.
.

28.5.10

Anjo da guarda de bigodes

Sabem aqueles dias em que tudo dá errado e você adoraria poder voltar no tempo para se enterrar sob o cobertor? Pois ouse derramar uma lágrima em Gatoca e verás Simba trançando laços de carinho em suas pernas, como quem convida a retornar à batalha.

24.5.10

Mais aniversariantes do mês – maio de 2010

Refletir sobre a adoção em massa das Gudinhas* deve baixar a imunidade. Pelo menos essa foi a explicação que eu encontrei para ter ficado doente bem no dia da festinha das meninas outra vez. A nhaca começou no sábado, se estendeu pela madrugada e me fez passar o domingo no pronto socorro, sem conseguir respirar.

No caminho de São Paulo, bateu até um minipânico de deixar os bigodes órfãos – tudo porque o hospital da terra das batatas escolhe como plantonista um ginecologista! Preciso dizer que a comemoração de três anos das peludas saiu um fiasco de novo? :\

Jujuba

Keka

Pufosa

Pimenta

Pipoca
(Acreditem: isso é o mais perto que a gente chega dela!)

*Novelinha: Conheça a história das Gudinhas

Outros aniversários: 2009

21.5.10

Meu porquinho-da-índia

Quando eu tinha seis anos
Ganhei um porquinho-da-índia.
Que dor de coração me dava
Porque o bichinho só queria estar debaixo do fogão!
Levava ele prá sala
Pra os lugares mais bonitos mais limpinhos
Ele não gostava:
Queria era estar debaixo do fogão.


Manuel Bandeira

19.5.10

Sorte crescente

Lua era nova e provavelmente tinha uma família. Mas um dia apareceu em casa cheia e a colocaram para fora. Minguante, com os bebês ainda de cordão umbilical, ela se escondeu no fundo da caixa de papelão e se pôs a rezar para São Francisco.


Foi quando o guarda da rua me chamou. Atrasada para o trabalho e com cinco temporários encalhados, eu confesso que recusei a ajuda. Só que não consegui escrever uma linha de texto sequer, enquanto a Suze não ligou para dizer que havia enfiado os bigodes molhados de chuva no carro.


Começava a segunda parte da luta: encontrar um lugar para peludos até a adoção. Depois de muitos e-mails enviados (e zero matéria editada), Ana Paula indicou a Vivi, fã do AUG. As despesas continuam por minha conta, mas domingo os pequenos rumaram para a Lapa, onde seus olhinhos recém-abertos não precisam mais temer as estrelas.



Epopéia da Família Hollywoodiana na busca por um lar:

:: Como tudo começou
:: Susto
:: Conan cada dia mais "bárbaro"
:: Fotos de propaganda de ração
:: Batalha perdida
:: Doação tripla

15.5.10

Bigode agridoce

Apesar de ter sido devolvido pela dificuldade de adaptação com a família (bípede e quadrúpede) da ex-adotante, Jacob não gosta de ficar sozinho. E como cabeça vazia serve de oficina para diabo, mil passatempos adoráveis surgiram nesses três meses de regresso ao lar.


Primeiro, o tigrinho aprendeu a pular a janela do banheiro para entrar no meu quarto pelo jardim de inverno e comer a comida da Bolota – que assiste à ogrice do amigo passivamente. Depois, resolveu mastigar os sapatos da Mariana esquecidos fora do armário (dois pares viraram peneira!).


Ontem, matou outra lesma que fez cocô no seu potinho de água com requintes de crueldade. O motorzinho de ronrom, porém, continua igual. :)



Epopéia do Jacob na busca por um lar:

:: Como tudo começou
:: Prisão em Auschwitz
:: Escalador de pijamas
:: Insuportavelmente ronronante
:: Dueto felino
:: Beijoqueiro
:: Banho de sol
:: Presente de Natal
:: Escolha errada

11.5.10

Aprenda a cuidar de bebês... peludos!

No mês de maio, que tal estender seu instinto maternal a cães e gatos pititicos? Órfãos ou filhos de mães inexperientes, eles precisam de muito amor para desabrochar

:: Se você tropeçar em...

...uma barriguda

Leve-a ao veterinário para um check-up
A gestação, tanto de gatas quanto de cadelas, pode durar entre 59 e 63 dias. E o número de bolinhas peludas por mãe varia muito. Melhor estar preparada, né?

Dê comida de filhote
Com altos níveis de cálcio e proteína, a ração de bebê colabora para o desenvolvimento saudável dos fetos.

Instale a futura mamãe em um lugar protegido
Caso ela não se sinta segura, escolherá outro canto da casa para montar acampamento.

Acompanhe o parto
Se nenhuma cabecinha se manifestar após 12 horas do início das contrações, corra para o veterinário. O intervalo de nascimento entre um filhote outro também não deve exceder uma hora, para bigodes, e duas, para focinhos.

