.
.

31.3.09

Diga-me com quem andas...

Depois de quase 30 anos de escola particular, ovo de Páscoa da Kopenhagen e dentes sem cárie, eu fui parar no mailing de supostos ecoterroristas. Mamãe deve ter dado cambalhotas no túmulo de orgulho! Para quem não sabe, ontem à tarde, jornalistas e ativistas receberam uma carta assinada pela Frente de Libertação Animal, assumindo a autoria do incêndio na fábrica da Perdigão, em Goiás. Verdade ou mentira, justo o endereço de e-mail que eu nunca divulgo estava entre eles. Caro Lobo Mau, se você acompanha esse blog, não mate a Chapeuzinho de curiosidade.

14 comentários:

kelly disse...

uau...

Rose disse...

Se permite o conselho Beatriz, nem dê chance para essa gente, que radical só sabe fazer uma coisa: radicalizar. E isso nunca acabou bem, em lugar algum. Hoje é uma fábrica. Amanhã talvez um gerente ou um cliente. Para defender qualquer coisa, só há um caminho: consciência, conscientização, trabalho, trabalho e um monte de paciência. A evolução é segura, e assegurada, mas lenta. E mais, começa em cada um, não no outro.

Tânia (Marienkäfer Laden) disse...

???
Não acompanhei... rsrs

Lauesg disse...

Belas palavras Rose!
Beatriz... O blog está maravilindo! rs...

Abraços

Post novo sobre: "Gato cai em pé".
www.tudogato.com

Fernanda da Pink disse...

Putz...

Anônimo disse...

Se lembrarmos de fatos da história outras libertações (dos negros, das mulheres)também aconteceram por pressão destes grupos mais radicais. Muitas lutas armadas foram necessárias para que a escravidão acabasse. Claro, que não sou favorável a incêndios, mas é uma forma de se chamar a atenção para a luta. A maioria das pessoas nem sabe o que quer dizer libertação animal.

Eliane disse...

A Veja, como sempre, fazendo seu papel habitual de idiota. E angariando mais idiotas =-)
Veja que mentira!

Posseidon disse...

Oi Bia!

Putz, é meio de assustar mesmo né?

Aqui a gente não defende muito esse lance de radicalismo de idéias, de terrorismo, porque aprendemos a ter que ter paciência pra se conquistar as coisas... viu, se você optar pela paciência na hora de debater direitos animais com grandes empresários, arrume um lugar onde venda paciência no atacado. Eles NUNCA mudarão sua posição sobre isso.

Não estou te incentivando a nada, mesmo porque não acredito que seja seu perfil, mas o pessoal da perdigão vai ter que se mexer se quiser continuar como ia, ou, quem sabe, mudarão de atitude (difícil).

:***

Lucinha disse...

Que meda!

Lucinha disse...

concordo com a pessoa que argumenta em prol de posições mais radicais. a história confirma a necessidade de posições mais radicais, não justifico, com isso, o terrorismo, mas já é hora de dar o que falar!

Jon Levischi disse...

Posso ser meio extremista pela opinião, mas acho que em um país como o Brasil, esperar as coisas pelo caminho mais correto significa esperar pra sempre.
Lembrando que ninguém foi ferido no procedimento e muitas vidas (animais) foram salvas durante os dias em que a fábrica esteve paralizada, acredito que foi uma ação que merece reconhecimento.
Mas como disse, apenas minha opinião.
:o)

O Time do Tigor disse...

O interessante é que o próprio comportamento da sociedade já está ajudando a dar um basta nesta prática. Vejam, a esse respeito, a quantidade de frigoríficos que estão mal das pernas / em recuperação judicial. É um indício forte de que a humanidade está descobrindo que não precisa de carne para sobreviver.

Crise? Talvez. Modificação de maus hábitos? Muito provavelmente.

Abraços,
O Time do Tigor

marisa licursi disse...

Eu também estoava nesse mailing, Bia

haha

Guiga disse...

Nem fiquei sabendo disso...que alienada! :P
Um lado meu acha esse tipo de coisa babaca, pois faz com que pensem que vegetarianos/veganos são babacas por terem essas atitudes radicais. Mas meu outro lado concorda com os que disseram que muito já mudou no mundo graças a radicais que foram contra "o sistema". Tudo é muito discutível!
Mas tu tá infiltrada, hein Bia! Hehehehe!