.
.

17.1.15

Doença renal, pelo maior especialista em gatos do Brasil

Consulta com o Dr. Valdo Reche é o sonho de consumo de boa parte dos gateiros de São Paulo ― quem não souber por que dê uma olhada no currículo do homem. Imaginem, então, a empolgação com que eu recebi o convite para participar do simpósio da Total Alimentos sobre doença renal crônica, liderado por ele, no hotel Transamérica!

Foi em junho do ano passado, mas, por causa da correria do projeto Um Post por Dia para Salvar Vidas, só deu tempo de traduzir as dez páginas rascunhadas de veterinês agora ― o evento se destinava a profissionais da área. E o assunto continua quente, infelizmente, porque, segundo o veterinário, 60% dos bichanos terão um grau de disfunção dos rins ao morrer.

Definição e tipos

Trata-se de uma anormalidade estrutural e/ou funcional nos rins, que deixam de filtrar e eliminar as toxinas produzidas pelo organismo do animal. Há dois tipos de doença renal: a genética transmissível, comum nos persas e maine coons, e a adquirida, decorrente do envelhecimento natural.

Classificação

- Estágio 1: o bicho não apresenta sintomas e a alteração estrutural dos rins costuma ser um achado.

- Estágio 2: com creatinina de 1,6 a 2,8 mg/dL, compreende a maior parte dos felinos. Eles podem ter sintomas sutis, que o tutor dificilmente percebe ― tomam mais água do que o normal, urinam mais e comem menos.

- Estágio 3: com creatinina de 2,9 a 5 mg/dL, os sintomas já são visíveis. O animal perde peso e toma ainda mais água.

- Estágio 4: com creatinina maior que 5 mg/dL, surgem a anorexia, os vômitos e a halitose, embora o bicho possa ficar assintomático por um tempão. A doença evolui até a falência renal, fase terminal.

Embora os estágios 1 e 2 acompanhem um gato de aparência normal, seus rins já perderam bastante a capacidade de filtração (e dois terços dos néfrons).

Diagnóstico

Para detectar o estágio da doença, o veterinário deve submeter o animal a um exame clínico, pedir os laboratoriais de rotina (urina e hemograma) e não descartar o de imagem, porque cerca de 70% dos felinos apresentam cálculo nos rins ou ureteres.

Tratamento

- Estágio 1: evite a desidratação, que diminui a perfusão dos rins, estimulando a ingestão de ração úmida ― para reduzir o risco de rejeição, por causa da textura, acostume o bichano antes de completar 1 ano. Se não for possível, peito de peru e atum em água e sal substituem o sachê.

- Estágios 2 a 4: além de evitar a desidratação, pode ser preciso tratar também proteinura (perda excessiva de proteínas pela urina), hipertensão arterial sistêmica, hiperparatireoidismo secundário, hipopotassemia e doenças concomitantes, como anemia.

A dieta com restrição proteica (e de fósforo), para não sobrecarregar os rins, deve acompanhar os níveis de albumina. Ração terapêutica aumenta a expectativa de vida, mas não adianta iniciar na crise, quando o animal está nauseado. Durante as duas primeiras semanas, é melhor que ele coma qualquer coisa, para não aumentar a produção de toxinas urêmicas.

Fluidoterapia (soro) só funciona se o bicho desidratar, já que dilui a creatinina e mascara a evolução da doença ― o excesso também agrava os casos de hipopotassemia e hipertensão (e cerca de 60% dos gatos têm hipertensão). Vale acrescentar vitaminas hidrossolúveis, principalmente as do complexo B.

Prevenção

Estimule o bichano a beber água. Use potes grandes (eles não gostam de encostar os bigodes nas bordas), coloque uma pedrinha de gelo no calor, substitua a torneira pelo bebedouro elétrico ― animal que tem esse hábito fica sem beber nada quando os tutores estão fora de casa, aumentando o risco de problemas urinários.

Importante!

- Creatinina é um índice mais confiável do que ureia, pois sofre menos influência da dieta.
- Gatos idosos apresentam queda nessa taxa porque começam a perder massa muscular ― não significa um bom resultado.
- Doença renal tende a provocar gastrite, já que o bicho acaba comendo menos por causa da náusea, e halitose, fazendo muitos tutores suspeitarem de problema bucal. E a anestesia para a limpeza dentária diminui ainda mais a perfusão dos rins.
- É preciso saber em que momento iniciar a restrição proteica. Felinos jovens (até dois anos) podem ter uma expectativa de vida longa com a ração terapêutica e desnutrição proteica.
- Ração urinária não equivale à renal! Ela é mais gostosa porque tem mais proteína, o que piora a doença.
- Outros agravantes são hipotensão, uso de fármacos (anti-inflamatórios não esteroidais) e obstrução ureteral por cálculos.
- O tratamento deve focar sempre na qualidade de vida do animal, não na quantidade de dias.

287 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   201 – 287 de 287
Benja disse...

Oi arianek. Obrigado pelas informações. É realmente difícil encontrar o soro por aí.....agora, 500ml, todos os dias???? Pelo que os professores da USP me contaram, no máximo 120ml por aplicação e universidades dos EUA já falam em 80ml no máximo. Em casos graves, 2x ao dia. Pelo que sei, 500ml pode ser muito e ao invés de ajudar, irá danificar mais ainda o rim de seu gato. Pela minha experiência, veterinários mais antigos (e que não se atualizaram) prescrevem doses altas desse jeito. Cuidado!!! Quais os níveis de uréia e creatinina de seu gatinho? Lembre-se que a idéia é ir tentando livrar o animal do soro, dado a melhora nos níveis. O meu faz coleta de sangue a cada um mês e meio, dois meses, pois está mais estável. E hoje dou soro a cada dez dias, coisa de 100ml. Além disso, seringa (SEM AGULHA) de 10ml com água, de uma a 2x ado dia. Abro a boca dele e dou, para que consuma mais água.

Beatriz Levischi disse...

Os bigodes do projeto comem Farmina, Charito: http://blog.gatoca.com.br/2016/07/farmina-por-conta-da-casa.html.

Eutanásia é sempre um assunto polêmico. Acho que a gente deve levar em consideração a qualidade de vida do animal e o sofrimento envolvido, sem ser mole nem egoísta ― tarefa complicada.

Por que você não tenta a homeopatia: http://blog.gatoca.com.br/2016/04/curso-de-homeopatia-para-animais.html?

O ideial é separar os bichanos para comer, Adrignoli's. Aqui em casa, a ração não fica no chão o dia inteiro. E eles acostumaram rápido.

Obrigada pela dica, Arianek!

Heloise Farat disse...

Olá pessoal, tenho um anjinho lindo de 19 anos. Descobri a insuficiência renal dele há quatro anos. Desde então estou cuidando com ração renal e soro. Especificamente desde o começo do ano o meu docinho toma soro todos os dias junto com vitamina b12. Ele está muito bem, graças a Deus.

O nefrologista dele passou uma dieta caseira bem legal caso eu não encontre a ração renal do mercado. A dieta é a base de peixe branco, atum light (é aquele que fica de molho na água), fígado de galinha (mas em pequena proporção e de acordo com o peso do bichinho), arroz integral, purê de batata e mandioquinha.

Aline disse...

