.
.

23.3.09

Notícias de Curitiba – parte 4

4 de março de 2009

Desisti de administrar as encrencas que Merlin conseguia aprontar com um focinho diferente a cada dia, para quebrar a monotonia. Miti, o akita, até gostou de ter um parceiro de brincadeiras, só que Hime que não curtiu nadinha a idéia de dividi-lo com o intruso. E Severina sentiu falta dos amigos, isolada na horta.

O figura aprendeu, então, a se divertir sozinho, perseguindo os passarinhos que aterrissam no terreno e provocando o cachorro do vizinho. Nem pede mais para sair. No domingo, convenci a Sev a lhe fazer uma visita. Mas depois do quinto “cain”, achei melhor socorrer a companheira de folguedos.

Infelizmente, os florais de Bach não amenizam a força do destrambelhado. Com os exercícios diários de corrida no espaço de 400 m², aliás, Merlin está ainda mais musculoso e sarado. Quando a agitação toma conta, porém, basta acarinhar as orelhas para que ele deite e feche os olhinhos. Uma paixão!

Semana passada, o bebezão desencavou um pedaço da sua camiseta e carregou para cima e para baixo, por um bom par de dias. Vou mandar teus beijos. Ele ficará feliz.

Um grande abraço!

Miharu

* FIM *

Para ampliar, cliquem na imagem
(Da esquerda para a direita: Merlin se divertindo com o nó de corda ganho da Mari; trilha feita nas brigas com o cachorro do vizinho; vaso de plástico que virou brinquedo; Severina, a cara-metade na falta de noção; ataque de meiguice.)


Epopéia do Marley na busca por um lar:

:: Como tudo começou
:: O dia da castração
:: Cão antifurto
:: Destruição em massa
:: O macho alfa
:: Tentativa de assassinato
:: Aberta a temporada de passeio!
:: Felicidade nas pequenas coisas
:: Coleta seletiva de lixo
:: O primeiro banho
:: Marloca
:: Experiência com florais
:: Separando remédios e guloseimas
:: Vida em sociedade
:: No limite!
:: Adestramento, faça chuva ou faça sol
:: O primeiro banho fora
:: Cão em fuga
:: Classe até para doença
:: Petisco mágico
:: Rumo ao estrelato
:: Alexandre Rossi criou um monstro
:: A tão sonhada adoção
:: Notícias de Curitiba

11 comentários:

Rose disse...

Ele está lindo! Achou uma mãe paciente e carinhosa. Uma hora dessas acalma. Que bom!

Bella disse...

A cara de sapeca continua a mesma! Daqui a pouco a "matilha" se reorganiza e as rusgas terminam, é assim mesmo. Que bom que ele está num lar feliz, é um cachorro de sorte!

Michelle disse...

Ele é mesmo especial, sem noção..mas especial. Né Bia?
Essa adotante foi mesmo uma sortuda, porque ele é lindo demais.

Guiga disse...

Que delícia saber que ele tá bem!

Carolina disse...

Nhãimmmm
Que lindo que ele está!

Lauesg disse...

Blog lindo! Parabéns! A redação é ótima!

Já está nos favoritos do Tudo Gato!

Abraços!

www.tudogato.com

Lyra Líbero disse...

Depois de muito relutar em ler mais um best-seller, como sempre faço (subversivos e literatura "under" é o que me apetece), devorei o "Marley & Eu" que emprestei da sogra. Engraçado, Bia, porque a cada página, eu lembrava do Marley (atual Merlin) tupiniquim. Até a cara de quem tem culpa no cartório depois de fazer uma arte é a mesma. Beijocas!

Lauesg disse...

Ahhh... Achei que teria post novo aqui! :^P

Tem post novo no Tudo Gato! Sobre os gatos na mídia! :^D

Abraços!

www.tudogato.com

Vivian Fiorio disse...

Também sou gateira, mas não pude deixar de me derreter com essa história linda do Marley/Merlin! Acompanhei desde o início e só não comentei antes para não ser mais uma de tantos que se encantam com ele mas não podem adotar.. rss

Parabéns pelo seu trabalho, com certeza os bigodinhos e focinhos têm muita sorte em ter vc por perto!

Gata Lili disse...

Vou lançar uma hiper promoção no blog amanhã. Passa lá, participa e divulga no seu blog, se possível. Quero ver todos meus amigatinhos e novos tb participando. lambs... :))))

Anônimo disse...

gosto do gatoca pelo simples fato de que não posso ter animais, embora seja louca por eles, então, me realizo em vc.

bjinhos

Mari