.
.

27.1.09

Desarmada e perigosa

Antes das telas, todas as caixas de comida congelada compradas em Gatoca passavam a integrar a decoração local, na débil esperança de impedir o acesso dos bigodes à rua. Vira e mexe, porém, um infeliz encontrava uma alternativa de fuga e Clara Luz até aprendeu a pular o muro do corredor, com mais de dois metros de altura.

Seis meses após a visita da Rosa e do Casé, portando buchas, parafusos, arame galvanizado e furadeira, eu achei que estava livre do susto de resgatar a irresponsável da boca do rottweiler da vizinha, ou do forro de algum telhado perdido pelo bairro, quando ouvi um chorinho abafado, vindo do armário do meu quarto.

Recém-chegada de Sorocaba, abri a porta e dei de cara com o nariz da criatura amassado contra o vidro da gaveta de acessórios. Ninguém sabe como ela se prendeu ali. O fato é que conseguira transitar de um "andar" para o outro, revirando todas as roupas. Ganhei várias blusas de pele (além de uns 200 gramas de cocô e 1 xícara de chá de xixi).

Clara virou uma ameaça a si própria. Mesmo dentro de casa. rs

15 comentários:

Amanda disse...

e é a gata mais exótica que eu já ví na vida, apesar do temperamento tão siamês... hehehe
saudades!

Elaine disse...

Olá!
E olhando ela assim, tão bonita e com esses olhos a gente não imagina que seja tão aventureira...

vida cotidiana disse...

Ela parece a minha Pérola, só que a minha é medrosa e não se mete em dificuldades, já Clara deve dar trabalho, bjs

Anônimo disse...

Oba notícias dos bigodes , a Clara Luz parece um bigodinho que tenho aqui em casa...Beijos e muitos Miaus.Thereza

disse...

ela não tem cara de quem se joga por aí desse jeito... dissimulada a moça, hein? :)

Gatinhos de toda parte disse...

tadiiiiiinha...

Ana disse...

Cascalhoooo!

Catish disse...

tem um selinho para você no meu blog, vai lá buscar :)
beijocas

Japa Girl disse...

Que ninja essa gata, hein?
Bjo!

Gatinhos de toda parte disse...

Bia, e os gatinhos de Curitiba? Alguma novidade?

Maria Amália Camargo disse...

Hum, com esse ar de quem esbanja nobreza, ninguém diz que a bigoduda Clara seja tão arruaceira...
Madame Zhen-zhen também é chegada numa gaveta! Quando não resolve dormir por lá, adora abrir o criado-mudo e jogar as "samba-canção" do pai pelo chão.
Fora os """entalhes""" que deixa de brinde na madeira...
Beijocas!

vida cotidiana disse...

Tem selinho pra vc lá no vida, bjs

Ana Paula disse...

Maria Amália, a Minhau também adora abrir a gaveta e jogar tudo para fora e depois se atira para dentro.
Imagina se não tivesse uma dona para tirá-la destes cantos misteriosos :)

beijo, Ana

venuss disse...

UAU, o Madame Miau recebeu a visita da Bia. Que legal! Que legal!
bj

Ricardo Soares disse...

dez bolas de pelo correm ensandecidas pela casa... nunca vi definição tão peculiar para a "gataiada"... kiss