Aí que triste, meu gato faz cinco dias que está muito mal com a creatinina 17 também. Ele ficou dois dias internado e quando voltou chegou a comer alguma coisa ( ração da farmina também ), mas agora está se recusando a comer e a tomar água e a urina dele é puro sangue. Doi ver nosso bichinho assim. Chega a partirar o coração :/

Carlota disse...

e sobre hemodiálise? conhecem que já optou por este tratamento? estou com meu gato há 1 semana internado...o engraçado é que ele não está prostado, está tratando com soro e renadvanced. ele começou a tomar na terça a noite e na quinta como a creatinina não abaixou o veterinário sugeriu a eutanásia...um absurdo!!! não sabemos mais o que fazer

Beatriz Levischi disse...

19 anos, Heloise? Uau!

Você conversou com o vet, Aline? Com doença renal não dá para bobear. :\

Nunca ouvi recomendarem hemodiálise para gatos, Carlota, só para pessoas. Independente disso, ouça a opinião de outro especialista. É um absurdo indicarem eutanásia para um animal que ainda tem energia para lutar.

Carlota disse...

Pois é Beatriz um absurdo!!! o melhor é que ele esta reagindo...miando sem parar(não de dor),coisa que ele não estava fazendo,subiu nas minhas costas está querendo comer e tomar água.Vamos levar ele em outro Vet na quinta, em uma clinica Nefrológica para animais.

decorarideias disse...

Perdi hoje minha Soraia após 13 anos de muitas alegrias, comecei a perceber algo errado pelo hálito, moro no interior, onde os veterinários só "entendem" de cachorro, me disseram que era estômago, pois ela comia muito e vomitava, emagreceu muito, mas comia demais, o que passava pela frente, eu molhava sua ração ela comia, mas até roubar comida ela roubava, apesar de fraquinha continuava esperta, dei chá de erva doce, água de arroz, e por último um antibiótico, mas ela não se recuperou totalmente, hj estava igual, mas por volta das 23:00 percebi que estava muito fraquinha nao ficou mais em pé, eu a coloquei no colo e já ia para o veterinário qdo teve uma pequena convulsão, fechou os olhinhos e partiu no meu colo. Apesar de vir me preparando para esse dia, a dor é muito grande, mas sei que ela descansou... Boa sorte a todos os felinos dodóis. Forte abraço

Beatriz Levischi disse...

Mande notícias, Carlota. :)

Sinto muito, decorarideias! Sei que não serve de consolo, mas poder partir no seu colo foi um privilégio para a Soraia. Tome conta de você agora. :*

Carlota disse...

Oi Beatriz...infelizmente meu bebe (Raul) faleceu na terça.
fizemos tudo o que podíamos,porém o problema dele era multifatorial(pancreatite/ inflamação na gengiva) além da insuficiência renal.
levamos em uma clinica nefrológica muito boa (Renalvet) atendimento excelente tanto para mamães / papais quanto para os nossos bebes.ele teve uma melhora na Ureia / creatinina porém devido aos probleminhas veio a falecer.
estamos muito tristes mais certas que fomos muito felizes com ele e ele conosco.
agora tenho que cuidar do meu outro pequeno Platão,levarei nesta clinica pois eles também fazem um preventivo.

bjs

otávio disse...

"me ajudou em relação ao Fortekor 5. Também não conhecia e se minha gatinha precisar, com certeza vou dar pra ela"... cuidado! Fortekor é vasodilatador e portanto é broncoconstritor. Quem balanceia a dose entre essas duas funções da droga é o veterinário. Não é porque fez bem para a gatinha da Adriana, que vai fazer bem para a sua se administrada da mesma forma... se for será coincidência. Como vasodilatador vai baixar a pressão venosa central E A PERFUSÃO renal o que vai baixar a taxa de filtração renal agravando uma Insuficiência. Gostei deste blog e aprendi muito mais aqui sobre relacionamento cuidador/felino que em qualquer curso que já fiz. Só leio, nunca escrevi nada, mas dessa vez se não escrevesse seria um omisso. Continuem assim, os bichanos só vão ganhar. Áh! E tratar com chá de cana do brejo, aprendi aqui! Valeu!

Benja disse...

Olá. Alguém poderia dizer mais sobre o chá de cana de brejo? A pergunta é: Algum veterinário nefrologista indica? Ou um veterinário especializado em nutrição, homeopatia ou algo do tipo? Existem estudos sobre os benefícios e malefícios desse chá para os gatos?

Beatriz Levischi disse...

Sinto muito, Carlota! :\

Obrigada pelo aviso, Otávio! Fiquei feliz de saber que o Gatoca não te deixou na mão. :)

Também quero saber sobre o chá!

Isabela Lins disse...

Minha gata Xitara, 17 anos, sempre ativa e saudável, na madrugada do dia 01/09/2016 passou muito mal, corri para o veterinário e pelo hemograma foi comprovado insuficiência renal. Sua Creatinina deu 24 mg/dl e a Uréia 996 mg/dl, ou seja, estado muito grave, falência dos órgãos, sua temperatura estava 34.5. Os veterinários estão desacreditados, 4 deles recomendaram a eutanásia. Eu a amo tanto, mais tanto que já não sei mais o que fazer, estou desesperada, tentando encontrar uma cura. Minha filha é tão guerreira, está lutando no exame de hoje houve a Creatinina foi para 14,5 mg/dl e a Uréia para 950 mg/dl, mesmo com essa melhora, os veterinários me informaram que ela está entrando em coma, que seus rins entrou em falência.
Estou tentando de tudo, procurando especialistas mas ela está tão fraquinha, nem responde mais. De uns meses para cá, ela passou a beber muita água, mas continuou bem e se alimentando bastante, me sinto tão culpada por não ter percebido antes, de não saber que isso já era um sintoma.

Ninha disse...

Oi amigos infelizmente meu gatinho Felix foi embora, mas enfim meu bichinho descansou, passamos por muita coisa juntos e ele foi sempre um guerreiro em todos os momentos, vou tentar lembrar apenas dos momentos bons que passamos juntos. Ele teve momentos de melhora e alguns momentos de crise ficou muito magrinho, e começou a ter convulsões, foi perdendo os movimentos e acabou indo a óbito, mas não aguentava vê-lo naquele estado, enfim descansou e sei que deve estar em um lindo lugar. Moro em Salvador estou com alguns soro com lactato, seringa, equipo, tenho algumas vitaminas e medicamentos, se alguém tiver interesse e morar aqui entra em contato comigo que mando. 71-988166047 é whatsapp tb, fiquem bem queridos, sei que a luta é muito sofrida pra gente e ainda mais pra eles.Um grande abraço.

Unknown disse...

Boa tarde pessoal adorei ter lindo os depoimentos de vocês, como todos eu também estou passando por isso meu gato Teco tem 23 anos e agora descobri que esta com insuficiência renal leve 2.2 e estou meio perdida na minha decisão pois não gostaria de exteessar ele nessa altura da vida, nunca teve nada e depois de velhinho não levei mas ao veterinário pelo contrário a veterinária que vem em casa, e não sei se terei coragem de aplicar, então falei com a veterinária se posso fazer o tratamento apenas com a alimentação e ela disse que sim, mas gostaria de uma opinião de vocês que já vivem este mesmo problema

Anônimo disse...

Moça,
Está certissima em não querer estressar o gatinho, pois como fala o veterinario da minha gatinha, eles se estressam só de sair de casa. E ele já tá tão velhinho ne? A essa altura, se mudar a alimentação e ele aceitar (a ração renalvet da farmina é uma das que eles mais gostam), faça o que for possivel para poupa-lo de sofrimento =^^=

Beatriz Levischi disse...

