.
.

2.9.10

Coração de pudim tibetano

Lembram da sem-noção que queria um bigode para acabar com a infestação de ratos em sua casa e da miss simpatia que avisou que não aceitaria ser "encomodada" depois da adoção, porque sabia se virar com animais? Pois a cada peludo anunciado aqui no blog, uma nova leva de desafiadores de paciência aparece...

Você ainda está com os filhotes brancos? Há algum com olho ímpar?
Não. Todos nasceram com os dois olhos mesmo.

O gato da minha tia amanheceu morto e nós acreditamos que foi por envenenamento. Ele era clarinho como os seus bebês. Eles continuam disponíveis?
Claro! Mando com o chumbinho embrulhado para presente?

Nós adoraríamos ficar com um dos branquelos. Temos somente pássaros e um papagaio.
Que desenho animado passava na sua TV?

Minha filha sempre pedia um bichinho, mas eu achei melhor esperá-la crescer um pouco mais. Hoje, com 8 anos, sei que ela é capaz de cuidar do animal sozinha.
Aposto que ela também consegue governar um país.

Nem precisa mandar o questionário de adoção, gata. Quando você nos conhecer, verá que somos pessoas de boa índole.
Vou pedir um empréstimo no banco para comprar o Ateneo com esse argumento.

Infelizmente eu não forneço meus dados por e-mail. Preferiria visitar o projeto de vocês em vez de responder um monte de perguntas que não condizem com minhas convicções. Adoção se faz por amor, não numa negociação.
O que suas convicções acham de distribuir esse amor todo na Praça da Sé?

*

Posso convidar o Dalai Lama para tomar um chá em Gatoca e discutir a paz mundial? rs

Obs.: Para não poluir o blog, as frases dos pseudo-adotantes foram devidamente adequadas à Língua Portuguesa.

31 comentários:

guto disse...

COMO TEM GENTE SEM NOÇÃO.OUTRO DIA LI UMA FRASE QUE SE ENCAIXA BEM :
"TEMOS DISCUTIDO MUITO SOBRE COMO DEIXAR O MUNDO MELHOR PARA AS PESSOAS. QUANDO VAMOS COMEÇAR A SER PESSOAS MELHORES PARA O MUNDO?"

Bella disse...

Olha Bia, só vc e Dalai Lama mesmo, eu não ia ter metade da tua paciência. Ainda bem que essa ninhada foi parar aí e não nas mãos de algum sem-noção como os que fazem essas perguntas. :)

Anônimo disse...

Nem todos já nasceram entendendo tudo sobre gatos. Qto tempo vc tem gatos mesmo? 30 anos?
Ah! por favor, eu entendo que existam pessoas que não entendam nada sobre gatos e com isso façam perguntas, mas usar o blog para criticar, quem no mínimo tem interesse em adotar...é absurdo. Enquanto o resto do mundo está trabalhando e ajudando animais, você fica criticando ou invéz de informar e instruir para que mais pessoas possam entender e adotar muitos e muitos animais por aí.
Eu acompanho o blog, mas não farei mais. Realmente foi pura decepção.
Então você atira a primeira pedra que nunca errou e nem fez perguntas absurdas sobre gatos?
Me desculpe, mas acho realmente um absurdo criticar ao invéz de instruir. E antes que você me pergunte se fui eu quem fez uma dessas perguntas, lhe digo que não. Mas se alguém me fizesse algum tipo de pergunta, terei a maior paciência em responder. Pois quando se trabalha com o interesse em ajudar, seja o que for, animais e crianças temos que deixar a prepotência de lado.

Fabiana Mopi Bichos disse...

olha, acho que algumas pessoas não entenderam a brincadeira... tenho certeza absoluta que a bia não respondeu assim pra ninguém. isso foi um balãozinho de pensamento, das respostas que realmente gostaríamos de dar. recebo cada mail absurdo de gente querendo adotar que realmente, se não levarmos na brincadeira, paramos de vez de analisar os questionários. podem apostar que sempre tento esclarecer as pessoas que não entendem nada de bicho, mas já briguei com algumas que acham que gato passear na rua é normal, que envenenamento e atropelamento são causas naturais de morte, e que não admitem esclarecimentos, pois se acham experts no assunto. já faz tempo que tenho gatos, mas, quando peguei uma cachorra, pesquisei o possível sobre como cuidar. mentes abertas podem aprender, mas quem insiste em ser obtuso não vai sair do quadrado nunca...

Anônimo disse...

