.
.

10.3.10

Concorrentes ao Oscar de melhor carinho

* Japonesinho (o preferido do Simba)
Alisada com impacto nos pêlos da cabeça, repuxando os olhos para trás.

* Colar de unhas (o preferido da Clara)
Raspadinhas múltiplas ao redor do pescoço, acionando o motorzinho de ronrom.

* Foguete (o preferido da Guda)
Passeio de dedos pelo papo, obrigando o focinho a mirar o teto.

* Amassa e joga fora (o preferido da Pimenta)
Deslizada das mãos pelas bochechas, culminando num esmagar duplo de orelhas.

* Levanta buzanfa (o preferido da Cho)
Cócegas simuladas na lombar, transformando o rabo em ponto de exclamação.

* Pano de chão (meu preferido no Mercv)
Massinha frenética na barriga, correspondida pela massinha aérea patal.

12 comentários:

Adrina disse...

Muito bom! aliás, consegui identificar todos aqui em casa...

Norma disse...

Ooooooooooo delícia!

O Chantilly prefere, de longe, um que não está na lista: tapinhas! Vários tapinhas no bumbum, de leve, com as duas mãos, e ele sai andando todo reboloso, e depois volta para pedir mais.

Michelle Moreira disse...

Hahahahaha.. Olha Beatriz, tá na cara sua preferência pelo Mercv..kkkk
Mas não a culpo por isso, ele é mesmo irresistível.
Os meu Fran gosta de esfregada do meu nariz no seu focinho, sai todo rebolando, mas é safado demais.
O Ravi, gosta de esfrega, esfrega no bigode.
A Nicole coça coça na barrigona.
Lino, esfregança na lombar.
Theo, coçadinha na pancinha.

A julie, adora carinho no queixinho e pancinha.
Nestor, adora mesmo que use a rosqueadeira em todo o corpinho de Garfield dele.
Oswaldo, na verdade não curte carinho, só qdo ele quer...mas como é birrento e azedo, é nas raras horas.
Do contrário é dentada na certa.
Cada um é cada um...vai entender..kk

Beijos
Michelle

Guiga disse...

Levanta Buzanfa é o preferido aqui em casa! Hahahahaha!
Adorei os carinhos categorizados!

venuss disse...

Aqui em casa temos a modelidade 'ressuscitação': é qdo a Dodô se joga no chão de repente e a gente precisa fazer carinho nas costelinhas, perto do coração. Quase uma massagem cardíaca pra ela conseguir levantar de novo.

Juju disse...

Chocolate! Chocolate! Chocolate! Chocolate! Chocolate! Chocolate! rs...

camila disse...

em casa eles gostam da "centrífuga": com as duas mãos, coçe freneticamente da cabeça ao rabo, com eles em pé....é engraçado que os três fazem até fila!

Carol Costa disse...

"Massinha aérea patal" soa quase como um termo técnico!

Carol Costa disse...

Ah, aqui em casa tenho o "Em cima, embaixo, puxa e cai", preferido da Lua. Sempre termina com ela despencando da mesa ou do sofá.

Rosângela disse...

Preciso contar algo muito triste para alguém, acho que você vai conseguir entender... Sexta passada cheguei em casa com o carro e fui recebida, como todos os dias, com muito carinho pelo meu gatinho Juarez, lindo, gordinho, a coisa mais fofa e o caçula da família. Depois que saí do carro, ele demorou a aparecer, eu chamei várias vezes e não vi. Fui em direção ao portão já falando "foi pra rua, né? não sabe entrar, lá, lá, mamãe abre pra você". Vi meu pequenino preso no vão do portão automático e não acreditei. Sei corpinho já estava mole. Abri muito rápido e ele desfaleceu, tentei ouvir seu coração e nada, fiz massagem cardíaca, começou a bater fraquinho, saí correndo para o veterinário, rezei, rezei, ele fez tudo que podia, injetou algo no coração, fez massagem, respiração boca-boca. Meu bebezinho partiu, sinto-me culpada, arrasada. Por quê não tive mais cuidado? Por que isso tinha que aconteceu comigo, que amo esses bichinhos tanto. Queria saber se essas coisas já aconteceram com alguém, se é possível sarar de tanta tristeza e culpa. Quando olho para meus outros dois bebes de bigodes, fico perguntando se mereço tê-los comigo e que tipo de pessoa eu sou, que deixa morrer um filho desse jeito tão estúpido.
Desculpe contar isso, não falei à ninguém, só para meu esposo, pra quem liguei dedesperada e que ficou igualmente desesperado. Mas meu coração está um caco.
Rosangela (aquela que morava em Pirassununga e anda sumida).

Beatriz Levischi disse...

Você pode ganhar uma grana com essa "ressuscitação", Venuss! rs

Carol, como eu fui privada do "em cima, embaixo, puxa e cai" da Lua todos esses anos?

Infelizmente, você não é a primeira pessoa a perder um bigode assim, Rosângela. Eu sempre brinco que gatos não têm senso de auto-preservação. A gente precisa se preocupar em dobro com eles. Sinto muito pela partida do Juarez. Espero que ele vire uma estrelinha bem brilhante.

Paula Guima disse...

The Oscar goes to.... Foguete!! aqui em casa é sucesso absoluto!!

beijoooo