.
.

13.11.14

7 perguntas e respostas sobre prisão de ventre

Cães e gatos também ficam com o intestino preso ― e não só por ansiedade, estresse ou depressão. Saiba o que fazer para dar uma forcinha

1. O que causa prisão de ventre?
Há várias explicações para que o animal tenha dificuldade de evacuar. Bigodes e focinhos são capazes de engolir coisas que a gente nem imagina, como pedras, chupetas, bolinhas de borracha, prendedores de roupas e partes de brinquedos. Esses objetos podem obstruir o intestino, assim como as clássicas bolas de pelos e até alguns tipos de medicamentos. Existe ainda o risco de as fezes grudarem na região anal de um bicho mais peludo, formando um "tampão" que impedirá futuras idas ao banheiro. Mas a principal vilã da prisão de ventre é a alimentação inadequada.

2. Como identificar os sintomas?
Um animal com dor ou cólica intestinal certamente se comportará de forma diferente, deixando claro que tem algo errado. Se ele tentar fazer cocô sem sucesso, a suspeita de prisão de ventre estará confirmada.

3. Há risco de morte?
Nos casos mais graves, sim. Se um objeto perfura a parede do intestino, por exemplo, causará uma infecção generalizada na barriga, matando em pouco tempo.

4. Qual é o tratamento mais adequado?
Algumas vezes, um simples laxante dá conta do recado. Outras, necessita-se de remédio para dissipar os gases. Há situações que só a cirurgia resolve.

5. Existem soluções caseiras?
Mel, mamão, aveia, azeite, óleo mineral, chá e outros alimentos que soltam o intestino de crianças também podem ser usados com cães e gatos.

6. Como evitar?
Oferecendo uma dieta equilibrada de fibras, proteínas, gorduras e carboidratos. É por isso que muita gente opta pelas boas marcas de ração. Elas concentram tudo o que os peludos precisam e na quantidade certa, poupando a barriga dos donos de passar horas no fogão.

7. Quantas vezes por dia o animal deve evacuar?
Depende da qualidade do alimento ― alguns bichos fazem até quatro cocôs por dia! Quanto mais ruinzinha for a ração, mais eles terão de comer para se sentirem saciados. E maior será o volume de fezes.

FONTE: Nivaldo Albolea, veterinário


* Texto escrito para a revista AnaMaria, da Editora Abril.

27 comentários:

Lizia disse...

A minha gata mais velha (Sophia) sofre disso... ela não tem mais os dentes e dou sachê da royal canin, e ela tb se alimenta da ração seca. Compro a melhor ração que tem... mas como ela não tem dente engole mto ar junto com a comida... e acho que é isso que dá gases e cólica nela... faço bastante massagem na barriga dela quando vejo que ela tá mto ruinzinha e ela gosta. Como poderia oferecer os alimentos sugeridos pra ela?
Bjos! Lizia

Beatriz Levischi disse...

A quantidade e frequência depende do tamanho do animal e do quadro clínico, Lizia. Converse com o veterinário da Sophia.

Adrina disse...

Lizia, faz abobrinha cozida bem molinha pra ela, meus gatos adoram. Só não pode colocar sal

Anônimo disse...

Gente alguém me ajuda, eu e minha mãe não estamos bem finaceramente e não tenho dinheiro pra levar meu gato num veterinário e ele não está conseguindo defecar, ele vomitou e está muito inchado eu levo ele no veterinario mesmo assim ? Pra ver se possivelmente eles possam me ajudar ? Oque eu faço?

Beatriz Levischi disse...

Leve urgentemente! Se vocês morarem em São Paulo, estes hospitais oferecem atendimento gratuito:

Hospital da Faculdade de Medicina Veterinária da USP
Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87
(11) 3091-1248
Hospital Veterinário Público da Zona Leste
Rua Serra de Japi, 168, Tatuapé
(11) 2936-4745
Hospital Veterinário Público da Zona Norte
Av. General Ataliba Leonel, 3194, Parada Inglesa
(11) 2478-5305

Ellen Dayane disse...

Gente o meu gatinho sofreu um acidente e tá meio ruinzinho pra defecar e tá sentido bastante cólica e eu queria saber o que eu posso fazer pra dar mais conforto pra ele? Eu já levei ele ao veterinário e está marcado pra voltar agora sexta feira mais mesmo assim eu fico com o coração na mão por ele tá com bastante cólica

Beatriz Levischi disse...

Que acidente, Ellen? Melhor você ligar para o veterinário e perguntar se o gatinho pode tomar algo para a dor.

Driele Alves Macedo disse...

Gente,preciso da ajuda de vocês..
Já fazem três dias que o meu gato está bem debilitado,infelizmente não temos condições de levá-lo a um veterinário.
Não sabemos o que foi, suspeitamos que ele tenha comido algo estragado.Ele está muito apático.
Nesse tempo ele não tem ingerido nada sólido,ingerindo apenas líquidos(leite, soro caseiro e água pura). Demos um laxante pra poder ajudar a liberar o intestino.Ele conseguiu evacua pouco coisa.
No momento ele não consegue nem ficar em pé, não tem forças pra nada.
Por favor, peço ajuda a quem entenda ou quem já tenha passado por essa situação. Alguém que conheça alguma emergência gratuita, localizada na cidade de Salvador.
Espero que possam me auxiliar nessa..

Beatriz Levischi disse...