Se a Xitara chegou aos 17 anos, você não deve ter cuidado mal dela, Isabela. Não se culpe. Os quatro veterinários que deram esse diagnóstico trabalham na mesma clínica? Onde vocês moram?

Sinto muito pelo Felix, Ninha! Se ninguém se interessar pelos remédios, doe para uma ONG. Não conheço nenhuma em Salvador para indicar, mas o Google pode te dar uma luz.

Eu também evitaria estressar um vovozinho de 23 anos. Vocês são de São Paulo? Homeopatia tem ajudado bastante os bigodes aqui de casa : http://blog.gatoca.com.br/2016/04/curso-de-homeopatia-para-animais.html.

Farmina é parceira do Gatoca: http://blog.gatoca.com.br/2016/07/farmina-por-conta-da-casa.html. Eu indico de olhos fechados. :)

Silvia Emerich disse...

Minha gatinha Jade de 03 anos tambem esta com problema no rim. Estou muito triste e sofrendo demais, tenho muito medo de perde-la. Ela vai fazer o exame de sangue amanhã para saber a gravidade do problema.

Emerson disse...

Hoje descobrimos que nosso Tikinho tá com insuficência renal... sério, não consigo pensar em perdê-lo, depois de 12 anos.

Lan disse...

Está fazendo um ano que minha Lilica recebeu o diagnóstico. Na época, o médico deu seis meses a um ano de vida. Na última consulta, disse que ela ainda vai longe. Não sei quanto tempo ela terá nem se vai morrer disso, mas desde o início temos lutado juntas: a ração especial, mesmo que mais cara, a fluidoterapia a cada 3 dias (feita em casa, depois de ter perdido o medo das agulhas), os exames a cada dois meses.
Hoje ela tem 17 anos e tenho certeza de que está feliz. Quando não estiver mais, vai doer muito, mas vou deixá-la ir.
Não desistam do tratamento nem desesperem. Façam o possível e não se culpem pelo impossível. O melhor nós já fizemos: demos um lar e carinho a nossos bichinhos.
Abraço a todos.

Beatriz Levischi disse...

Como a Jade está, Silvia?

Não desanime, Emerson. Tem bigodes que vivem bastante com o tratamento adequado. Lilica não me deixa mentir, né, Lan?

Alexandre Leal disse...

Obrigado a todos pelos esclarecimentos valiosos que postam aqui, a leitura das suas experiências está sendo um alento para mim. Minha gatinha, Ana Harolda, está com 16,5 anos e há algumas semanas começou a ficar muito mais exigente com a comida que o normal, esse quadro foi evoluindo até que já não aceitava mais nada. Até então pensei que fosse um pouco de capricho dela e como estava bebendo água e urinando normalmente, não pensei muito em problemas renais. Sempre ofereci ração de boa qualidade e, após certa idade, as "Vital Age", então estava mais preocupado com a Lipidose Hepática e por isso fui ao veterinário, onde fiz uma ultra que indicou: "Rins: Em topografia habitual, de contornos moderadamente bem definidos e regulares, com moderada diminuição da definição cortico medular, medindo aproximadamente 2,7 cm X 2,0 cm. ----- Senilidade? Nefropatia?".
O exame de sangue revelou a creatinina em 13 e a uréia em 292. Tudo isso foi descoberto hoje e amanhã retorno ao veterinário para traçar uma estratégia, onde não posso descartar a hemodiálise, provavelmente na Renal Vet, pois moro no RJ. Hoje começa a minha luta pela vida desse ser tão importante para mim, uma das coisas mais importantes da minha vida neste momento e em todos esses anos e embora esteja muito triste com tudo isso, tive as esperanças renovadas depois do que li neste blog. Nunca passou pela minha cabeça desistir da minha filha, vou permanecer ao lado dela pelo tempo que me for concedido e enquanto o sofrimento dela for menor que as esperanças. Obrigado mais uma vez, saudações a todos e boa sorte àqueles que ainda estão lutando. Não podemos desistir enquanto houver esperança. Vou procurar manter a todos informados.

Carlota disse...

Olá, Alexandre

entendo perfeitamente o que você está passando.
eu levei o meu Raul na Renalvet aqui de SP e recomendo muito! infelizmente ele faleceu pois o seu problema era multifatorial,se fosse somente os rins acreditamos que ele teria sobrevivido.



um abraço

shirley bruschi de abreu disse...

Não consigo encontrar a vitamina C injetável, alguém sabe a marca e onde comprar?

Beatriz Levischi disse...

Como está a Ana Harolda, Alexandre?

Pergunte ao veterinário, Shirley.

Benja disse...

Bom, pra quem acredita, todos os domingos um grupo espiritual socorrista (de São Francisco de Assis, se me lembro bem) vêm à Terra. Eles fluidificam a água (uma garrafa de água potável deve ser deixada cheia ao meio dia, hora do Brasil). Essa água deve ser dada ao animal doente, com o auxílio de uma seringa ou mamadeira, ao longo da semana. Trata-se de um remédio, meio que homeopático, pois é de uso contínuo e melhoras se observam com o tempo. Em troca você deve ler "O Evangelho Segundo o Espiritismo", de meio dia a meio dia e meio. Deve fazer isso todos os domingos nesse horário. Se não puder num domingo ou outro, eles continuarão fluidificando a água, desde que o motivo não seja banal. Caso não seja espírita, também pode-se ler a bíblia ou, caso seja de outra religião, leia algo sobre sua religião que pregue a moral, amor, bons costumes etc.
Aqui deu certo. Os animais enfermos melhoraram. E saibam que não existe milagre. Existe sim nossa fé (crença na melhora dos pequeninos) e a ajuda do plano espiritual, indiferente de sua religião.

Alexandre Leal disse...

Olá Beatriz e todos os amigos do gatoca. Ana Harolda está lutando bem e cada dia me dá mais esperanças. No último dia 23 ela ficou internada para receber medicação e, se fosse necessário, alimentação forçada via sonda enteral. A princípio ficaria três dias, mas se comportou bem e comeu espontaneamente, então o veterinário decidiu dar alta no dia seguinte. Ela recebeu hidratação venosa com ringer lactato, antibiótico endovenoso, foi medida a sua pressão, que estava boa, um complexo vitamínico (que ela odiou) chamado Glicopan Gold, Vonau Flash para enjôo, Omeprazol e Ômega 3. Recebi uma aula sobre como realizar a fluidoterapia subcutânea dia sim, dia não e a prescrição dos medicamentos para casa, que foram a ranitidina e o Vonau por cinco dias, a cada 12 horas, Ômega 3 e o Glicopan em uso contínuo, além da ração seca renal (Farmina) e ração úmida sem corantes. Está em casa há uma semana e bem atenta a tudo ao seu redor, saiu da apatia em que se encontrava uns dias antes do tratamento, porém, assustada com a nova rotina e os medicamentos, permanece todo o tempo dentro do armário. Está comendo bem pouco e somente á ração úmida, aceitou um pouco da Carmona e, por isso, não estou deixando direto à disposição dela, quero valorizar um pouco senão ela rejeita de vez. Ela sempre comeu pouco e era muito exigente, agora está pior, mas estou tentando moer a ração, misturar com a úmida, enfim, fazendo algumas experiências. Uma hora acerto. Semana que vem retornamos ao veterinário para repetir o antibiótico e na semana seguinte voltamos para os exames de rotina. Como disse, tenho muitas esperanças de continuar trocando experiências com vocês por muito tempo. Um grande abraço a todos.

