.
.

27.8.09

Maturidade

Jujuba não tinha a menor noção de espaço quando era pequena. 80% dos estrondos que ecoavam pela casa vinham das colisões de sua cachola com objetos estáticos. Dois anos depois, a cabeça continua dura, mas aprendeu a fazer curvas.

10 comentários:

Jon Levischi disse...

Figura essa gatinha! hahaha

Ivana disse...

Que linda que ela é!

Rose disse...

É o que acontece com as pessoas também. [:-)]

Maira disse...

fofa essa gatinha!!!
Bjs

Guiga disse...

Trinta anos depois, eu ainda não aprendi a fazer a curvas! A Jujuba tá indo bem!

Nana disse...

Jujuba:
O Zé (que aliás é bem parecido com vc) tbém ainda não aprendeu não... rs Srá mal de vaquinha?
Vc é Muito lindinha!
Bjs e bom final de semana para todos!

Mariana disse...

Pena que essa foto não favorece seu rostinho lindíssimo c/ a mancha preta no meio do nariz. Jujuba é uma frajola prá lá de maravilhosa.

Lorena Rocco disse...

olá beatriz!
Não sei se vc curte muiito, mas to passando um selinho para ti! Passa lá no meu blog e pega, viu?
bijO*

Posseidon disse...

Que linda essa foto!!! Tá certo que a felina ajuda, mas a fotógrafa sabe do que está fazendo.

Esse lance da maturidade é assim. Vem com o tempo de cada um. Importante é saber que ela chegou e reconhecer a sua importância.

Bom é saber que existe alguém que te apoia, independente do tempo de sua maturidade. Bom é saber que um carinho pode durar tanto tempo.

Beijos no coração de pudim! (hummmmmmm, nham nham nham que docinho!!!)

Vivian Fiorio disse...

A Lilith aqui em casa também cultua esses deuses estranhos. Diz a lenda que se deve pedir proteção dando o máximo de cabeçadas por aí... se os objetos forem duros vale mais pontos.