.
.

24.7.10

Um lugar encantado

Todo coração de pudim sonha em conhecer o santuário ecológico Rancho dos Gnomos. Eis que quinta-feira, graças a uma matéria para a revista AnaMaria, lá estava eu cara-a-cara com as versões originais dos nossos bichos de pelúcia. São 450 animais livres do tráfico, de maus-tratos e da exploração em circos – onde eles têm os dentes cerrados e as garras extraídas para divertir o "respeitável público".


Tudo começou com essa cabra sorridente, presente do Marcos Pompeu para a Silvia.


E, ao longo dos últimos 19 anos, a iniciativa foi adquirindo múltiplas cores.


No terreno de 35 mil m2, onças, tigres, leões, bugios, araras, macacos, preguiças, gatos-do-mato e veados-catingueiros ganham uma família...



...e amigos.



Podem crescer sem medo...


...dormir em paz...


...curtir o solzinho...


...e até cantarolar!


Qualquer semelhança com Gatoca...


...não é mera coincidência. :)


P.S.: Quem quiser ajudar o Rancho a continuar salvando vidas, basta enviar um e-mail para contato@ranchodosgnomos.org.br. Ou participar do Forró Solidário, dia 21 de agosto, no espaço vegetariano Vila da Mata.

15 comentários:

Clarice disse...

É preciso ter mais espaços como esses, onde, se não desfrutam a liberdade, pelo menos são tratados com respeito.
Enquanto isso o MST derruba matas e destrói plantações, os donos da soja queimam ninhos de passarinhos em suas queimadas, idiotas fazem cães e galos brigarem até a morte, rodeios são permitidos e por aí afora.
Espero estar viva quando circos e os arremedos de zoos sejam proibidos no país.
Que lindo!
Abraço.

Daniela Tórgo disse...

Realmente deveriam existir mais lugares como este, parece um sonho!!

Nikita disse...

Que maravilha!! Poder conhecer um lugar lindo como esse. Adoraria poder estar lá.

Beijos da Néia e Nikita:)

Lyra Libero disse...

Oie Bia, tudo bem?
O Rancho é demais. Eu trabalho no setor de comunicação do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, e ano passado, um Promotor de Justiça apreendeu um leão que estava sendo maltratado num circo que estava com um espetáculo numa cidadezinha do interior. Teve as unhas arrancadas e outras atrocidades, passava fome, o que muitos desses animais já passaram. Depois de lutar judicialmente e processar o dono do circo, o leão foi adotado pelo Rancho dos Gnomos, numa super operação da "swat" sul-matogrossense para leva-lo. O nome dele ficou sendo Alex, em homenagem ao Promotor ( e ao leão do filme Madagascar, suspeito eu). Será q vc não viu nenhum Alex dando sopa no solzinho não? rs.
Beijocas!
PS: sumi, mas venho aqui todos os dias acompanhar seus posts =)

Jon Levischi disse...

Lugar maravilhoso, mesmo!

Patrícia disse...

Olha os gatinhos!

Fez carinho neles? :D

Gloria disse...

É de emocionar. Parabens ao pessoal do sitio e a vc pela divulgação.Boa Semana, Gloria

marisa disse...

só indo mesmo pra entender a magia do rancho!

rosa disse...

Verdadeiro santuário!
Depois de tanta barbárie cometida pelo ser humano, merecem viver em paz.

Guiga disse...

Que sonho esse lugar! :D

Anônimo disse...

Muito lindo o trabalho do pessoal do Rancho, se cada um fizesse um pouquinho, não haveria tanto sofrimento para estes animais não humanos, mas sei q um dia a grande maioria vai conseguir entender q animais não humanos, não são comida, entretenimento, vestimenta etc... pois senão acordar não restará muito num futuro próximo. Esse Santuário tbm faz um belo trabalho.
www.santuariodasfadas.org

Parabéns Beatriz por teu blog.
Paula

Tânia (Marienkäfer Laden) disse...

Que linnnnndos! Adoro os veadinhos, são tão fofos!
Como esses bichos sofrem... por causa do tráfego e comércio.
Parabéns!

Beatriz Levischi disse...

Eu fotografei o Alex, Lyra! Quer que eu te mande por e-mail? Ele é o dono da melhor vista do Rancho. :)

Pati, a gente fez carinho na Yamma, a tigresa que está rolando na jaula da quarentena. Ela teve um olho arrancado e não enxerga do outro. :ó(

O Santuário das Fadas fica no Rio de Janeiro, Paula? Obrigada pela dica!

Andreza Zanre disse...

(última foto)
Olha esse bumbunzinho branco! hauhauauha
Ai que sonho esse lugar!!!

Amanda disse...

má num vai me aparecer com um leão de circo heim Dona Bia, pelamor!!!