Vânia disse...

minha gata tem 13 anos e um veterinário prescreveu ketosteril estou dando todos os dias juntamente com a vetlife e papinha de bebe nunca mais ela teve crise e ta comendo muito bem e engordando e ficando bem ativa de novo

Ester Lacerda disse...

O meu 100ml dias intercalados, Renadvanced cats de manha e de noite, e ração renal. Estava maaaaaaaaaaaaagro, halitose forte, eu chorava todo dia achando que ia morrer. Não estava querendo comer, eu tava dando comida na boca todo dia, agora ta comendo que tá danado, deu uma engordadinha, mínima mas deu. Primeira crise foia os 6 meses, crise braba, amanheceu sem andar. Agora tem 1 ano e 9 meses. Fez US e o rim dele é mal desenvolvido, e o que nasceu normal já está sobrecarregado. Segundo animalzinho que tenho com essa doença terrível

Kelli Gandolphi disse...

Oi Janis, passei por isso tbm flor...
Cheguei com meu gato com a creatinina em quase 9 e ureia em 450.... Três dias de soro, quando voltei o veterinario me disse que ele não tinha mais jeito não. Que era caso terminal e que era para eu pensar para ele não sofrer... Repetimos os exames e tinha subindo para 9,3 e quase 500.... Não acreditava no que estava acontecendo..
Fiz o que meu coração mandou, levei meu gato embora e para minha surpresa chegou em casa querendo comer e beber água...
Pensei comigo... Como pode um gato em fase terminal querer comer e beber .... Na hora levei em outro veterinario especialista em rins... Ele repetiu os exames e deram 3,7 e 230.....
Em resumo.... O exame tbm depende do laboratório... Isso foi um susto para mim...
Hoje me apego muito ao que vejo e sinto como meu gato está e não em tudo o que me falam....
Obs: me gatinho ainda faz tratamento subcutâneo, eu faço em casa e às vezes levo para um soro na veia com vitaminas etc....

Kelli Gandolphi disse...

Oi
Desculpe me meter, mas não acredite em apenas um veterinário não... Já passei por isso e me senti enojada, muito fácil falar para "matar" nossos filhos assim na boa...
Não sou a favor que ele sofra, muito pelo contrário, mas acredite, fale com outros profissionais, tem bastante coisa para se fazer ainda... Soro na veia, subcutâneo, Trocao de Racao, etc etc etc....

Beatriz Levischi disse...

Por causa dos enjoos, o paladar fica mais seletivo mesmo, Alexandre. Como a Ana Harolda está?

Ótima notícia, Vânia! :)

Poxa, Ester, que novinho... :\

Quando a gente duvida do tratamento, ouvir uma segunda opinião é essencial, Kelli.

Andreia Gomes disse...

Oi pessoal meu nome é Andreia Gomes,eu e a minha irmã ganhamos 2 gatinhos, srd ela ficou com o macho e eu fiquei com a fêmea,eles hoje tem 5 meses e a uma semana descobrimos que o macho que se chama thor está com insuficiência renal,estamos fazendo tratamento, porém o caso dele e muito raro,por favor se alguém pode ajudar me indique um neufrologista bom, e compartilhem o vídeo da campanha de thor bauer no YouTube,por favor galera qualquer coisa o meu email é gomestam2010@bol.com.br por favor me ajude.

Benja disse...

Oi Andrea. Vá à USP. Eles tem ótimos profissionais lá. A consulta custa apenas R$60,00. Um nefrologista de outro local te cobrará mais de R$300,00.

Carlota disse...

Olá, Andrea

se você for de São Paulo te recomendo a Renalvet na Heitor Penteado.

abs

Alexandre Leal disse...

Olá Beatriz, Ana Harolda segue fazendo a fluidoterapia e alterna dias em que está mais esperta com outros em que está mais sonolenta. Está comendo muito pouco e só aceita ração úmida comum, procuro oferecer as da Royal Canin por causa do baixo teor de fósforo, mas nem mesmo essas ela come em quantidade suficiente. Aprendi aqui no blog como se faz um patê com a ração seca renal (uso a farmina, pois é a que se desmancha melhor) e tenho oferecido com uma seringa de 10 ml. O problema é que ela sempre foi seletiva e sempre comeu muito pouco e agora está pior, então não tenho outra saída senão a alimentação forçada. A consequência é que ela está magrinha e em estado de alerta permanente. Vive procurando a parte mais alta do armário para se esconder. Como aqui em casa somos eu e minha esposa, combinei que eu seria o "policial malvado", sou eu que dou a comida, o óleo de peixe (ômega 3) e faço a fluidoterapia, assim ela fica ressentida somente comigo e permanece confiando na minha esposa. Estou pensando em tentar a alimentação natural com uma veterinária especializada em nutrição (Dra Sonali) aqui no RJ, espero que com isso ela possa vir a comer espontaneamente. Existe alguém com experiência nesse tipo de alimentação aqui no blog?

Benja disse...

Recomendo a USP, não a Renalvet nem outro local ou profissional que se auto intitule "renal". Os procedimentos são quase sempre os mesmos para um paciente renal. Seguem uma lógica. Ou seja, por que pagar mais caro? Custa em torno de R$400,00 a Renalvet, R$60,00 a USP. Sem dizer que os especialistas da USP tendem a ser melhores.....rssss....já que se reciclam. Já passei por especialistas que se dizem nefrologistas e a verdade é que na USP obtive o melhor retorno. Os demais apenas seguiam o "protocolo" para pacientes renais. Na USP investigamos o problema enquanto o profissional de uma clínica cara, a qual não irei citar aqui, apenas queria tirar sangue e acompanhar. Sem contar que quiseram internar meu gato sem necessidade (diagnóstico contrário à internação dada por outro profissional). Cuidado com as fábricas de dinheiro. Nessas clínicas especializadas tendem a te pedir um monte de exames e sugar o seu dinheiro (obviamente alguns exames são necessários).....infelizmente é isso. Cuidado!! Tem muito "profissional" ligado a essas clínicas" que ganham porcentagem do exame pedido se o mesmo é realizado na clínica. Tem muita sujeira no ramo dos pets. Já fui vítima e aproveito o blog para alertar à todos.

Benja disse...

Alexandre,
Já tentou o sache Royal Canin Renal? É úmido. Meus gatos gostaram bastante. Usei a seca Farmina por algum tempo. Depois comprei a Equilibrio Renal. Eles gostam mais. Também dou água filtrada na boca com seringa. Tipo, 10ml 2x ao dia, mas nunca depois das refeições (estômago está cheio). Ajuda a ir se livrando da fluidoterapia. Boa sorte!!

Alexandre Leal disse...

Sim, Benja, é incrível como ela é seletiva. Aparentemente o sachê da Royal Canin Renal tem o mesmo cheiro do sachê comum, mas ela percebe a diferença é não chega nem a tocar. Estou fazendo um patê com a Farmina seca misturada com um pouco de patê comum, para dar sabor, e ofereço em uma seringa. Ainda assim não posso forçar muito, se passo de 10 ml ela vomita, então tento dar mais uma ou duas vezes. Notei que de madrugada ela come a Royal Canin úmida, a normal, que tem os mesmos níveis de fósforo da Renal. Agora vou tentar a alimentação natural com a dra Sonali. Se ela aceitar e comer espontaneamente será uma vitória e renovará minhas esperanças. Vamos vivendo um dia de cada vez, uns bons, outros nem tanto, mas poder estar com ela mais um dia vale qualquer sacrifício.

