.
.

26.9.08

Civil War

Se levar Mercvrivs, Clara, Simba, Chocolate e Guda ao veterinário fora uma tarefa hercúlea, imaginem a minha cara de pânico ouvindo o Dr. E. dizer que os vermes não deixariam de empestear os cobertores de Gatoca sem que TODOS os bigodes tomassem o remédio. Notem que ele estava se referindo a cinco gudinhas-do-mato, um projeto de leão e nenhuma espécie de ajuda! De volta a São Bernardo, respirei fundo e me esforcei para ignorar o tamanho grotesco das drágeas. Ao final de quase uma hora de batalha, baixas significativas assombravam o recinto: três comprimidos, um pedaço do meu dedo indicador esquerdo e a dignidade haviam partido em busca da luz. Sangue, patê e Endal coloriam os objetos do entorno, conferindo um aspecto surreal ao cenário pós-guerra:

14 comentários:

Guiga disse...

Adorei o edifício ali ao fundo (duas caixas uma em cima da outra, e mais uma penthouse lá no topo)! Hehehe!
Bia, tira um empréstimo e compra o vermífugo de pingar na nuca pros monstrinhos! Hehehehehe!

Eliane disse...

Sempre achei que os filhotes que crescem junto com seus irmãos e a mãe gata ficam extremamente ariscos. E nunca é falta de contato humano. Será que eles contam com a proteção da mamãe e esquecem de procuram a proteção humana?

Dani disse...

Nossa, que batalha! Boa sorte pra vcs nas próximas doses!

Claudia Vertemati disse...

Fiquei indignada quando li no Guia de Vigilância Epidemiológica que gatos são considerados animais semi-domesticos, mas as vezes agente percebe que é verdade.

Anônimo disse...

Oi Bia, já pensou em usar o profender? e ainda tem a promoção em que cada 3 código de barra te dá direito de troca por outro. beijos

Teodoro disse...

Good luck! : )

Rita disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
E por que vc não dá remédio líquido???
Pra todos os gatos que conheci e tratei,dei o vermifugo líquido.
Deito o elemento de barriga pra cima viro a cabeça e vou soltando o líquido na boca com uma seringa (sem agulha claro).
Nem rola estresse. E olha que já peguei alguns gatinhos bem selvagens.

Amanda disse...

ta brincando né... tive que dar para dois e quase fiquei louca =-S

disse...

gente, que loucura!
os meus lindos tomam numa boa o comprimido... o brother augusto até me ajuda e abre a boca!

vou pedir pra ele mandar um email pros seus peludos e dar umas dicas do livro que eu comprei pra eles: COMO MANTER NOSSA DONA FORA DO HOSPÍCIO.

Juliana disse...

Criatura, páre de tentar fazer isso sozinha! Você precisa de alguém junto, pra ajudar. Mariana, Jon, Fernanda, Rodrigo, alguém...
Beijo,
Ju

Anônimo disse...

Oi, Beatriz!
Aqui, para 5, toma tempo, mas é tranquilo. Um dos meus tomou remédio para o coração por uns 6 meses, então acostumou com o comprimido. Outros dois tomam bem. E meu persa, se bobear, come o remédio dos outros :S, mas também ela come qualquer coisa que passe pela boca. Já tomou até Coca-Cola Zero. Só um que dá um certo chilique, mas não tenta morder, só cospe o comprimido mesmo. Eu prefiro comprimido a líquido, que dá para ter certeza de que eles tomaram.
Mas no fim todos saíram medicados?
Cris

Anônimo disse...

Oi, Beatriz!
Aqui, para 5, toma tempo, mas é tranquilo. Um dos meus tomou remédio para o coração por uns 6 meses, então acostumou com o comprimido. Outros dois tomam bem. E meu persa, se bobear, come o remédio dos outros :S, mas também ela come qualquer coisa que passe pela boca. Já tomou até Coca-Cola Zero. Só um que dá um certo chilique, mas não tenta morder, só cospe o comprimido mesmo. Eu prefiro comprimido a líquido, que dá para ter certeza de que eles tomaram.
Mas no fim todos saíram medicados?
Cris

Bárbara Stracke disse...

g-zuix! como assim, vermes infestadores?! medo! e que trampo!
arre!

agradeço à Bast por vc ter tanta paciência! =D

bjz

petlove petshop virtual disse...

nossa que guerra.... espero que na proxima vez algo mais facil seja necessario. boa sorte