.
.

28.7.11

Bebês de bigode

Eu não pari, mas já ganhei jato de diarreia do Mercvrivs na blusa, vômito da Chocolate na calça e tapa da Clara Luz na cara. Quem tem dúvidas sobre a maternidade deveria fazer o test drive com um bigode. Eles se põem a chorar do nada, torcem o nariz para petisco repetido, trocam brinquedos caros pelas embalagens, nos obrigam a levantar tropeçando de madrugada como se estivesse pegando fogo na casa.

E a gente aprende a dormir menos, lava mais roupa impregnada de pelo, encurta a viagem de férias (quando viaja!), perde o nojo a cheiros ruins e pastas de aparência duvidosa, carrega o telefone de dois veterinários de confiança na bolsa e zero clínico geral, não compra absolutamente nada sem pensar como será a "recepção" dos peludos. Isso tudo sorrindo, ainda que salgado.

22 comentários:

Pri - Cantinho disse...

Seu texto traduz exatamente o que passa uma mãe de bichanho!

E ainda assim, somos felizes e loucas por nossas espoletas.

Just J disse...

Ahahahahaha

É assim que eu me sinto! (passei e passo por cada coisa que vc falou).

E completamente f e l i z! \o/

Toca das Felinas disse...

Nossa! Falou e disse! Afinal, quem disse que mãe de gato não é mãe!!!
Beijos!

Daniela Tórgo disse...

É bem assim mesmo me identifiquei muito com a parte de acordar de madrugada e pular da cama no susto mesmo antes de acordar...um vez eu estava com as pernas enrrolada no lençol quando quando saltei da cama ao ouvir barulho alto na area de serviço, resultado cai de quatro ao lado da cama, e quase morri de tanto rir as 4:30 da manhã. Descobri que o segredo é manter o bom humor!

Marina disse...

Disse tudo! <3

Celene disse...

hehehe Verdade!

INSPIRAÇÕES disse...

A descrição perfeita da vida com filhos felinos


Feliz e boa demais

Sandra disse...

Falou tudoooo! Mãe de gato é sempre feliz!!!!

Rose disse...

Resumo: quem quer ser mãe (principalmente de um animalzinho, que nunca vai virar adulto) tem que ter disposição, bom-humor, algum tempo para dedicar ao pequeno e muito amor para dar. A recompensa é certa!

Thalita Dias Braga disse...

Resumindo o post em 1 palavra: PERFEITO!!!!

Laura disse...

Bia, vc descreveu a minha vida!! haha! Sem contar a preocupação constante com a saúde do bigode, né? E o pior de tudo?? Sou mega feliz assi e nao mudaria em nada!

Gloria disse...

100% certo! bjs, e bom findi

Veri Gravina disse...

Tudo por uma ronronada deliciosa as 6 da tarde, depois de enfrentar o mundo :)

Amo!

Laurelin Corsets disse...

Vc esqueceu de comentar que qualquer item de decoração "quebrável" q vc pense em comprar pra casa tem que ser pensado se vai ficar ou não no caminho dos bichanos. E que qualquer miado lamentoso ouvido na vizinhança (tipo o gato do meu vizinho q fugiu pela janela e ficou no pátio do prédio) faz vc levantar que nem um furacão, 4 da madrugada, procurando pra ver se não é nenhum dos seus q tá passando mal.

Prosopopéias Cintilantes disse...

Perfeito!
Sinto o mesmo. E olando para trás, vejo como eu mudei desde que eles chegaram na minha vida!
Bjs
Stela e Petetecos

Repositório disse...

Perfeito esse post! Amei!

Loraines disse...

É, aquela velha máxima continua valendo: Ser mae é padecer no paraíso!

Fernanda Almeida disse...

Exatamente. E ainda assim tem gente que acha que ter um peludo não é nada, não dá nem trabalho e nem é tão recompensador.

Dá trabalho como qualquer criança, e tantas alegrias e risadas como qualquer uma também.

Beatriz Levischi disse...

Eu escrevi no post que não pari, né? Mas Mercv, que está aqui no colo, parece não acreditar muito nisso.

Anna disse...

E quando pusemos o nome do blog de Mães de Felinos, chamaram a gente de malucas.... XD

Lyra Libero disse...

Eu diria mais, eu diria que a gente ainda ganha mordida na cara, bafejação no nariz de madrugada, inquilinos no cobertor, unhas afiadas "amassando pão" contra sua pele desprotegida, pêlos que ficam grudados até nos seus amigos (já aconteceu comigo!) e pedidos de atenção nas horas mais impróprias (quando você tá com visita, virando a madrugada trabalhando, tentando apagar um incêndio etc... mas a gente ama eles mesmo assim!

A Paraíso disse...

E o pior é que vicia!!! Depois do primeiro nunca mais somos as mesmas!
E damos por nós a mostrar fotografias dos nossos bigodes no telemóvel, a contar as gracinhas deles...