Benja disse...

Olá Alexandre. Ótimo! Vc está se esforçando bastante. Para o vômito, creio que ela está tomando algum medicamento também, né? Leia a bula dos medicamentos. Alguns devem ser dados antes, junto com, ou depois da comida. O meu gato tomou um monte de medicamentos e alguns afetavam o apetite....mas são necessários. Uma seringa com água filtrada tb pode ajudar na hidratação. Mas dê longe da hora de comer (pelo menos 2h) pra que ela não vomite. Veja se ela aceita alface (ou grama de gato). Coloque uma folha de alface na frente dela e veja se come. Ofereça por uma semana, caso não coma, para que vá se acostumando com o cheiro. O alface ajuda no estômago quando estão mal. Sabe se ela tem aftas na boca? O veterinário deve ter falado. Caso não, veja vc mesmo. Se tem aftas tb não comem muito pq dói...continue com a papinha na boca. Foi o que manteve o peso do meu bichano qdo não queria comer. No mais, uma garrafa de 600ml de água, colocada no domingo ao meio dia em cima de uma mesa, nunca no chão. Peça ajuda a S. Francisco de Assis pontualmente ao meio dia de cada domingo, mesmo que vc seja ateu.....sabe, se não ajudar, não atrapalhará. Dê essa água com uma seringa de 10ml....não precisa encher a seringa no começo pois ela está debilitada. Abraço e boa sorte!!!

Rosalina Xavier disse...

Exatamente um ano depois do meu post ainda continuo na luta com o Zen. Mudei para Hills renal e contínuo administrando soro. Só que depois de tantos anos (5) ele é quem da a medida. Olha pra mim e paro. Agora ele esta em crise. Vou procurar AD e ministrar vit B. Está com dor, pois não quer q eu aproxime. Mas persisto. Amo meu filhote mais q tudo na vida!

Rosalina Xavier disse...

Obrigada Beatriz! Só agora li, um ano depois, mas nunca tarde!
Zen era tratado por uma vet especialista em gatos renal, depois q nos mudamos para minha cidade natal ou fim do mundo, ficamos órfãos!

Greice Alavarce disse...

Deveriam viver para sempre!!!😢

Greice Alavarce disse...

Oi Cialmar, entrei na internet para pesquisar sobre alguma alternativa em chá, além da alimentação e remédios. Este chá é confiável? Vou amanhã mesmo comprar. Pensei: tanta gente toma chá para os ruins, porque não nossos filhotes?! Obrigada

Greice Alavarce disse...

Que bom Beatriz.Entrei no link.Vou começar amanhã msm com o chá. Obrigada

Diego Faidel disse...

Nadia bom dia. Mjnha gata esta com o mesmo problema. Ja que vc tratou seu gato, gostaria qje me orientasse tambem. O veterinario passou um remedio muito caro, fora a internacao. Meu telefone eh 21973696386. Se alguem souber de algum tratamento, medicacao mais em conta. Me avise por favor

Giselle Lima disse...

Boa noite! Estou muito feliz por ter encontrado vocês, me deram esperanças! Tenho uma persa, Mylaidy,de 15 anos que foi diagnosticada com IRC, ela está internada desde ontem recebendo fluidoterapia. Já desidratei de tanto chorar, o prognóstico foi muito ruim, ela não come mais a ração, exceto o sache (estava dando da Royal canin renal). A veterinária chegou a falar em eutanásia, mas fiquei em choque com a notícia, não consigo pensar em fazer isso. A dosagem de uréia não foi feita, não sei o porquê, e a dosagem de creatinina está em 2,8. Enfim, amanhã vou ver se busco ela e já vou questionar sobre essa questão da fluidoterapia em casa. Tomara que dê tudo certo!

Benja disse...

Gisele, na boa, troque de veterinário. Todos os gatos param de comer a princípio. Você tem que forçar com a mamadeira pois não dá pra ficar sem comer nada. Depois eles vão se recuperando. Veterinária falar em eutanásia sem fazer os devidos exames de sangue nem USG? Tem certeza que é veterinária? Essa pessoa tem registro? exames de sangue+USG são o mínimo requirido pra ter uma idéia do quadr geral do bichano. A creatinina que vc disse está num valor bom.

Beatriz Levischi disse...

Você levou o Thor ao nefrologista, Andreia? Como ele está?

E a Ana Haroldo, Alexandre? Você escreveu para a Sonali? Tenho uma amiga que trocou a ração pela alimentação natural, com as instruções dela, e gostou muito.

A dica de dar água na seringa é ótima. Vou escrever sobre isso esta semana. :)

Tente a homeopatia com o Zen, Rosalina. Mal não há de fazer.

O chá deu certo, Greice?

Só o veterinário pode prescrever o remédio adequado para sua gata, Diego. Se você morar em São Paulo, os hospitais abaixo oferecem tratamento gratuito:

Hospital da Faculdade de Medicina Veterinária da USP
Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87
(11) 3091-1248
Hospital Veterinário Público da Zona Leste
Rua Serra de Japi, 168, Tatuapé
(11) 2936-4745
Hospital Veterinário Público da Zona Norte
Av. General Ataliba Leonel, 3194, Parada Inglesa
(11) 2478-5305

Você ouviu a opinião de outro especialista sobre o quadro da Mylaidy, Giselle?

Cynthia Narkunas disse...

Olá à todos! Perdi minha Tchuka não tem nem um mês (ela ia completar 19 anos de vida), problema renal crônico diagnosticado tardiamente. Quem ama seus gatos sabe que é uma dor que nunca cessa e a lembrança sempre fica. Há cerca de um ano ela apresentou os sintomas que todos relatam e perda das funções da pata traseira. Levei-a ao veterinário de confiança de mais de 15 anos. Mas, apesar de alguns exames terem sido feitos, o diagnóstico não foi preciso, tendo sido eliminado diabetes e câncer. E, apesar da idade, não foi dada atenção ao fato dela tomar muita, mas muita água, ter perdido peso e apetite, o que poderia sugerir a questão renal. Pois bem, neste último outubro, do nada ela começou a vomitar saliva, perder a função motora das patas, perdeu mais peso que o esperado e se alimentava mal.Levei-a a outro veterinário que constatou a creatinina super alta. Fizemos soro, mas no dia seguinte ela faleceu. Aprendi da pior maneira: pela dor. Dito isto, digo a todos os gateiros: confiem desconfiando....fui na confiança (era vet dos meus bichos há mais de 19 anos!!) e eu deveria ter pesquisado e me inteirado mais. Isso custou uma expectativa de vida que ela poderia vir a ter, e uma expectativa sem sofrimento. Hoje, estou redobrando os cuidados com meu gato e gatinha. Compro ração de qualidade, levo para fazer todos os exames, e agora, sabendo dessas rações mais saudáveis, irei optar por elas, a despeito do preço.
Adorei este blogger, foi ótimo me inteirar um pouco mais sobre essa doença, tao terrível e fatal, mas que me auxiliou a expandir um pouco mais o conhecimento para que eu possa agregar algumas alterações que farão toda a diferença na vida dos meus 2 corações.
Fiquei em dúvida sobre as rações secas. Como nenhum deles apresenta problema renal, posso optar pela N&D ou a Farmina renal pode ser dada sem restrições?
Abraços e parabéns pela iniciativa!!!

