporte receoso, cheirou o sofá e sumiu de vista. Soube que a busca do casal por um peludo já durava meses e o tigrinho só ganhou a concorrência pelo nome. A engenheira de software adora mitologia egípcia e pretende tatuar o olho do deus celeste em breve.

No pet shop, enfiaram-lhe uma cama gigante de oncinha, areia de sílica, shampoo para banho a seco, brinquedinhos variados. O mal agradecido retribuiu a enxurrada de presentes se espremendo no fundo oco do rack da TV, esconderijo que nós só descobrimos após revirar o apartamento inteiro (incluindo a lixeira do banheiro e os eletrodomésticos da lavanderia).


Tirei meia dúzia de fotos da família recém-formada, despedi-me do companheiro de labuta e corri para alcançar o carro antes da primeira lágrima.


Hórus faz uma falta danada. O escritório ficou morbidamente silencioso sem os gritinhos empolgados quando a gente chega da rua ou quando o saco de ração dá sinais de vida na sala.


As cordinhas de pijama permanecem inertes, o rolo de papel higiênico inteiro, os ímãs no mural. Ninguém se joga no chão assim que a porta se abre, oferecendo o barrigão para um cafuné.


Nem seu rostinho desponta mais na janela da cozinha, enciumado pela presença de algum intruso no meu colo, durante o café da manhã.


Eu podia, sim, cuidar de mais um bigode. Mas Hórus não é mais um.



Epopéia do Hórus na busca por um lar:

:: Como tudo começou
:: Caçador de cabelo
:: Doce de batata doce
:: Festa do papel higiênico
:: Era uma vez um dente de leite...
:: Cera de ouvido para o jantar
:: Zé do Caixote

24 comentários:

marisa licursi disse...

Coisa mais delicinha!!
Ganhou um lar super bacana!

E...Bia...
mais uma missão cumprida :D

Parabéns pra nova cat family

Marisa

Teodoro disse...

Nossa, o vô da mami (meu bisavô) falo isto direto: cuidado com o que se pede! Que ótimo para Hórus e para você. A separação dói, mas é necessária... E ele vai adorar a nova família, pois parece que já foi recebido com muito carinho! Parabéns!

Fabiana - Mopi Bichos disse...

muito bem! tá vendo, é muito bom dar lar temporário... a gente gasta tempo, dinheiro, emoção... na hora de entregar é muito dolorido... mas a getne vê como compensa. logo ele nem vai lembrar que vc existe, mas com certeza você fez toda a diferença na vidinha dele, hehe!

Kell disse...

Ai Bia... hoje os futuros donos de nosso tigrinho (Wolverine, Caguinho - por causa da diarréia que tinha logo que chegou aqui - ou Tigresco, como preferir) estiveram aqui e já queriam levá-lo. Como eu não estava preparada, embora seja uma família de amigos que moram aqui perto, aleguei que ele andou mamando na Kiki e que está com diarréia, o que é bem verdade. Dei o remédio ontem então ele será abduzido daqui provavelmente no fim de semana. A cada gato a menos, gastos a menos também, mas tristezas a mais. Poucos entendem, mas eles são da família!
(Acho que Tigresco entendeu que eu falava dele, pulou no meu colo e foi pra frente da tela ver o que eu dizia sobre ele.)

Carolina disse...

Ah Beatriz, eu te admiro tanto!
Bjos

Andrea Sassaki disse...

NOssa Bia....mais uma missão cumprida e parabéns!

Ana Flávia disse...

O Hórus foi mais um dos gatinhos que falei: "eu quero, eu quero, eu quero" e que logo foi adotado. Como seu sempre digo pra Luisa (louca dos gatos), se meu querer funcionar para que todos que eu quero sejam adotados, já fico feliz!!
Força pra vc e boa sorte pro Hórus!!
Bjos

Marianne disse...

