.
.

6.9.09

Carta ao Papai do Céu

Ontem, soube que o Léo havia virado estrelinha. Ele foi resgatado pela Patrícia em 2007, passou por vários lares temporários (ficou até hospedado em Gatoca) e acabou adotado pela Isabel, que fazia questão de nos convidar para suas festinhas de aniversário, todo o mês de março.

Léo tinha câncer e em agosto a veterinária sugeriu a retirada da mandíbula. Sem perspectiva de cura, Isabel preferiu deixá-lo curtir inteiro mais um pouquinho das irmãs felinas, do colo da avó e dos sachês Sabor & Vida.

Depois de uma vida cheia de sofrimento, o leãozinho precisava morrer na melhor parte? A idéia de carma no mundo animal não faz o menor sentido para mim...

15 comentários:

Paula Guima disse...

Agora o Léo vai brincar no quintal de São Chiquinho, onde não existe dor nem abandono... Brilha, brilha Léozinho!

Fabiana - Mopi Bichos disse...

o que sempre falo nessas horas é que com certeza ele teve a melhor vida no pouco tempo em que ficou com a Isabel. sempre fico pensando no destino muito, muito triste desses bichinhos se ainda estivessem na rua, sem nenhuma assistência, nem sachês...

Gata Lili disse...

Com certeza, ele está num canto muito melhor do que este em que vivemos e protege todos aqueles que o amaram. ele é um anjinho agora...

Jon Levischi disse...

Não faz, mesmo...

Gatinhos de toda parte disse...

Léo foi meu primeiro resgato

O primeiro gato que resgatei, tratei e doei

Ele me apresentou a pessoas lindas que passaram a fazer parte da minha vida de forma muito especial

Ele me mostrou que não adianta ter pressa, tudo tem a hora certa de acontecer

Léo conseguia ser, ao mesmo tempo, um leãozinho bravo e um gatinho dócil

Rosnava e fazia carinha de bravo. Ronronava e fechava os olhos quando ganhava carinho

Meu leãozinho querido encontrou a melhor família do mundo

Sempre achei de que não havia niguém melhor para ele do que a Isabel

Hoje, depois de tudo que passamos nas últimas semanas, tenho certeza disso

Léo foi amado e feliz como todo gato deveria ser

Só queria que tivesse sido assim por mais tempo

Posseidon disse...

...também prefiro pensar que Léo teve uma "melhor parte". Que poderia ter sido ruim o tempo todo...

Sei que nessas horas toda a tentativa de consolo parece inútil e chega a ter efeito contrário, mas Léo soube o que é o amor.

Beijos no coração de Pudim

GATO FACEIRO disse...

Ora...que aperto no coração.... abraços

Marisa Pimenta disse...

Nossa fico tão triste qdo sei q um gatinho se foi. Ele deve estar bem, mas nossa vida fica mais vazia, principalmente de quem o amava. Essa é a parte triste de nos apegarmos a estes bichinhos tão queridos. Certamente outro vai preencher o lugar dele, mas nunca tomará o seu lugar.
Bjks

Guiga disse...

Eu sempre choro quando sei que algum bichinho virou estrelinha. Já passei por isso duas vezes e passarei por isso mais umas 14 vezes. É triste demais!
Mas concordo com a Fabiana: "sempre fico pensando no destino muito, muito triste desses bichinhos se ainda estivessem na rua, sem nenhuma assistência". Aí eu choro que pelo que foi embora, mas mais ainda pelos que estão por aí.
Vai com deus, Leozinho!

Cynthia disse...

Fiquei com o coração apertado!não dá pra entender! o que conforta é saber que ele não sofre mais! e agora corre feliz, ao lado da minha nina...vou correndo fazer uma declaração de amor pra Milela, dizer que eu sou MTO feliz por ser mãe dela, que amo minha malela de montão e que ela não se atreva a ficar doente no melhor da festa e já volto!

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

:'( sem palavras aqui. Abraço apertado em vocês fizeram do Leo um anjinho mais feliz.

Ms. Anabela disse...

Oi, Bia.

A minha mais velha foi embora na segunda, 31/08. Foi uma coisa tão doída, tão maluca e sem sentido que resolvemos - eu e outra mãe de gato - abrir um blog para trocarmos idéias, receitas, nomes de vets, histórias. Acho que fizemos isso pra não ficarmos malucas e darmos um sentido ao que nos aconteceu.

Linkei vc lá, tá? Se um dia tiver tempo, escreve pra gente. maesdefelinos@hotmail.com
www.maesdefelinos.blogspot.com

Beijos e um abraço sentido.

Michelle disse...

Aff, nem pra mim..:(
Agora estou achando que o nome Leo, tb não deve ser bom. Incrível o meu gato era Leo, e amarelo..e faleceu em maio deste ano..tb depois de ter sofrido horrores com outra dona. Hunf.
Fiquei triste agora...

Cristina Aparecida disse...

Estou muito triste em saber que o Leozinho virou estrelinha. Acompanhei sua história e de longe te amei. Fique em PAZ LEOZINHO. Felizmente vc se foi ao lado de pessoas que o amaram e amam muito e cuidaram de vc. Não tem como não chorar. DEUS abençoe vcs que cuidaram do Léo com tanto amor e carinho e lhes dê o conforto.

Patrícia disse...

fez 1 ano...

:´(