Alexandre Leal disse...

Amigos do Gatoca, infelizmente Ana Harolda nos deixou em 23 de outubro. A tristeza não acaba e faço das palavras da Cynthia Narkunas as minhas. Ela descreve precisamente como me senti e ainda me sinto, mas a vida continua e temos que seguir em frente e aprender com os acontecimentos. Tenho esperança de que o tempo apague esses sentimentos de culpa e as lembranças boas tomem definitivamente lugar, no fim das contas uma certeza prevalece: todos aqui fazem ou fizeram o possível por esses seres tão amados.
Saibam que esse blog foi muito importante para mim, pondo luz em muitas dúvidas que apareceram durante a minha luta pela vida de Ana Harolda e oferecendo o conforto por saber que nossos sentimentos são muito parecidos.
Desejo a todos muita sorte e, por favor, lembrem-se, não deixem que o sofrimento deles seja maior que a esperança. É difícil, muito difícil, saber exatamente quando isso começa a acontecer, mas é necessário que fiquem atentos, pelo bem deles.
Um grande abraço a todos.

Cynthia Narkunas disse...

Olá pessoal! Como já relatei, depois que perdi a Tchuca, estou "neurótica" em relação a meus outros 2 gatos e, pesquisando melhor sobre o assunto, descobri (pois desconhecia mesmo!!), a existência de clínicas voltadas exclusivamente para a questão renal. Acho interessante para inclusão no check-up anual uma visitinha nessas clínicas, mesmo que o vet diga "não precisa", pois gatos mais novos também desenvolvem a doença.

Como ainda estou em dúvida sobre a questão da ração, agradeço a gentileza se alguém puder esclarecer (se posso dar a Farmina Renal mesmo sem nenhum deles apresentar problema renal), ou se adquiro a N&D mesmo.

Grande abraço à todos! Permaneçam fortes e serenos para passarem segurança aos seus peludos, pois eles "sabem" e "sentem" isso, e mais, precisam para que os auxiliem nesse momento difícil.

Força!

Beatriz Levischi disse...

A ração renal não serve para prevenção, Cynthia. Melhor dar a N&D.

Sinto muito, Alexandre! Simba morreu um dia antes da Ana Harolda. O último mês de tratamento foi tão difícil que inventei o "Diário do Rei" para me forçar a enxergar as pequenas vitórias: http://blog.gatoca.com.br/2016/09/diario-do-rei-1.html.

E ontem publiquei um post para ajudar a poupar outros animais dessa doença silenciosa: http://blog.gatoca.com.br/2016/11/doenca-renal-7-dicas-que-podem-salvar.html. A repercussão foi surpreendente: 183 mil pessoas alcançadas no Facebook, 4,8 mil compartilhamentos e 19 mil curtidas aqui. :)

Weily Miranda disse...

Cloreto de magnésio minha ultima esperança para meus bichos

Anônimo disse...

ESPERANÇA NO FIM DO TÚNEL.


Pessoal bom dia.
Estou postando pois em outubro/16 entrei aqui e li todos os comentários, pois meu gato teve mais uma crise renal.

Estava com 16 de creatinina e 200 e pouco de uréia, além dos rins com tamanhos bem diferentes. Parou de comer
e já foi desenganado pelo médico do ultrassom e pelo vet, que já me disse que se ele comessasse a sofrer muito poderíamos sacrificar.

Eu fiquei mal, pois o Wolverine foi meu primeiro filho, tem 13 anos, e sei lá, amo demais ele.
Eu pensei: se ele vai morrer, devo aceitar, mas que seja com dignidade até o fim!
Aí comecei a pesquisar fobre formas de alimentá-lo. Resumo, comecei com uma seringa de 5ml que pouco adiantou, fui pra uma de 10 e há
um mês e meio estou na de 20ml. Dou uma e meia de uma vez ou duas com espaço de tempo de umas 2 horas qdo estou em casa.
De semana dou 5 da manhã e 6 da tarde (coitadinho) antes e quando chego do trabalho. Se dou de uma vez, ele vomita, então dou uma seringa,
depois de 20 minutos dou outra. Às vezes acontece de vomitar logo após, dou uns 20 minutos, e dou de novo!

No começo eu colocava uma toalha na frente e atrás pra ele não me arranhar, agora só cubro o peitinho com uma toalhinha.
E o que dou pra comer? Dou ração renal da Hills cozida com um coração de frango, ou metade de um dedo de frango, ou de carne, ou de fígado,
com mais meio dedo de ou cenoura, ou vagem ou batata ou abobrinha, ou dois juntos. Li no blog "comida caseira para gatos" algumas receitas
e que NÃO PODE fazer pra gato renal, mas gente, eu pensei o lance da dignidade certo? então, pô, se comida natural faz bem pra todos
pq nao iria fazer pra ele?

RESULTADO: Ele nao apenas sobrevivei, como engordou e está lá, firme e forte, saiu digamos do "coma" assima descrito, pq foi desenganado MESMO
e até pede água, arranha o sofá e pediu pra tomar um banho um dia desses. To muito feliz. Escrevi isso pois ler o que está aqui me ajudou,
então pode ajudar alguém. Li em ouro blog uma senhora que alimentou o gato 2 anos pela seringa até ele morrer. Mas meu, se meu gato ficar comigomais 2 anos, ficarei muito feliz. E assim gente, não fiz ainda novos exames de ureia e creatinina, mas quando fizer, posto. Se bem que sei que ele caminha para o fim, mas continuo pensando, que na nossa vida, no amor que temos por aqueles que amamos e por nós mesmos, doação e dignidade tem que ter até o final. beijoss
VIVIANE E WOLVERINE

Anônimo disse...

LUZ NO FIM DO TUNEL

Ah,... esqueci de dizer que nos dias em que não comia nada, até me dar o "insight" da seringa, ele tomava 250ml de soro. Foram 5 dias.

Priscila Scaranari disse...

Olá, estou na mesma luta de cada um de vocês, meu gato tem 18 anos, está internado há 4 dias sem melhora nos exames. Ele está com a creatinina 11 e a ureia 354, o vet desenganou ele, mas hoje ele está ainda na internação, um pouco mais ativo, e se alimentou um pouco, não acho que ele esteja em estágio da eutanásia, mas o vet disse que só dará alta se eu assinar um termo, e cada dia da internação nessa clinica que se diz popular custa 340.00 se ele ficou 4 dias la ja e nao teve melhora no hemograma compensa deixa-lo la? ou arrisco traze-lo para casa e tentar um tratamento caseiro e soro subcutaneo? Se ele estivesse muuuuito debilitado em fase terminal eu até faria a eutanásia, mas ele não está nesse estagio, e mesmo com a os rins entrando em falencia acho que ainda posso dar mais um tempo de vida e qualidade pra ele, o que vcs acham?

Benja disse...

Nessa clínica, ele está tomando soro intravenoso ou subcutâneo? O intravenoso costuma baixar mais rapidamente os níveis de uréia e creatinina. No mias, recomendo demais a USP. Se puder, vá lá. É baratinho (R$60,00). Uma idéia. Vá à USP sem seu gato, hoje, explique a situação a um veterinário e só depois decida o que deve fazer. Eutanásia só em ultimo caso mesmo. Quando ele estiver praticamente em coma.