Ligue para o CCZ e veja se eles indicam alguma clínica parceira, Driele:

http://bit.ly/2aZUyHH
R. do Mucambo, Vila 2 de Julho, Alto do Trobogy
(71) 3611-7310

Intoxicação é coisa séria. Sem socorro, o gatinho pode morrer. :\

Anônimo disse...

Gente tenho um gatinho sapeca de um aninho e pouco,ja é castrado há uma semana que não vejo fezes na caixinha dele,a principio pensei que ele estivesse com problemas e dei óleo mineral tem dia que parece que ele fez pois o anus fica meio sujinho,mas continuo preocupada pois não vejo fezes dele na caixinha..È possível que ele esteja indo fazer em outro local ?alguém com história parecida?trabalho dia todo a noite ele sobe no muro,mas não dorme fora de casa..O que me tranquiliza que ele continua comendo desesperado como sempre e brinca,mas sinto que ele anda meio sonolento..No momento não posso leva´lo ao vet.

Beatriz Levischi disse...

Gatos não devem ir para a rua ― os perigos são inúmeros. Neste post, tem indicações de empresas que instalam redes de proteção: http://blog.gatoca.com.br/2012/03/telas-2-motivos-e-11-empresas.html. E, aqui, dicas de enriquecimento ambiental para o bichano se divertir sem sair de casa: http://blog.gatoca.com.br/2015/02/xixi-fora-da-caixa-e-enriquecimento.html.

Nicolas J. Veiga disse...

Meu gatinho está vomitando e fica horas no banheiro e não consegue fazer nada, nem xixi e nem coco, é a segunda vez que isso acontece e estou bem preocupada, o que pode ser?

Beatriz Levischi disse...

Não dá para diagnosticar um bicho sem consultá-lo, Nicolas. Corra para o veterinário!

Guerrinha disse...

Olá , nunca criei gato e o meu apareceu com a tal prosão de ventre , é a primeira vez , mas aqui veterinário nõ tem , só amanhã , dei uns 3ml de laxante , "óleo de risino', vcs que criam , me mandem aguma dica , douglas.conveniencia@gmail.com (77)99959-3348 whatsapp
desde já agradeço a colaboração e informação de vcs !!

Guerrinha disse...

O gato acabou de defecar , o óleo de risino deu certo , de qualquer maneira gostei de conhecer o blog e farei mais visitas !!!

Beatriz Levischi disse...

Se acontecer de novo, é melhor levar o bigode ao veterinário para tratar a causa, Douglas. A gente não deve medicar sem a orientação de um especialista pelo risco de intoxicação.

Jessica disse...

Estou como lar temporário de uma gatinha de aproximadamente umas 3 semanas. Ela come bem, urina normal, mas sofre demais para defecar. Chora,sangra um pouco o ânus e agora faz 1 dia que não defeca nada. Troquei a alimentação pastosa por leitinho, ministrei azeite, fiz massagem, estimulei e nada. Vocês me indicam algum laxante?

Beatriz Levischi disse...

Só o vet deve receitar laxante, Jessica. As soluções caseiras são as do post. Mas, como a gatinha só tem três semanas, eu não economizaria a grana da consulta. A gente bobeia e eles morrem. :\

kris miyashiro disse...

Por favor, vcs poderiam indicar um atendimento veterinário gratuito em campinas, sp .? Meu gato tb está aparentemente com prisão de ventre

Beatriz Levischi disse...

Não sei se o CCZ de Campinas presta esse serviço, Kris, mas não custa perguntar: (19) 3245-1219. Tem também a lista de veterinários solidários da Arca Brasil: http://www.arcabrasil.org.br/lista-sp-veterinario-solidario.php. E você pode pesquisar as universidades públicas, que costumam oferecer atendimento gratuito à comunidade.

Anônimo disse...

Suspeito que a minha gata esteja com dipylidium (verme) e ela não está evacuando, isso tem alguma coisa a ver ??????

Beatriz Levischi disse...

Não dá para saber sem examiná-la. Leve urgentemente ao veterinário porque, se formou fecaloma, a gata pode morrer.

Esther Soffy Coelho disse...

Tenho um gato persa de dois meses, hoje quando fui limpar sua caixa estava sem coco, acho que ele está com prisão de ventre.Ele ainda está comendo e bebendo água normal, ainda continua brincando mais notei que está mais sonolento.Devo fazer o quê?É meu primeiro gato.

Beatriz Levischi disse...

Gatos não fazem cocô sempre no mesmo horário, Esther. Espere até a noite e, se a caixa continuar limpa, dê uma colherinha de azeite para ele. Amanhã, caso nada tenha mudado, leve ao veterinário. Filhotes são frágeis e podem morrer por qualquer bobeira.

Anônimo disse...

Bata a ração no liquidificador...

Maria do Socorro Rocha disse...

Bom dia!
Meu gato tem 4 anos e está debilitado. Vomitou uma vez e está com a barriga inchada. Não vejo fazer xixi, nem coco. Tenho dado agua, amoxilina, soro na seringa. Estou receosa. Não temos veterinário na cidade. O que faço?

Beatriz Levischi disse...

Não dá para diagnosticar um animal sem consultá-lo, Maria do Socorro ― e eu sou jornalista. Se o gatinho continuar ruim, leve-o a um veterinário na cidade vizinha. Medicar por conta é perigoso e pode matar.