.
.

18.8.08

Sempre dá para piorar!

Essa noite, Marley não dormiu porque estava ocupado demais chorando e arranhando a porta da sala para entrar em casa. Os bigodes também não dormiram porque ficaram com medo de virar aperitivo do cão alucinado. E eu acordei às 5h30 graças à batucada frenética de 11 animais insones. Quando Dr. E. topou castrá-lo emergencialmente, achei que tudo se resolveria. Mas a peste implicou com os pontos da cirurgia e agora, de colar elisabetano, o humor terminou de descer a ladeira. Ele não consegue dar três passos na garagem sem raspar o plástico no chão, trombar nas paredes ou arrastar objetos diversos. Não come sozinho, muito menos bebe água. E ainda rosna se a gente tenta ajudar. Eu não mereço uma medalha?! rs

14 comentários:

disse...

hahahahaha, que lindo o marley!

com essa carinha linda, aposto que será logo doado!
:)

boa sorte enquanto isso!

Juliana disse...

Eu não sei nem o que te dizer, além de que você realmente merece uma medalha!
Vou divulgar e REZAR!!!
Ai, ai, ai...
Beijo,
Ju.

T.B. disse...

Oi, Bia!

Descobri o seu blog há alguns meses e ele se transformou em parada obrigatória! Você é realmente uma guerreira, com todos os bigodes e eventuais focinhos!

Infelizmente, não posso ajudar (imagino o quão cansada de ouvir isso você está, né?), mas tomo a liberdade de fazer uma sugestão. Como focinhos não são exatamente a sua praia, você já pensou em fazer uma 'troca' com instituições que doem cães - nos moldes do AUG? Assim como você, eles também devem socorrer bigodes eventualmente e talvez fosse menos complicado se você hospedasse apenas bigodes e eles, apenas focinhos. Daí, poderiam fazer a troca eles cuidariam desse focinho superativo e você receberia outro bigodinho.

Tenho certeza que isso vai se resolver o quanto antes! =]

boa sorte!

Claudia Vertemati disse...

Bia,

as vezes as boas ações acabam se transformando em pesadelos. Já passei uma experiência assim quando acolhi quatro filhotinhos caninos abandonados. Eles eram minusculos mas comiam como cachorros grandes, eles ficaram doentes, gastei o que não tinha com remédio, eles cagavam o dia inteiro, e passavam o dia destruindo coisas. Demorei 2 meses para conseguir doar e mesmo assim doei apenas 3 deles, a menos bonitinha ficou comigo e hoje tem 4anos. O que eu queria dizer é que as vezes as coisas começam a ficar desesperadoras e agente começa a se questionar se fez a coisa certa, mas fique tranquila porque tudo vai dar certo.

Bella disse...

Bia, cães são assim mesmo, não ficam bem sozinhos, demandam muito mais atenção que os gatos. Você leu o Marley original, deve lembrar de algumas passagens sobre isso. Além de passar um tempo com ele, sentada no chão, e deixar que ele venha até vc (só fazer um cafuné vez por outra), tem um truque que costuma dar certo: quando deixá-lo sozinho, deixe um rádio ligado, na CBN, por exemplo, obviamente longe do alcance da boca destruidora. Ouvindo a voz humana eles costumam se acalmar e sossegar para dormir. Deixe à disposição dele bastante água, e só dê comida em horários programados: manhã, tarde e noite. Aguarde ele comer e depois retire a panela. Se ele não começar a comer em 20 minutos, retire a panela com a ração e só ofereça novamente no próximo horário. Ele vai aprender rapidinho. Ah! e arrume um osso para ele roer (de courinho se ele for filhote e de perna de boi de já tiver mais de 1 ano). Enquanto isso, coloquei um post e passei e-mails para conhecidos, vamos arrumar uma família para ele logo, logo! Precisando de alguma ajuda, me avise, no que puder, eu colaboro. abraços e boa sorte!

lu aith disse...

Merece Bia, ô se merece!

Carol disse...

vc merece váááááááárias medalhas! =)

Rodrigo Rós disse...

Bia Parabens... rsrsrs

É assim mesmo... muito diferente do que vc esta acostumado... lembra q eu falei da PINK... q as x nem eu e a fê consegue ter o pique que ela tem... e olha q ela é bem menor. rsrsr....

mas fica tranquila estamos encaminhando ele para todos os amigos e postando tb em site de animais perdidos para tentar achar os pais dele....

Olha hoje passo ai para dar um passeio com ele a noite... mas não esqueça qualquer coisa grita ....

beijos

até...

Rós

Leila disse...

sim, Bia, medalhas olímpicas...

e você que já se acha gordinha (rsss), olha que oportunidade para emagrecer!!! dos 47 para os 45 facinho!

mas ele tem um olhar tãããão pidão... ehehehe

Boa sorte com o bonitão!

Bárbara Stracke disse...

mas ele é uma fofurinha revoltada! hahahaha...

tadinho, ainda bem que vc existe para ele, neah?! :D

bjz

Vani Vomit disse...

eu entrei no seu blog hoje, e digo...vc merece o lugar mais alto do pódio!!!
Mas vai dar tudo certo, a sensação de se estar fazendo a coisa certa é a melhor do mundo!!!
=*

estelaalb disse...

Beatriz, mais palpite: compra pra ele um osso desses de verdade, que vende embaladinho (tem até uns defumados) em pet shop. É o que resolve com o bagunceiro aqui de casa... Os de couro acabam em mais ou menos meio segundo! Boa sorte com ele!

Ana disse...

Já é a Phelps dos gatos!!! Vamos divulgar o Marley, logo ele achará um lar definitivo.
Força Bia!!!!
Abs
Ana

Michelle disse...

Bia..medalha de ouro por sinal..kkk
A gente que tem coração de pudim, é fogo.. Mas qdo ele começar a aprontar vc pensa que ele poderia estar nas ruas sendo judiado..que talvez ajude. Alivia o coração saber que ele esta seguro.
Campanha para doação nele já.
Ele é lindo e fofo, já já arruma um lar.
Beijos e boa sorte novamente com o brutamontes..kk