.
.

21.10.08

TPM

― Ei, dona! É melhor a senhora continuar do outro lado da rua, porque parece que meu cachorro não gosta muito de criança...
― Se você não consegue controlar seu animal, você que mude o percurso!
― Ótimo! Já que a senhora não se importa de voltar para casa com os restos do seu neto nessa sacola de supermercado, nenhuma de nós duas precisa trocar de calçada.

Claro que a velha girou nos calcanhares rapidinho. E praguejando.

17 comentários:

Aline Silpe disse...

kkkkkkkkkk!!! Ah, é? Então dá uma olhada na segunda tirinha do site www.bichinhosdejardim.com... você vai morrer de rir, Bia! E se ainda ñão conhecia o site da Clara (como eu que!), aproveita pra "desestressar" e rir de montão! Bjs e boa sorte com o Marley! Aline

Tati Mentzingen disse...

UIA!!!

Cachorro mau!!! huhauahuahauhau

Quer dizer que os florai ainda não deram resultado???hauahuaha

beijos

Ana Paula disse...

Te mete com mulher naqueles dias... É confusão na certa. Tá parecendo eu.
A propósito, a mulher voltou por medo do Marley ou de ti, Bia? :)

beijos, Ana

Celina disse...

Anyway, Bia, se o Marley tá tão incontrolável assim, considere a hipótese de uma focinheira nos passeios. A última coisa que eu queria prá mim neste momento é um processo por lesão corporal, ameaça ou coisa muito pior. Boa sorte,

Beatriz Levischi disse...

Gente, o Marley não precisa de focinheira. Eu só fiquei com receio porque criança é sem noção e vem para cima, toda estabanada, enquanto o resto da humanidade desvia do figura, por precaução. E não agüentei quando a velha respondeu meu comentário simpático e sorridente com grosseria e arrogância. Tenho esse direito, vai!... rs

Anônimo disse...

Eu concordo com a Celina. O animal não pode representar uma ameaça às pessoas na rua. Se é o caso, a focinheira e o enforcador se tornam essenciais. Não é só o processo, é a consciência pesada que vem junto que costumam tirar a graça da história. Beijos, Cris.

lili-gata disse...

nossa! miaaauuu...

Michelle disse...

Bia..tem todo direito do mundo..kkk Mas que foi engraçado, ah! foi..kkk
bjão

Gatinhos de toda parte disse...

"meu cachorro"?

xiiiiii

karolina disse...

Oi
Estou fazendo uma listinha de amigos p/ o blog memory song. Quer participar?
http://mymemorysong.blogspot.com/

Anônimo disse...

Sempre admirei você e seu blog, daí, visita-lo com frequência.Desculpe, mas achei decepcionante êsse post, denotando um comportamento arrogante e mal educado.
Lamento que a pessoa que ouviu sua resposta tenha sido uma idosa, que não lhe devolveu na mesma proporção a grosseria.
Você julga que por praticar benemerência com os animais, deve ser reverenciada e aplaudida pela população em geral, obrigando inclusive a mudar de caminho aqueles que ousam não compactuar com seus ideais.
Se posso lhe dar uma sugestão, desculpe-se, e apague êsse infeliz post.
Ana Carla
Santos
SP

Ana Paula disse...

Ah, qual é galera! Não levem tudo tão a sério, vai.
Bia, no meu caso, a estabanada é a preta, que adora correr atrás de uma bicicleta. Eu te entendo completamente e embora não conheça pessoalmente o marley, não acho que ele tem cara de devorador de criancinhas :)

O gatinhos de toda parte tem razão: meu cachorro!!!! :o)

beijos, Ana

Ana disse...

Bia nem esquenta. Tem gente que acha que só porque a pessoa é idosa, deve-se tolerar grosseria. Tem gente chata e arrogante em todas as idades. Fez bem em alertar essa "criatura", pq se acontecesse alguma coisa, iriam reclamar: "porque vc não avisou"...
Com certeza devia ser uma velha que detesta bicho.

Anônimo disse...

Adorei sua resposta Bia, tem gente grosseira e arrogante em todas as idades, e não é pq tem cabelos brancos que tem o direito se ser arrogante... vc respondeu a altura, na verdade ela deveria colocar fucinheira no neto, pq sendo do mesmo sangue dessa criatura ela poderia mesmo é morder o Marley e vc... rsrs
Bjs

Alexandra disse...

Oi, Bia !
Por mim nem precisaria de outro post para explicar nada.
Eu adoro velhinhos, tanto que sou voluntária em um asilo aos domingos. Visitá-los e ajudá-los me traz muita alegria mas nem por isso fico cega - tem muito velhinho mal educado, malcriado e que adora "dar lição de moral". E que por ser avó(ô) não dá limites aos netos.
Odeio criança mal educada e quando cresce sem limites, torna-se um adulto insuportável.
Só um comentário do tipo :perco-o-amigo-mas-não-perco-a-piada - A diferença entre você e o Marley era só o batom, né ?! *risos*
beijos.
Ale

Guiga disse...

Bia, ameeeei tua resposta! Vai ver a mulher odeia o neto e queria mais é que ele fosse comido mesmo! Hahahahah!

No mais, parece q não era só ela com TPM... Melhor recomendar uns florais pra Ana Clara! Hehehehe!

disse...

pede para a velha andar com um saquinho de farofa. netinho sem farofa não tem a menor graça!