.
.

17.10.13

Aderi à escarificação!

Porque é muito mico contar que a Jujuba retalhou meu braço fugindo da caixa de transporte, no dia de ir para a casa nova.

14 comentários:

Anônimo disse...

isso aconteceu comigo quando Viola chegou em casa e fui lhe dar banho... ela só tinha dois meses!!! hehehhehe são marcas de amor...
boa sorte na casa nova!


Ilka

Kah disse...

Jujuba é sua onça-pintada? :)

Anônimo disse...

Gente, que gatinha-tigre!!! Eu nunca vi uma coisa assim!!! Olha que ja levei uns arranhoes tb mas, por sorte, nada de ficar marcado. E tb, agora minha gata ta velhinha, ela ja nao perde tempo lutando com nada nem ninguem. Um docinho. Se eu nao fico de olho, minha bebe faz gato e sapato dela (na melhor das intencoes e com muito amor mas como ela tem so 18 meses, as vezes erra a mao) e a gata nao faz nada ou no maximo sai de perto. Eh praticamente uma gata-labrador!

Marilia Bavaresco disse...

Uau!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Já aconteceu comigo, mas tentando dar um banho no Nelson. Ele fatiou o meu braço e as minhas costas... e dói né?
Melhoras!

Anônimo disse...

Tipo: CALMA GATA! Sem violência!
Doeu só de olhar essa foto.
Melhoras, Bia.

Ah, mudando de assunto, os gatos que aparecem na novela das 21hs parecem com os seus, pensei "mas será que o Gatoca tá na Globo e ninguém avisou?".

Simone

Anônimo disse...

Embora eu já tenha levado uns pontos e umas injeções, esta foto me deu frio na barriga. E mesmo assim não deixamos de amá-los...

Regina Haagen

Em busca de corpo e alma disse...

Tenho uma cicatriz extensa na região do pulso. No meu caso, Miature mordeu Escobar enquanto estava segurando ele. Procure sempre limpar bem!

Anônimo disse...

estava com uma bem parecida no meu ombro ainda estes dias...a minha gatinha,a Surdinha,q nasceu com agenesia numa das orelhas,e por isso so tem esta orelha pela metade,e não ouve com esta orelha,anda meia de lado,e não tem muito equilíbrio deste lado,caiu em cima de mim,enquanto iria pular num lugar mais alto,no banheiro,e tudo isso,enquanto,eu estava sentada no vaso,fui pega de surpresa,quando q alguém iria imaginar,q iria cair um gato no seu ombro,enquanto vc estava sentada no vaso,fazendo um simples xixi?e essa já e a segunda vez q ela cai em cima de mim,e me arranha,da outra vez,eu estava agachada limpando a caixa de areia,e ela caiu em cima das minhas costas...me deixando um enorme arranhão...sem falar q quando eu tinha 11anos,ganhei um gato siamês,q um dia,levando ele para passear na coleira,ele resolveu me atacar o braço com mordidas e arranhões...mesmo assim,cuidei dele ate o final,ficou comigo por 13anos...hoje,eu sei q gatos não são seres q passeiam em coleiras,coisa q eu não sabia quando eu ganhei este gatinho,afinal,eu so tinha 11anos...e o tempo passa...la se vao,19anos,convivendo com gatos...DA GATEIRA DE CURITIBA><JAMILE

Sandra Camargo Correa disse...

Ela caprichou heim!!!
vai demorar um pouco para sumir..
mas...some!! E o amor continua.

Lucy.Gouvea disse...

A cinco dias chegou em casa uma gatinha muito mas muito nervos assustada neorótica, rs uma pessoa adotou do pet shop e depois quis desfazer e uma amiga me pediu pelo amor de deus para ficar com ela, então fiquei, ela chegou dentro de uma caixa de papelão lacrada, e quando saiu foi o desespero, minha mãe conseguiu pega-la e fizemos muito carinho e tal, mas foi eu dar as costas que ela começou a se esconder... em uma tentativa de pagar ela no dia seguinte, ela me mordeu duas vezes e meu retalhou tb, nunca vi tamanho desespero chorei de nervoso tive que tomar antibiótico pois os ferimentos infeccionaram, ela continua se escondendo mas está comendo , bebendo água e usando a areia, não sei como me aproximar pois ela corre e se esconde desesperadamente;... me ajude!!!

Beatriz Levischi disse...

Obrigada, Ilka! :*

Dói, gente. Mas o braço já está quase novo. E, como boa gateira de malandro, o amor persiste. rs

Hahahahahaha! Pena que eu não tenho TV, Simone.

É normal que, depois de passar por tantas mudanças, a gatinha esteja assustada, Lucy. Dê um tempo para ela se acostumar com a casa e a família novas. E associe a presença de vocês a coisas boas: ofereça guloseimas ou brinque com a pequena, mas jamais a pegue à força. Logo ela desabrocha.

Lucy.Gouvea disse...

Brincar ta difícil hehehe ela foge mas to tentando mostrar pra ela que ponho comida, wiskas pate etc hehe oremos tomara que ela mude..

Beatriz Levischi disse...

Brinque a distância: jogue bolinhas de papel, balance cordinhas, amarre um ratinho de feltro no elástico para ela se divertir sozinha. E dê sachê ou patê quando vocês ficarem juntas.

Livia Luzete disse...

Lucy,muita paciência mesmo, não sabemos o quanto ela está abalada com essa situação. Um dia tinha sua vida estável,dai...tudo muda. Mas gatos são assim,eles agradecem sim,mas tenha paciência e faça as dicas que a Gatoca-mãe deu.