Ai, tô chorando... Que triste que deve ser se separar de um carinha tão presente assim como o Hórus! Por isso que eu admiro muitíssimo quem consegue dar lar temporário para um gato. Entregá-lo deve ser mais dolorido do que arrancar um dedo. Do dedo a gente não sente saudade emocional, só falta funcional, que logo é suprida.
Parabéns.

O Time do Tigor disse...

Segura firme, fia. Obrigada por ser forte e fazer esse trabalho lindo.

Juliana SJC disse...

Bia, mais uma missão cumprida, mais uma benção sobre vc depois de tanto amor e carinho q vc deu a ele...A dor fica(sei pq já passaram aqui pela minha casa 8 gatinhos de rua - dos quais 2 ficaram e os outros 6 consegui adotantes), mas se a gente pudesse ficar com todos, seria ótimo não? Como não dá, toda ajuda é bem vinda, e o q vc faz por tantos bichos demonstra a pessoa linda q vc é. Beijos e força, a gratidão dele por vc será eterna e essa é a maior recompensa!

Gata Lili disse...

Beatriz, Seu blog está citado na historinha que escrevi em homenagem aos blogs de gato. confere lá no meu blog!

Ana disse...

Ooooown, Biaaaaaaaaa!
Chorei. :-/
Beijos

Lu Aith disse...

Ah Bia!
Como eu te entendo... como é difícil esse momento!
Mas graças a Deus ele encontrou um bom lar :o)

Anônimo disse...

Que coisa mais boa...Thereza e Peludos

Gatinhos de toda parte disse...

Mais um gatinho amado e feliz :)

Maria Amália Camargo disse...

Que coragem, Bia! Não sei se eu teria também...
Mas a população de bigodes acaba fugindo do controle e é o melhor que a gente pode fazer: arrumar um novo e bom lugar para eles.
Cá entre nós, estou achando que o Hórus será o primeiro de alguns nessa família...
Beijos, parabéns e força na peruca!

Anônimo disse...

Oi gente, oi Bia... Muito muito muito obrigada mesmo por esse grande presente na minha vida! É uma alegria ter Hórus na nossa casa!
Bjs
Cintia

Luciana disse...

ai que dó... olhos marejados...
depois de um tempão sem passar por aqui(e por nenhum blog tbm...) sinto que nao posso mais ficar longe dessa tua maneira linda de escrever. Beijão.

Juliana disse...

Yes! Parabéns por mais essa!
Beijos distantes mas sempre passando pra dar uma lidinha,
Ju.

Juliana disse...

Fui rápida demais e acabei não dizendo que as fotos estão lindas e o texto, pra variar, suuuuper emocionante! Você não é pouca porcaria não, hein?!
Mais beijos,
Ju.

Lauesg disse...

Texto MARAVILINDO! Parabéns pela ação e radação! Uma história bem contada vale muito!

No ar a segunda parte da matéria Gatos e Bebês no Tudo Gato!

Abraços!

www.tudogato.com

Anônimo disse...

Achei muito legal você ter esperado colocar as telas, conheço quem telou só as janelas principais e perdeu o gatinho pelo basculante do banheiro, em apto tem que telar tudo mesmo, banheiro e lavanderia tbm.

Muitas Felinidades pra famíla =)

P.C.

Guiga disse...

Pra variar, chorei!
É uma dor doar os bichinhos, mesmo quando a gente se dispõe a isso! Mas é uma delícia saber que fizemos a coisa certa, e ver fotinhos deles reinando na casa nova! Esse casal tem uma cara de fofos mesmo! Tomara q o Hórus seja eternamente feliz!!!!

Denise Telles disse...

Bia,
eu choro quando leio histórias como essa.
Choro pq sinto seu coraçãozinho apertado e tb o dos bigodes com as mudanças, mas choro principalmente de felicidade por que tem tanta gente boa nesse mundo disposta a dar amor aos bigodes, cães, pandoras, hórus, marleys, jacobs e tantos outros!!!
Bia, VC é uma luz pra todos nós e todo eles!
Parabéns e um LINDO 2010!