.
.

1.10.08

Um é pouco, dois é bom, três vira festa! – parte 4

Do outro lado da janela

Se eu tinha alguma dúvida sobre ficar com o Simba, ela desbotou quando o vi correndo atrás do carro pelo retrovisor, como os cachorros das campanhas contra o abandono, após nos despedirmos para comemorar o aniversário do seu Humberto. E desapareceu de vez às 3h da madrugada, quando eu acordei preocupada com a tempestade e encontrei o leãozinho encolhido no barraco improvisado, super assustado.

No dia seguinte, perdi meia hora tentando convencer seu choro doído a entrar na caixa de transporte, para a funcionária do pet shop avisar que não davam banho em animais de rua. Como prova de que o coração laranja era inofensivo, dispus-me a segurá-lo e acabei levando de brinde três jatos d´água com shampoo na blusa.

O secador barulhento terminou de aterrorizar a criatura da roça, que tremia das orelhas à ponta do rabo rajado. Em nenhum momento, porém, o coitado fez menção de morder ninguém. E ainda deixou colocarem a gravatinha clássica! Eu rumei para o dentista fedendo à loção de gato, mas com a sensação de dever cumprido.

*continua*


Capítulo anterior: Um é pouco, dois é bom, três vira festa! - parte 3

P.S.: Só agora eu consegui terminar os textos do Prêmio Victor Civita! Estou praticamente respirando com a ajuda de aparelhos, mas não podia deixar o Gatoca criar teia de aranha. rs

12 comentários:

Anônimo disse...

Ler o teu blog é uma delícia - é a minha hora preferida do dia...

Adoro o teu texto, tuas histórias, mal posso esperar pelo próximo post.

Um beijo e obrigada!

Cachorreira militante, louca por gatos disse...

O Simba é realmente um gato muito frajola! E sortudo!

Bárbara Stracke disse...

cara... como não dão banho em bichos de rua? vc não tava pagando????!!!!

aiff... só me estresso!

rs.

bjz

Anônimo disse...

Bia vc é 10000000000000000000 .Beijos e muitos miaus.Thereza

Amanda disse...

ai qui liiiindo ele de gravatinhaaa

(*é um gato muito frajola - huahuha)

Michelle disse...

Pois é Bia..esses pet shop's por aí só tem gentalha mesmo..hunf..era só o que me faltava..
Adorei a historinha do leãozinho..mas porque parou..parou porque..quero mais:)
Beijos, Mi

Guiga disse...

Tu estpas muito chique escrevendo textos pra Abril, hein! ;)

O Simba ficou uma figura de gravatinha! Hehehe! E eu que achei que gatos não gostavam dessas coisas!

Denise disse...

.
Eu me divirto MUITO vindo aqui!
Também fiz um blig para os meus poucos dois bigodes!
Você escreve muito bem!
beijoquinhas!
=^.^=
.

Eliane disse...

Olha só, ele te escolheu como dona! Foi até sua casa e tentou mostrar - até conseguir - que ele tinha te escolhido para cuidar dele. :-)

petuniaemarcia disse...

Querida...
Como sempre as historias sao demais!
Minha mãe voltou ao Brasil...então me manda um email.
Bjim
Marcia e Petunia

Denise disse...

.
fico ansiosa pra ler todas TODAS as historinhas e desfeichos dos bigodes...
E o Marley? o que foi feito dele?
acho que perdi esse capítulo...

Bia, [me perdoa a intimidade]
indiquei seu blog para um selinho de amigos dos animais, tá no último post do "maquinim de ronron".
te aguardo lá! vai ser uma honra recebê-la!
graaande beijo, sou fã!
=)
.

Kell disse...

Pra uma apaixonada por gatos, seu blog foi uma das melhores descobertas do ano.
E o Simba é um fofo!

Beijos!