.
.

29.5.11

Tendências bizarras – maio

Cavanhaque pode ser feminino. E charmoso! Quem discorda não conhece a Keka.


Outras tendências bizarras:
:: Bobe no ouvido
:: Orelhas assimetricamente serrilhadas

26.5.11

Pote de danoninho found!

Não foi fácil doar o Feijão. Nenhuma família parece suficientemente perfeita para um filhotão lindo, coleiro e ronronante. Sem contar que, dois anos de tentativas frustradas de adaptação depois, Jacob sobraria sozinho novamente. Mas não era justo tirar a chance do pequeno de ganhar seu pote de danoninho exclusivo, né? Principalmente porque ele já havia dobrado de tamanho aqui em casa.


Natalia e eu trocamos dezenas de e-mails, mensagens de texto e ligações telefônicas. A vida de quem tem 18 anos ainda vai passar por tantas mudanças que fica difícil imaginar um gatinho cabendo em todas elas. Eis que a brasiliense me surpreendeu com a resposta de que havia planejado a próxima década em São Paulo, coisa que nem as balzaquianas como eu costumam fazer.

O olhar do Jake vendo o amigo ir embora me partiu o coração (e depois dessa cena vieram os gritos durante tardes inteiras). Para terminar de ferrar tudo, Luigi odiou o intruso. Metade de mim queria voltar para o Alto da Lapa e sequestrar o peludo, enquanto a metade racional propôs ajudar no entrosamento dos bebês a distância... dando origem à dupla café com leite!


Feijão agora tem um parceiro de bagunça da idade dele e duas mamães estudantes. Arielly cursa odontologia na USP e Nat vai prestar o vestibular para medicina. Segunda-feira, eu passei lá no apartamento para buscar umas doações e peguei o figura esparramado no colo dela, com o motorzinho ligado no amplificador. Ufa!

22.5.11

Mais aniversariantes do mês – maio de 2011

Dessa vez eu não fiquei doente e as Gudinhas* finalmente tiveram uma comemoração decente. O pacote de bifinho acabou em dois minutos e, depois de ganhar ratinhos, foi todo mundo rolar no catnip. Até São Pedro colaborou, mandando um sol de presente que só parou de brilhar às 17h. Para dividir com vocês o que estes quatro anos significam para mim, eis um vídeo tirado do fundo do baú.


*Novelinha: Conheça a história das Gudinhas

Outros aniversários: 2009 | 2010

19.5.11

Táxi cat

Tremelique foi resgatado pela Susan, do Adote um Gatinho, e precisava de carona para ir ao neurologista durante a semana, em horário comercial. Como os jornalistas freelancers sempre podem trabalhar de madrugada, eu me ofereci para fazer a travessia São Bernardo-Vila Mariana-Campo Belo. Agora, o pretolino passará por exames para diagnosticarem a causa da tremedeira.

O objetivo deste post é mostrar aos corações de pudim novatos que existem muitas formas de ajudar (um prato de comida, uma caixa de remédio doada ou um banheirinho emprestado mudam vidas). Escolham a sua – e compartilhem nos comentários. ;)

17.5.11

É pique, é pique...

Bigode doado pelo Gatoca ganha festa de aniversário com bolo, vela e chapeuzinho. Há um ano, Vivi topou hospedar Lua e seus bebês temporariamente, porque nós estávamos superlotados. Mas a branquela conquistou seu coração, virou Marie e de lá só sai para ir ao veterinário. Reparem na concentração da Pupi para não errar o "parabéns".



Epopeia da Família Hollywoodiana na busca por um lar:

:: Como tudo começou
:: Susto
:: Conan cada dia mais "bárbaro"
:: Fotos de propaganda de ração
:: Batalha perdida
:: Doação tripla

12.5.11

Os ogros também repartem

Quando eu plantei a graminha que Maíra trouxe de presente para o Jacob, Feijão ainda não existia em Gatoca. Mas ela demorou tanto para crescer que o pequeno foi resgatado, aprendeu a abrir a porta do banheiro, passou a fazer parte da casa e não podia ficar de fora do banquete. Claro que eu coloquei o vasinho no chão com o coração retumbando no peito. Sorte que o gordo nunca me decepciona. :)


Passo a passo do plantio, com consultoria da Ju Valentini:

- Compre um vasinho furado, para facilitar a drenagem da água, ou fure qualquer pote plástico com um prego quente (cinco ou seis buracos resolvem o problema).
- Forre o fundo com pedrinhas, isopor picado ou cacos de cerâmica.
- Encha de terra vegetal (não precisa adubar).
- Despeje as sementes com a ajuda do próprio envelopinho ou de uma folha de sulfite dobrada ao meio, como se estivesse salgando a comida.
- Cubra com uma camada fina de terra (vale usar peneira).
- Regue todos os dias, de preferência com um borrifador, tomando cuidado para não desenterrar as sementes.

Obs.: Como os bigodes devoram a graminha que levou semanas para ficar "pronta" em segundos, coloque dois ou até três envelopes em um recipiente de aproximadamente 10 cm de diâmetro.

8.5.11

Aniversariante do mês e mãe em tempo integral

Os quatro anos da Guda* em Gatoca coincidiram com o fim de semana do Dia das Mães, rendendo este post "dois em um". E a sincronia não podia ter sido mais acertada, visto que a ex-barriguda rejeita quaisquer guloseimas e brinquedinhos para curtir as datas especiais em família. Deixo vocês, então, com a foto-reflexão de que mãe é aquela criatura que está sempre ao nosso lado, por mais maluco ou inconveniente que a gente pareça.

P.S.: A minha já morreu, mas retribuiu os girassóis com um pôr-do-sol de duas cores. :)

*Novelinha: Conheça a história da Guda

Outros aniversários: 2010 | 2009 | 2008

Especial Dia das Mães: 2009 | 2008

4.5.11

Veredicto

Lembram que eu atrasei a comemoração do aniversário da Clara 12 dias? E que prometi encher a peluda de mimos durante os 12 dias seguintes, publicando uma foto ao final do período para vocês decidirem se meu deslize estava perdoado? E aí?


Outros aniversários: 2008 | 2009 | 2010 | 2011 - parte 1

2.5.11

Festa em Sorocaba

Uma doação perfeita combina família amorosa, ração de boa qualidade, casa espaçosa e segura (de preferência, em bairro legal), dinheiro sobrando para petiscos, brinquedos e veterinário, e-mails com fotos e notícias do peludo.

Nas doações mais-que-perfeitas, a gente vira amigo dos adotantes e ainda é convidado para o churrasco de aniversário, com direito a cardápio vegetariano: salada, batata assada, pastéis de queijo e palmito e espetinho de queijo coalho.

Para ampliar, clique na imagem

P.S.: A festa era do Detlev e da Rose, pais da Pandora, mas a bateria da câmera fotográfica me deixou na mão. :\