Anônimo, acho que a Bia não teve nehum interesse em ridicularizar ninguém, até porque não cita nomes em nenhum momento. Mas vamos combinar, né ? Quem gosta e tem realmente interesse em conhecer sobre gatos, vai atrás, pesquisa na internet, conversa com conhecidos, enfim, faz o que a gente normalmente faz quando um assunto nos apaixona de verdade. O que vejo nos comentários destas pessoas é simplesmente uma ignorância aliada a um descompromisso com o animal. Ora bolas, quem tenta adotar um filhote quando seu gato acabou de ser envenenado merece uma surra de cinta, concorda ? Acredito no trabalho da Beatriz, e penso que ela está certíssima em defender os temporários de serem expostos a pessoas irresponsáveis.

Carina

Tia Tata disse...

Nunca tinha tido um gato. Quando pensei em adotar um, pesquisei bastante e conheci esse site. mandei e-mail para a Beatriz,que foi muito educada,respondeu todas as minhas dúvidasp(por mais idiotas que pudessem ser),me aconselhou e me ajudou a decidir pelo certo.Hoje tenho um gatinho lindo, mas que não era de Gatoca. Muito do que sei e faço por ele aprendi aqui...Continuo lendo o blog todos os dias. O problema é que existem pessoas que não entendem brincadeiras...Essas pessoas não farão falta nem no blog, nem em lugar nenhum...

Tati disse...

Quem acompanha o blog de verdade sabe o quanto Beatriz trabalha pela causa e informa as pessoas.
Há diversos posts com informações preciosas sobre os cuidados com os animais e muitas destas informações inclusive foram publicadas na revista Ana Maria, que chega a centenas de milhares de pessoas. Absurdo querer desmerecer tudo isso por não entender o tom de ironia do post.

Beatriz Levischi disse...

Caro anônimo, eu só tenho bigodes há cinco anos. Mas aprendi rápido que eles são como nós: adoram uma comida diferente, ficam felizes ao ganhar um cafuné na orelha, morrem de medo de tempestades, sentem saudade se a gente demora para voltar para casa. E mesmo quando nada disso fazia parte do meu mundo, jamais teria coragem de adotar um animal para caçar outro. Muito menos escolheria meu melhor amigo pela aparência. Mercvrivs está aí na lateral do blog, com sua frajolice vagabunda, para provar.

De qualquer forma, eu entendo que bom senso não é opcional de fábrica e esclareço todas as dúvidas recebidas (até as mais absurdas!) com a paciência tibetana que dá título a este post. Basta você ler os comentários do texto "Dicas para cuidar do seu gato", citando apenas um exemplo: http://gatoca.blogspot.com/2008/04/dicas-para-cuidar-do-seu-gato.html. No intervalo do serviço diário de consultoria gratuita, posso então me reservar o direito de escrever uma crônica que deixe a vida mais leve? Obrigada! :)

Veronica Gregório disse...

Quanto absurdo!
A do envenenamento foi demais!
Gente doida é o que não falta!
Ah, Bia o livro chegou segunda e já terminei. Adorei! Muito bom! Até li uns trechos para o Rodolfo:)
Obrigada pela linda dedicatória.
Beijos!

Jon Levischi disse...

Caro anônimo,
Não entender o desabafo dos outros é normal. Criticar uma pessoa pelo que ela é e como ela pensa, vai totalmente contra dizer que acompanha e reconhece o trabalho que ela faz.
Se você conhece o trabalho dela e o slogan "crônicas de bigodes", deveria entender o sentido das mesmas.
A idéia do blog nunca foi posts tristes, pedidos constantes de divulgação para salvar vidas ou dar um pouco de dignidade ao tempo que resta de cada animal resgatado.
Foi criado para ser um cantinho onde os 10 bigodes da Bia tivessem textos sobre suas peripécias que divertissem os leitores (interessados-não-pagantes).
Seria ignorante da minha parte dizer "o blog é dela, ela escreve o que quiser", mas por outro lado, querer privar conteúdo que segue exatamente o motivo pelo qual o foi criado, sendo que nenhum de nós paga um salário, uma mensalidade ou qualquer coisa parecida, seria muita hipocrisia.
Se o conteúdo não satisfaz mais o seu interesse, todos temos opção de começar um projeto do zero, como ela fez.
Sua revista preferida nunca publicou nada que te desagradou? Seu jornal? Sua série? Você os deixou de lado por isso? Mandou sua cartinha de reclamação?
Sinceramente, se você realmente admira o trabalho voluntário da Bia, não deixaria de acompanhar o blog.
A preocupação dela é com o bem-estar dos animais, não dos humanos que querem animais.
Qualquer coisa que ela fizer ou escolher, com certeza vai ser nesse intuito.
Se você prefere proteger os adotantes do que os adotados, realmente aqui não é o seu lugar.
Caso contrário, tenho certeza que esse mal entendido será desfeito e você continuará visitante, quem sabe até contribuindo da forma que puder.

