.
.

21.9.08

Um é pouco, dois é bom, três vira festa! - parte 3

Choque de realidade

A raiva humana manifesta-se após um período de incubação, usualmente compreendido entre 20 e 60 dias, por meio de sintomas como febre moderada, cefaléia, insônia, ansiedade e distúrbios sensoriais, sobretudo ao nível da mordedura. Entre 24 e 48 horas, aparece a sintomatologia típica que, na raiva furiosa, assume decurso dramático, caminhando inexoravelmente para a morte entre dois e seis dias: excitação cerebral com crises de delírio e de agressividade, espasmos musculares dolorosos, convulsões, paralisias, hiperpirexia e asfixia terminal.

Esse foi o primeiro resultado da busca que Mariana fez no Google, dividindo a atenção entre minha mão mordida pelo Simba e o monitor. Bem que o pessoal do site Homeopatia Veterinária poderia ter mais tato ao contar que a gente corre o risco de rechear o caixão espumando, sem conhecer a Espanha, ver o Gatoca virar livro, ou experimentar os sorvetes novos da Kopenhagen. Eu passei a manhã do dia 15 de setembro de 2006 tentando falar com todos os postos de saúde do ABC, até que Dr. E. confessou-me que, em 25 anos de carreira, nunca havia atendido um animal raivoso. Refletindo sobre cada uma das dez doses diárias de vacina, além dos três reforços, eu concluí que acreditava nele.

*continua*


Capítulo anterior: Um é pouco, dois é bom, três vira festa! - parte 2

13 comentários:

Guiga disse...

Bia, uma vez um gato de rua me mordeu...fui no posto e só me deram anti-tetânica! Nem falaram nada de vacina pra raiva!

Numa outra vez, uma das minhas gatas (vacinada e de dentro de casa) me mordeu, fui no posto e me deram anti-rábica, e depois fui lá fazer só mais um reforço.

Mas se tua mãe não caiu até hoje e se tu ainda estás viva...é pq ele era mais saudável do que tu imaginava! Hehehehe!

Guiga disse...

Ops, onde eu escrevi "mãe", leia-se "mão"! Hahahahaha!

Nessita! disse...

Que charme a linguinha do Simba e a cara de "lanche delicioso". :D

Mary Joss disse...

Oi, conheci teu blog porquê minha filha é tão apaixonada por gatos qto vc, e me mostrou, amei,achei lindo todos eles, tem quem ache bonito apenas os gts de raça, eu amo todo tipo de felino, temos 15 gatos em casa, estou quase a adotar uma gata com 3 filhotes que estão a um passo de dar fim lá no meu serviço,(é que lá não pode haver animal, hospital psiquiátrico, bom em termos porque o que mais tem lá são bichos) gostaria de te parabenizar pela iniciativa de ajudar essas criaturas lindas que Deus nos deu pra sermos mais felizes.Um grande abraço, e continue em sua caminhada porque a cada bichinho que aparece em tua vida saiba que não apareceu do nada, foram encaminhadas pelo anjo que protege os bichinhos e sabe que vc pode ajudar.Fique com Deus.

Lyra Líbero disse...

Oláá Bia!
quando um gatinho que vivia no nosso telhado, totalmente feral, mordeu a mão do meu pai em 3 lugares diferentes, ele disse: "ah, só passar um alquinho que todas as bicheiras já eram!" hahaha... ou seja: desse mal ninguém morre!
ah, e eu tava esperando ansiosa pela novelinha do Simba \o_
beijos!

Anônimo disse...

Bia mordidas de gatinho aqui em casa virou mania rs rs rs rs, continua sua novelinha está ótimo beijos.Thereza

Ana Paula disse...

Quem olha a cara de anjo dele, nem imagina que pode ser capaz de dar uma mordida. É como a Minhau, que vira de barriga pra cima e faz os olhos ficarem redondinhos, sabe? E quando a gente não se aguenta e vai passar a mão na barriga, já era. :)

Mas, falando sério, eu já tive uma alergia no braço, que a dermatologista disse que era da saliva do gato.

Beijos, Ana

Josi disse...

Adoro as novelinhas...

Carol disse...

Quer dizer que ele já chegou fazendo essa bagunça toda? Que danado!
Bjs!

Michelle disse...

Adoreiiii:)
Tb sempre ouvi cada coisa sobre raiva..mas nunca vi ninguém com a doença..pelo menos não transmitidas por animais..agora por humanos..com certeza.hehehe

A Paraíso disse...

Olá, conheci hoje este blog e estou a adorar!!! Quanto carinho nestas histórias!!!
E o Simba tem um ar de bonacheirão lindo!
Quanto às dentadas, já levei umas quantas de gatos que resgatei do canil municipal (que vinham em bem pior estado do que qualquer gato de rua) e raiva só mesmo contra quem os deixou lá! Já lidei com pulgas, ténia, etc, mas apanhar só mesmo tinha (e é bem chato!).

Beijinhos deste lado do Atlântico (Portugal)

Lorena Rocco disse...

não entendi: o bigode tinha ou não raiva? 0o

Beatriz Levischi disse...

Não, Lorena. Tanto que nós dois estamos aqui para contar a história. ;)