.
.

18.12.07

Sete dias: contagem regressiva!

Essa gatinha trufada passa horas sentada na porta da casa do Eduardo. Mas como ele já coleciona quatro bigodes, um trabalho escravizante do outro lado do planeta, pais avessos à idéia de aumentar a família e duas tartarugas, tem se contentado em alimentá-la na calçada. Acontece que ela é super doce, mia fininho, cabe numa caixa de bombons e não deve durar muito na selva de pedras. Hoje de manhã, levamos a pequena para castrar. Dr. Ernanes se comprometeu a abrigá-la na clínica até tirar os pontos e aplicar as vacinas. Temos, portanto, sete dias para encontrar um chocólatra-gateiro!

8 comentários:

Lina Gatolina disse...

Sendo seu namorado, ele não poderia ser (in)diferente... Mais um de coração generoso e alma de felino, para o bem de nossa grande espécie de bigodes.
Denise

mercvrivs disse...

Quem se habilita a dar uma casa para a gatinha no Natal?

Mundo Miau disse...

Alice ia adorar.... bruxinha!

Meg

Camila disse...

Poxa, Bia... Adoro seu blog e super me identifico com essa sua dedicação e amor incondicionais aos bigodes! É uma pena que minha mãe odeie gatos, senão adotaria uns 15! De qualquer forma, parabéns pela iniciativa! Emocionante! Beijo...

Anônimo disse...

Oi, Bia. Ai, que tudo ter um namorado que gosta de gatos. O meu não gosta e estamos na 'discussão' sobre o futuro disso, pq eu amo minhas gatas APAIXONADAMENTE.
Eu torço muito pra Chocolatinha achar um dono. Ai, meu coração fica apertadinho nessas horas, com ansiedade e esperança.
Beijos. Kalu

Lucy disse...

Que lindinha!!!! Quanto tempo ela deve ter? É adulta ou filhote? Pela carinha, ela parece ser um amorzinho que gosta de colo...

Gabi disse...

Gente, ela é a cara da minha Bea - exceto pelo fato que a minha trufadinha hoje pesa uns 6 quilos, tá super gordona e fofa! =)

Beatriz Levischi disse...

Na verdade, foi o Eduardo que me convenceu a adotar o primeiro bigode, gente!

Segundo o veterinário, Lucy, a Trufadinha deve ter cerca de um ano. Mas o tamanho é de filhote.