Guiga disse...

Ai ai ai, esses anônimos... sempre fazendo do mundo virtual uma ringuezinho de merda!
Ainda bem que a Bia tem paciência de Jó e senso de humor... coisa que claramente o Anônimo não tem!

Obs.: cada vez que anuncio um bichinho pra adoção já me dá uma canseira só de lembrar desses emails sem-noção! Hehehehe!

Repositório disse...

Olha! Ontem me liga uma pessoa do meu próprio serviço pedindo se eu tinha uma gatinha adulta para companhia pro eu gato recém adotado. Eu achei normal. Mas quando ela disse que eles viveriam num sítio e a intenção era procriar para eles viverem no galpão infestado de ratos... sei lá! Pensei mil vezes e resolvi mandar para os protetores mais chegados para ver o que diriam. Fiz questão de dar telefone e tudo...aff! E o pior é que nem adianta perder tempo em explicar.
Quanto ao anônimo, releve. Uma pessoa que não sabe escrever e acha que é questão de prepotência fazer uma brincadeira com comentários que nem foram nominados... eca! Nem sei o que veio xeretar aqui!
Um beijo e parabéns pela Gatoca!
Amo!

Juliana Valentini disse...

Bia querida, santa criatura,
respire fundo!
E não deixe de notar que suas críticas (pertinentíssimas, por sinal!) estão postadas em blog de responsa, de sua autoria, com sua assinatura e e-mail para contato, que aparece publicado de vez em quando.
Já quem critica não teve o mesmo peito.
Um beijo grande,
Juliana.

Ju Cat disse...

Aff! Quanta gente doida! Ri muito:

"Nem precisa mandar o questionário de adoção, gata. Quando você nos conhecer, verá que somos pessoas de boa índole.
Vou pedir um empréstimo no banco para comprar o Ateneo com esse argumento."

Veri Gravina disse...

Bia querida,
Estou aqui do outro lado do world rindo no meio do trabalho com esse post. Eu imagino o que eh receber esse monte de pergunta maluca. Povo doidao! Tres pontos importantes:
1. Obrigada pelas risadas transatlanticas;
2. Se o banco te der o emprestimo, me avisa, que eu vou pedir tambem. Tenho certeza que eles vao me adorar quando me conhecerem ;-)
3. Que pena que nao posso traduzir esse post - sem perder a piada - e espalhar pelo escritorio.

Alem disso, obrigada por sempre responder as nossas duvidas com tanto amor!

Minha Kekinha manda um PrrrPrrr pra voce.

Daniela Tórgo disse...

Muito divertido. As pessoas são muito engraçadas!!!!!!!!!!

guto disse...

Interessante o ANONIMO dizer que "enquanto o resto do mundo está trabalhando em defesa dos animais..." Que resto do mundo é esse? Sujiro a esta pessoa visitar "www.holocaustoanimal.org"
e ver oque o resto do mundo , principalmente na China,está fazendo com os animais, isso se tiver estomago! Quem sabe abre a sua mente prá mais cruel realidade e perceba quem realmente é a raça humana, claro que não na sua totalidade, mas em grande parte.
Grato!

Alê Guerin disse...

Caro Anônimo
Eu sou protetora independente, tanto de gatos como de cachorros e escuto cada coisa de possíveis adotantes, q só tendo muita paciência para não surtar.
As pessoas ainda consideram os animais como um simples objeto, esquecem q eles dão despesas, vão envelhecer, precisam de cuidados. Eles não vem com botão de liga e desliga.
Eu tb sou muito criteriosa para doar os bichos q recolho, não é pq eles são estão para adoção, q vou doar para o primeiro q aparece. Sempre procuro pessoas q acima de tudo amem os animais e saibam respeitá-lo, pessoas q não se importam com raça, com cor dos olhos, com a cor da pelagem. Os meus bichos só saem da minha casa, para lares q serão muito bem tratados.

Li disse...

Bia e John, agradeçam aos seus educadores por tamanha educação, discernimento, bom humor e tantas outras coisas extrapoladas nestas duas respostas. Quanto ao anônimo... não merece uma linha já que não é capaz de distinguir brincadeira saudável de humilhação. Caso eu tivesse feito estas perguntas e recebesse a orientação devida seguida deste post confesso que riria muito da ignorância, afinal não são todos que tem essa chance.

Selise disse...

Bia, como disse no Twitter, não alimente os trolls! sem comida eles morrem rápido ahahha.
Que legal você por o link do abrigo Piccolina! É da minha cidade Natal, mas agora moro em MG

Anônimo disse...