Fique de olho na alimentação dos pequenos
Falta de leite materno costuma estar associada a chorinhos freqüentes. Em ninhadas grandes, há ainda o problema dos bebês mais fortes se apossarem das melhores tetas, deixando os outros sem comida. Nas duas situações, vale recorrer à suplementação – caseira ou industrializada.

Ajude no desmame
Com 30 dias os dentes dos bichinhos começam a crescer e a amamentação se torna incômoda para a mãe. Ofereça ração úmida e, depois de duas semanas, passe para a seca.

Evite separar a família de uma vez
Doar os bebês para pessoas amorosas e responsáveis é uma atitude louvável, mas você também ficaria desesperada se perdesse a cria inteira do dia para a noite, certo?


...filhotes órfãos

Reproduza o aconchego materno
Vale apelar para a garrafa pet com água quente embaixo do cobertor, pegar emprestado da sobrinha um bichinho de pelúcia que lembre a mãe felina ou canina e até esconder nele um relógio de ponteiro para simular os batimentos cardíacos.

Amamente a cada duas horas
No mercado, há várias opções de substitutos do leite materno em pó (o de vaca é muito fraco para eles). E também dá para preparar a mistura em casa [receitinha abaixo]. Para facilitar a sucção, compre mamadeira específica para animais e jamais vire os bebês de barriga para cima.

Estimule xixis e cocôs
Após as "refeições", use um algodão seco para estimular o xixi com movimentos verticais (não pare até que o líquido amarelinho termine de sair!). E, na seqüência, umedeça outro algodão em água morna e massageie o ânus horizontalmente.

Incentive a transição para a ração seca
Com quatro semanas de vida, pode-se trocar a mamadeira pela ração úmida. É comum os pequenos passarem a comer e a fazer menos cocô nessa fase, já que a oferta de nutrientes aumenta, assim como seu aproveitamento pelo organismo.


:: 5 demonstrações de amor:

1) Medicar
Filhotes costumam ter pulgas e vermes, mesmo nascendo dentro de casa. Trate as pulgas com remédio específico, de uso externo, e os vermes com vermífugo em gotas.

2) Vacinar
Bebês de gato devem tomar a primeira dose da quádrupla aos 45 dias e mais duas com intervalos mensais. Para os cachorrinhos, a vacina correspondente é a déctupla (ou V10).

3) Castrar
A cirurgia evita problemas de comportamento, estresse causado pelo cio e demarcações de território. Também diminui o risco de infecções uterinas e o aparecimento de tumores. E ainda aumenta a expectativa de vida!

4) Telar
Bichinhos que vão para a rua correm o risco de morrer envenenados por um vizinho descontente, de parar sob a roda de um carro desenfreado, de brigar com outros animais, de pegar doenças graves.

5) Acariciar
Jamais economize apertões nas bolinhas peludas, porque elas crescem muito rápido!


:: Receita de leite caseiro (sucedâneo)

Misture os ingredientes, aqueça na temperatura de 37ºC, ofereça aos filhotes na mamadeira e guarde o restante na geladeira

* 200 ml de leite integral
* 1 gema de ovo
* 1 pitada de sal
* 1 colher de chá de óleo mineral
* 1 colher de chá de mel
* 10 gotas de vitamina B12 (encontrada em farmácias)
* 1 colher de sopa de água


* Texto escrito para a revista AnaMaria, da Editora Abril.

8.5.10

Aniversariante do mês – maio de 2010

Ontem, Guda* completou três anos em Gatoca. E, com a cobertura de férias na Abril, eu mal pude apertá-la. :\


*Novelinha: Conheça a história da Guda

Outros aniversários: 2008 | 2009

5.5.10

Próóó, próóóóó, próóóóóóóóóó...

Simba é tão tagarela que pergunta, responde e ainda comenta o próprio monólogo.

3.5.10

Lojinha especial de Dia das Mães

Que tal aproveitar a data para ajudar os bigodes que ainda não tiveram a sorte de ganhar uma família de comercial de margarina? Nos sites/blogs abaixo, vocês encontram presentes para todos os tipos de mãe. E de bolso! De sachês a gargantilhas de prata, passando por bolsas, colchas, canecas, blusinhas, almofadas, nécessaires e bonecos de biscuit, é impossível não gostar de nada. E o coração ainda vai dormir feliz de saber que 20% do valor da compra se transformará em ração, vacinas e remédios para os temporários de Gatoca – só não esqueçam de avisar sobre a parceria. ;)

BordaGato
http://bordagato.blogspot.com


Mopi Bichos
http://www.mopibichos.com.br


Patchwork by Célia
http://celia-patchwork.blogspot.com


Paula Guima Artesanato
http://paulaguima.blogspot.com


SilverKats
http://www.silverkats.com.br