Priscila Scaranari disse...

Ele tomou o intra por 4 dias, a creatinina de 11 baixou pra 10 e a ureia de 354 para 274, tirei ele de lá e estou dando o soro subcutâneo em casa, mais as medicações e ele não está melhorando.

Leticia soffredi disse...

Você faz a soroterapia em casa, tenho medo de agulha, mas vou ter que aprender...

Keisy Gazola disse...

Olá,

Quero saber o que é quando a creatinina está baixa (normal) e a ureia está alta?

Obrigada

Katlyn disse...

Olá.Meu gato é paciente renal e teve infarto em duas partes já dos rins,mas por incrivel que pareça ele esta estável e bem.Tem um medicamento que é natural que é o que ajuda muitoooo ele.SPRAY PRÓ - RIN.Vc pode espargir na boca do animal ou na água dele de duas a tres vezes ao dia.Ajudouuu muito ao meu gato.Faço sempre ultra dele e exame de sangue de 2 em 2 meses ou 3 em 3 meses.Eu não dava nada por ele por ser natural,mas eu costumo dizer que é milagroso.Fora isso encho meu bb de amor e inscrevo sempre ele num site espírita que faz tratamento e cirurgia a distancia.É só vc se cadastrar e fazer o pedido explicando o que seu bichinho tem.O endereço: www.lema.not.br .A fé remove montanhas.Tentem,não custa nada...Melhoras para todos os bichinhos dodóis do mundo.Amém.

Tatiane lsv disse...

Gente em todos esses comentarios só 1 pessoa faz uso do Renacats ou Renadvanced cats?? Esses remedios são poderosos. Mais da metade dos vet nao sabem deles. Procurem saber deles. O rencast baixou a creatinina e ureia da minha gata. Continuei com a Royal canin Renal pra ela (mas li em algum lugar q nao pode por mais de 6 meses, alguem sabe?). Agora quero comprar algo do Aeronales Fator Renal. Alguem conhece?? será q é melhor q esse Pro-Rim?

Unknown disse...

Boa tarde. Meu gato thom.. teve problemas renais.. levamos no veterinário e ele estava com obstrução.. foi colocado uma sonda.. voltou para casa bem.. depois de quase um mês.. ele n fez xixi.. levamos veterinário e tiveram que fazer cirurgia.. bexiga estava muito cheia e rins paralisaram.. noite teve uma melhora mais hj piorou. N sei informar esses níveis q vcs falaram.. ele está em observação.. resgatei ele em uma noite de inverno quando filhote... minha esposa sofre muito e eu q o resgatei sofro mais ainda pq ele q veio a mim na rua e subiu na minha perna.. n sei oque fazer.. se rin n voltar ele vai sofrer até morrer.. vejo comentários q maioria se n todos são mulheres.. estou sofrendo pq ele é um amigão.. me acordava cedo mordendo meu dedo do pé pra ganhar comida. Oque eu faço?

Benja disse...

É bem difícil mesmo.....já está sendo cuidado por um bom veterinário? Se sim, ótimo. No mais é ter fé. Se não confia muito em seu veterinário, leve na USP. Boa sorte!!! Tem a ASSEAMA e outras instituições do tipo tb. Se acreditar....

Josiele Lopes disse...

Eu acho melhor o soro na pele(subcutâneo)pois na veia judia muito...

Beatriz Levischi disse...

O cloreto de magnésio foi indicado por um veterinário, Weily? Não se deve "medicar" animais por conta, sob o risco de intoxicá-los.

Como está o Wolverine, Viviane? E a Priscila? E seu gatinho, Priscila? E o "amigão", leitor anônimo? Desculpem a demora para responder. Foi um fim/começo de ano conturbado. :\

Use scalp (branco, 19G), Leticia. É bem mais fácil do que com a agulha. E peça para alguém ajudar a segurar o bichano nas primeiras vezes.

Pergunte ao vet que pediu o exame, Keisy. Ele é a melhor pessoa para te responder.

Renacats e Renadvanced cats são suplementos alimentares, Tatiane. E Fator Renal Pet e Pró-Rim, remédios homeopáticos. Não tem limite de tempo para dar ração renal a um bicho doente.

Aplicação na veia só os especialistas podem fazer, Josiele.

Karolyne Gomes disse...

Olá, se alguém entender e poder me responder eu vou agradecer imensamente!
Meu gatinho tem 4 meses apenas, ele ficou o dia todo quieto e ele sempre foi agitado e brincalhão. Eu levei ele a dois veterinários onde o segundo internou ele no soro pq o gato tava desidratado apesar dele sempre beber muita água, então foi feito o ultrassom e o exame de sangue e o veterinário não me explicou muita coisa, pq eu já estava muito nervosa, ele disse apenas que os dois rins dele estão muito inchado e que ele vai ter que tomar uma injeção por dia, durante 5 dias e vai fazer exame de novo pra ver se melhorou, comecei a pesquisar e achei esse blogs, meu gato bebê bastante água, faz coco bem durinho, e é magrinho, mais come sempre apesar de nunca comer muito, mas come de hora em hora, eu tenho muito medo de ser isso mesmo, mais tô cada vez mais convencida, eu achei que ele tava doente por causa das linhas que ele comeu, o que também me assustava muito, o veterinário disse que uma lavagem ou se fosse mais grave, uma cirurgia o salvaria, eu não consigo pensar na possibilidade de perder ele, se alguém puder me ajudar por favor eu agradeço muito, pq já não sei oq fazer, será que o levo a um terceiro veterinário? O que fazer?

Beatriz Levischi disse...

Em que cidade/estado você mora, Karolyne?

Karolyne Gomes disse...

Eu sou de São Paulo próximo ao centro de SP, Beatriz.

Beatriz Levischi disse...

Leve o gatinho ao Natureza em Forma, Karolyne: www.naturezaemforma.org.br. A consulta tem valor solidário e os veterinários são de confiança. A ONG fica pertinho de você. :)

Michelli disse...

NO USA NINGUÉM USA ROYAL CANIN MAIS ELA É RAÇÃO DE ÚLTIMA QUALIDADE.NO BRASIL VENDEM COMO PRIMIERA LINHA

Dani Ribeiro disse...

Rajane nunca vamos acostumar com partida de um felino quem já perdeu sabe oque estou falando e uma dor inconsolável inconformaveu claro que com passar do tempo a dor fica vai diminuindo como se fosse guardada dentro de uma caixinha mais continua lá. E quem ama msm faz de tudo pra pronlongar a vida deles .faz 3 anos que perdi minha huruka de 12 anos .tenho mais 4 mais nenhum consegui substituir ela pois cada um tem um geito diferente de ser especial pra vc .

Anônimo disse...

Minha gatinha tem 5 anos e esta com taxas muito elevadas também:
URÉIA-345
CREATINA-10.80
Ela faz tratamento com soro e complexo b todos os dias e quando ela não toma se sente mal. Também tinha muitas feridinhas na boca por conta da doença e a veterinária dela passou um comprimido muito bom que ajudou bastante só que eu não lembro o nome. Outro remédio que ela esta tomando é o pró-rim que é de espirrar na boquinha dela que serve para o rim mesmo.
No começo o estado dela era bem ruim que achamos até que ela ia morrer, mas agora ela está bem melhor, em 4 dias os resultados dela diminuíram bastante (Não o suficiente, mas já estou feliz)
quase todo dia agora ela faz um cocôzinho, ainda não come mais ração seca,só os sachês e uma receitinha que minha mãe fez para a gatinha comer que é de fígado e fubá.
Estou preocupada agora com umas feridinhas que apareceram nas patas traseiras dela tipo no calcanhar, irei o mais rápido possível no vet. Bjs

Lucia mãe do Pretinho disse...

