.
.

20.4.09

Doação: exercício de desapego

Piores momentos:

* Fazer a malinha da partida.
* Despedir-se do peludo na casa do adotante.
* Não encontrá-lo de volta na sua casa.

Melhores momentos:

* Confirmar que ele realmente ganhará atenção exclusiva ou um espaço maior para brincar.
* Ver o sorriso estampado na cara da nova família.
* Receber notícias com fotos irreconhecíveis.

É por isso que a razão vive brigando com o coração. E a gente toca a campainha, em vez de sair correndo.

P.S.: Notícias do Hórus em breve. :)

11 comentários:

Marianne disse...

Admiro demais quem consegue ser lar temporário. Eu não consigo me imaginar cuidando de um bebê e me despedindo dele depois. Choraria, passaria mal, gritaria e o furtaria de volta durante a noite.

Enquanto isso, fico aqui muito feliz com as notícias alheias, como esta agora do Hórus!

vida cotidiana disse...

Coração grande linda... o mundo precisa de pessoas assim. Espalhe luz sempre, bjs.

Gatinhos de toda parte disse...

Mania de fazer suspense!

:)

Posseidon disse...

Seu coração é maravilhoso. Por isso você chora diante de uma situação como essa. Mesmo sabendo que agora ele terá aquilo que você sempre quis pra ele, seu apego foi maior.
Para consolar, lembre-se sempre do questionário bem preenchido e do sorriso da família ao recebê-lo.
Como andam os planos da bomba que irá explodir tudo? E sua posterior constituição? Já está pronta?

Beijos no coração!

Kell disse...

Nem fale... estou com 4 ainda pra doar. Cada partida é uma saudade! E por maio que seja o trabalho que dão (e dão mto trabalho!) adoro momentos como este, em que daqui consigo ver quase todos dormindo nos sofás. Kiki acabou de ter mais filhotes (vou mandar castrar urgente!) e, não conformada em morar numa caixinha com os filhotes, leva os 6 pra cima do sofá. E eu nem brigo porque são fofos!
Beijos!

Guiga disse...

Ai Bia, sei bem como é...é difícil mesmo! Mas depois que passa a insegurança e a saudade, fica só aquela sensação boa de ter feito o que era o melhor (pra vcs dois)!
Manda notícias do moço logo! Estamos curiosas!!!!

Anônimo disse...

Que notícia boa o Horus encontrou uma família humana. Bia continue assim com esse coração de Pudim, São Francisco vai te recompensar e muito. Bjos Thereza e Peludos

Alessandra Guerin disse...

Oi Bia
Sei bem como é difícil cada vez q um bichinho vai embora. Eu sempre digo, q toda vez q eles se vão...um pedacinho do meu coração vai com eles. Choro pra caramba, fico mal, mas procuro pensar q nós somos a ponte para eles terem um lar e uma família de verdade.
Q bom q o Hórus arranjou uma família maravilhosa.
Bjs pra vc....

disse...

comecei há pouco tempo a ser mãe temporária e estou adorando a experiência! :)

Suênia disse...

Nossa Bia!

Essa semana recebi de uma adotante as fotos de um gatihho que doei no Buantã com 3 meses e agora ele tá adulto e tão diferente a pelagem...
Parabéns pela doação do Hórus!

Beijos

LUZIA disse...

Bia, que iniciativa linda este seu blog. Tomei conhecimento hoje sobre você com minha vizinha Tânia (dentista) e já estou postando. Eu estou doando uma linda siamesa_peluda, de nove meses, vacinada, castrada e traquinas. Ela pertenceu a minha mãe que está idosa e não pode mais cuidar dela. Está provisoriamente comigo, e quero muito encontrar um dono/dona responsável para dar um lar feliz pra ela. Não sei como anexar fotinho dela...