Se o "resto do mundo" estivesse trabalhando em prol dos animais, Bia, Maria Helena (Araçariguama) eu (Araçariguama) e outros tantos protetores não teríamos 10, 80 e 12animais, no caso gatos, para cuidar pois o abandono seria beeeeem menor. Enquanto isso não acontece vamos dedicando a eles nosso tempo, dinheiro, e nas horas livres, cuidando de nós mesmas, porque, afinal, também comemos. Em troca, temos todo amor e gratidão do mundo que compensa qualquer coisa, até destemperança. Adotar e interagir com um bichinho faz um bem danado para qualquer humano.
Quem tem sabe.
Abs. a todos.
Ana Maria
Arçariguama

Bruna disse...

Bom humor sempre é bom, infeliz de quem não o tem.

Sei que não é assunto do post, mas entrei em um site de testemunhas de jeová (não me pergunte como) e me deparo com isso http://observandoomundo.org/artigo.php?cod=37
que absurdo, pensei que só poderia ser brincadeira... falam cada absurdo sobre os gatos!

Anônimo disse...

Pois é Bia...
Haja amor pelos bichos pra aguentar tanta gentinha ignorante.
Teve outra criatura que falou "se o gato unhar minha filha vou bater nele pra que aprenda a respeitar os humanos" kkkkkkkkkkkkk
É cada uma!!!!
Edward te mandou um beijo.
Hilda

Beatriz Levischi disse...

Eu sempre encho o peito para falar da fidelidade dos leitores do Gatoca. Mas vocês me surpreenderam com esses depoimentos inflamados. Obrigada pelo carinho! :)

Aproveito para ressaltar que o blog é aberto a críticas (sem censura!), portanto, ninguém precisa ter medo de assinar os comentários.

Cíntia (Tia Tata), diferente dos vendedores de sapato, um protetor de verdade fica feliz quando qualquer animal ganha uma família de comercial de margarina, não só os seus. Por isso a gente dá um jeitinho de ajudar.

Que bom que vocês gostaram do livro, Veronica. Tenho que pensar em outro concurso agora...

Selise, como você foi parar em Minas?

Quer dizer que a natureza do gato é "bestial", Bruna? rs

Hilda, manda o Edward dar um corretivo nela. ;)

Anônimo disse...

Nem todas as pessoas são dotadas de inteligencia e bom humor suficientes para entender as ironias da Bia. Ela está certissima em ler na entrelinhas das perguntas, para que certos adotantes querem gatos. Agora Anonimo me responda: Se vc fosse uma protetora, e recebesse um formulario numa sexta feira-13 de alguem chamado BRUXA ANONIMA pedindo um gato preto, vc entregaria o gatinho para adoção? bjs Bia

Maria Alice

Selise disse...

Bia, fui parar em Minas sequestrada pelo namorido!

Anônimo disse...

Fala Sério Bia... alguns dias sem aparecer por aki e já tem novidades, que blog cheio de emoção esse... rsrs... adorei todas as respostas, inteligentes e cheias de bom humor, como só vc sabe ter...
Quanto ao anônimo, não vale a pena, alguém covarde q aparece, escreve o q quer e não coloca o nome, não merece nossa atenção!!!

Ah, e a informação sobre os gatos no site dos Testemunhas de Jeová é falsa, pesquisei e o site é todo falso, não são testemunhas de Jeová que escrevem, são pessoas querendo denegrir a imagem da religião.

Bjinhus
Dani.

Beatriz Levischi disse...

Eu nem perdi tempo, porque sei que toda religião tem seus extremistas, Dani. Mas obrigada pelo toque. :)

Amanda disse...

Biloca, você deveria estar feliz, acaba de entrar para o seleto grupo dos que não são unânimes, assim como Jabor e tantos outros, até Jesus Cristo!! Que venham as críticas!!

E já que você está aceitando críticas, como ousa chamar meus frajolentos de vagabundos!! hauahahuha nós, preto-brancos somos totalmente aristocráticos!!! (tá, eu não sou gato frajola mas meu coração é preto e branco, entããããoo...)

Beijos querida, tem presente de NY pra vc ;) - eu não te esqueci!!!

Beatriz Levischi disse...

Presente de NY é muito chique, Amandica! Cadê? rs

Juliana Castejon disse...

Adoro o gatoca e me divirto lendo as peripécias dos bigodes aqui. E também aprendo muito sobre o cuidado com os animais.
É uma pena que os anônimos não entendam que quem tem a disposição de levar um animal abandonado pra casa, dar banho, comida e medicações, tem o direito de selecionar a quem ele será entregue, pra ter certeza que serão bem tratados.
Duvido que essa pessoa que quer deixar a filha de 8 anos cuidar sozinha do animal, pegaria um abandonado e trataria das sarnas e vermes. O que eles querem mesmo é pegar o animal cheirosinho, que quando se cansarem vão abandonar de novo.