Cobavital 20mg dar 1/4 de comprimido para abrir o apetite,com acompanhamento veterinário.

Lilia Mello disse...

Você pode fazer o soro subcutâneo em casa. Tenho feito com o meu Tabinho ( que tem 12 anos e é nível 4 + complexo B + Fortekor (coração e rins) e tenho visto bons resultados. A veterinária me ensinou a manipular o aparato e ele ( que é um gato muito tranquilo) faz numa boa. Também dou frango cru em pedacinhos (depois de 3 dias congelado para não have problemas com salmonella). A qualidade de vida melhora.

Beatriz Levischi disse...

Notícias sobre a gatinha das feridas nas patas traseiras?

Gisela disse...

Apenas uma correção: papinha da Nestlé jamais!!!! Elas têm cebola e alho, duas coisas que causam anemia em gatos. Evitar ao máximo!!!
O meu idoso que tinha DRC (se foi em set/2016) no final só queria comer fígado (galinha ou boi) cozido. É péssimo pra drc (tem mto fósforo ), mas como era a única coisa que ele comia com vontade, a veterinária dele liberou. Ele já estava em fase terminal, então optamos pela qualidade de vida em vez de tentar a ração renal (que ele nem chegava perto mais). Também comia algumas rações úmidas, como Schesir e sachês da whiskas, mas bem pouco. Ele se foi pesando 2,2kg. Tive que coloca-lo pra dormir, pois o sofrimento dele era mto. Me senti péssima, mas foi meu último ato de amor a ele.
No final do ano passado, descobri que meu gato mais novo (tem apenas 4 aninhos) também tem DRC. Tive um baque, pq descobri isso apenas 2 meses depois que meu idoso se foi. Mas, como descobrimos cedo o prognóstico é melhor. Ele está no estágio 2, come ração renal com vontade e ainda não tem nenhum sintoma. Por isso não precisa fazer fluidoterapia e tomar remédios. Apenas dou cápsulas de Omega 3 todos os dias.

Vanessa disse...

Olá, tenho uma gatinha a Mimi que tem 15anos e está em tratamento depois de descobrimos que ela tem doença renal. Os níveis de creatinina chegaram a 8,8 e ureia 220 e agora baixaram para 5,1 e 136 no último exame. Ela está sendo tratada no Hospital Veterinário da FMU que fica próximo ao Shopping Morumbi em SP. Eles também cobram R$60 pela consulta e os veterinários são novos, mas delicados e atenciosos com gatos. Alguns exames também podem ser realizados lá e a ultrassonografia por um preço mais acessível. O atendimento demora, mas estou levando lá porque a USP fica longe para mim e pior ainda com o trânsito de SP, minha gatinha também odeia entrar no carro. Como descobri dicas muito boas por aqui, gostaria de repassar algumas dicas também para quem é de SP. Vou começar a dar o soro subcutâneo em casa e comprei hoje o soro em uma farmácia na Rua Borges Lagoa chamada Drogaria Nossa Saúde saiu R$4,60 soro lactato ringer (250ml), equipo R$1,99 e agulhas comprei na Cirúrgica SP por R$0,15 a unidade (também na mesma rua, lá tinha soro por R$5,00 e equipo por R$2,50). Exames de sangue e ultrassom recomendo a Núcleo Diagnóstico Veterinário (Santo Amaro) e a Provet (várias unidades, fui na de Moema), os funcionários são atenciosos e eles tem prática em fazer exames e os gatinhos sofrem menos. Ração renal tenho dado para minha gatinha a da Total Equilíbrio Renal e foi a única que li que tem probióticos (li que ajuda com a doença renal), a da Farmina ela não gostou. Bom era isso! Boa sorte para todos que estão enfrentando essa doença ruim e desejos de muitos anos de vida para nossos amiguinhos peludos!

Unknown disse...

Oi gente. . Minha gatinha tem 13 anos e foi diagnosticada em janeiro c IRA . Internou c creat. 5,9 e ureia mais de 100 .. Hj ela se encontra com creat 1.6 e ureia 70 . O veterinário disse que os índices estão ótimos, só a ureia q precisa baixar mais. Ela toma soro a cd 7 dias e como apenas a ração royao canin renal . Está muito bem, apenas perdeu peso, mas n tem anemia não. Estou observando isso. Deus proteja nossos anjinhos

Luiza Maria disse...

Infelizmente minha Bibi se foi ontem depois de 20 dias internada com creatinina e ureia altas.Foi tudo derepente,ela estava bem e começou a procurar lugares quentinhos pra ficar e também ficou sem querer comer.Ficou internada e tudo que poderia ser feito foi feito com muita dedicaçao amor e carinho, mas ela se foi e nos deixou muitas saudades. Como peguei ela da rua ja adulta calculamos que ja estava com uns 12 anos.Estamos sofrendo muito pois foi muito rapido.

denise aparecida disse...

Boa tarde a minha gatinha tem 13 na segunda foi constatado a doença renal a criatinina estava 15.40 e a uréia 304 ela vem tomando soro e vitamina B desde segunda todos os dias hoje falei com o veterinária que ela está piorando ela só dorme estou alimentando com seringa e água também, amanhã ela vai fazer novos exames, o veterinária falou que talvez o rim dela está parado o que você acha eu não queria perdela

Tatiana disse...

Boa tarde tenho 2 gatos com 18 anos com problemas renais.dou soro, mas eles não querem saber de ração renal só querem carne e frango, a veterinária fala que não é par dar mas será que vale a pena deixar os bichinhos sofrerem

Patricia disse...

Ola, minha gatinha está IRC, como vc fez pra fazer os exames na USP? Obrigada

Beatriz Levischi disse...

Na torcida!

Sinto muito, Luiza Maria! :\

Você pegou os resultados da nova bateria de exames, Denise Aparecida?

Compre cortes de carne com baixa quantidade de fósforo, Tatiana: peru, peito, coxa e sobrecoxa de frango, patinho e acém de vaca, filé mignon e lombo de porco, tilápia, viola, linguado, merluza e pescada.

Se informe direto no hospital veterinário, Patricia:

Hospital da Faculdade de Medicina Veterinária da USP
Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87
11) 3091-1248

rose disse...

Oi pessoal
que bom que posso compartilhar com vocês.
Espero que ainda esteja ativo.
Tem quase 10 dias que meu gato de 17 anos esta muito mal. Esta com barriga d'água e insuficiência real. Ficou internado 3 dias e agora esta em casa não que comer nada, só de seringa. Tá tomando um remédio para urinar e Fortekor. Esta com uma barriga muito grande e um mal halito que parece que engoliu um bicho morto. Mia muito. Não dorme. e não evacua. A médica mandou dar óleo mineral e dei e nada.
Não sei o que faço, vendo ele nesse estagio. Toda a comida é de seringa. Quem puder me ajudar.

«Mais antigas ‹Antigas   201 – 287 de 287   Recentes› Mais recentes»