.
.

20.10.17

Soro subcutâneo: dicas e por que vale o esforço

Depois de amanhã, completa um ano que Simba morreu ontem. Trinta e três dias antes da derrota para a insuficiência renal, eu perguntei à veterinária se daria tempo de mudar para Sorocaba e devolver ao tigrinho o jardim perdido. Não deu. Mas aproveitei todas as oportunidades dos últimos 12 meses-voadores para conscientizar sobre a doença e evitar outros desfechos assim (links no fim do post).

Relembrar ainda me encharca o coração. A data, porém, precisa ser ressignificada. Quando desabei sobre este teclado pós-tentativa fracassada de fluidoterapia, vocês me ensinaram macetes para facilitar a aplicação, gravaram até vídeo e a missão se tornou um tico menos amarga. É minha vez de retribuir ― passem para frente!

Encarar o desafio do soro vale muito a pena porque ajuda a diluir o excesso de ureia no sangue, herança do funcionamento capenga dos rins, amenizando o enjoo e as úlceras, na boca e no estômago, que matam o apetite. E a aplicação caseira estressa bem menos o bichano, além de sair muito mais em conta.

Comece com o veterinário
Só ele pode prescrever a quantidade ideal de soro para o animal e tem expertise para orientar a primeira aplicação.

Compre equipo e bolsas pela internet
A diferença de preço compensa o frete.

Arrume um fiel escudeiro
Eu distraía o leãozinho com carinho, enquanto Leo fazia o serviço sujo, e sobrava com as mãos livres para conter as tentativas de fuga. Mas hei de confessar que tem leitora-mulherão que dá conta do recado sozinha, imobilizando o peludo pelo cangote.

Escolha um cantinho confortável
Não esqueça, porém, que o soro precisará ficar pendurado.

Vista uma jaqueta jeans
Ela protege braços e peito dos arranhões, sem tecnologia espacial.

Esquente a bolsa
Uns 30 segundos no micro-ondas bastam, porque o líquido geladão entrando no corpo assusta.

Use escalpe em vez de agulha normal
Essa dica merece beijo na boca! Como a agulha do escalpe é mais curtinha, não há risco de sair do outro lado da pele na pinça nem de perfurar algo importante. E fica mais bem fácil segurar pela borboletinha.

Encare o calibre grosso
Ao contrário do que a maioria das pessoas imagina, dói menos do que o fininho, porque o soro, ardido, corre mais rápido. A gente comprava escalpe 19, branco.

Aplique na lateral do corpo
A bolota que se forma incomoda menos nessa região e dá para ir alternando os lados. Nos casos de aplicação-solo, vale centralizar a picada no cangote para evitar que o soro desça para uma das patas.

Tenha paciência
As primeiras vezes são difíceis mesmo, mas o bichinho acaba acostumando ― e a gente também.


Infos importantes:
:: Doença renal, pelo maior especialista em gatos do Brasil
:: 7 dicas que podem salvar seu gato
:: Como fazer o bichano beber água
:: 13 macetes para dar líquidos na seringa
:: O desafio da alimentação natural
:: Quando a alimentação natural não dá certo

5 comentários:

Li disse...

É..foram 7 anos fazendo soro subcutâneo no meu, dia sim, dia sim ou dia sim, dia não...
Ali vc escreveu "veia". Não entra na veia não, é sob a pele mesmo.
A dica do escalpe é mesmo boa!
Dependendo da necessidade colocávamos um pouco de vit B, às vezes a ranitidina pro estômago, mas claro, prescritas em quantias exatas pelo vet.
abs

Beatriz Levischi disse...

Foi o sono, Li. Obrigada pelo toque! E sinto muito pelo seu gatinho. :\

Juliane Leão disse...

Estou lutando há 1 ano e 3 meses. Descobri que fazer a aplicação sozinha é menos estressante pra Meg, que não gosta muito de contato humano. Ontem pela primeira vez fiz o soro com ela no colo. correu tudo bem! No caso da Meg, a insuficiencia renal trouxe junto uma pancreatite cronica que as vezes me derruba. Nos momentos de crise, nem sei quem sofre mais ela ou eu. A dica do escalpe é bem interessante. Deve ficar mais confortável (ou menos incomodo). Vou experimentar. E vamos adiante entre soro e medicamentos de suporte enquanto der...

Anônimo disse...

Putz, lembrar do Simba ainda me faz chorar...

Rafaella .. Meu Core disse...

Fiz no meu, só q infelizmente ele nao resistiu.. problemas no fígado, ainda doi. Fazem 3 semanas =/